an online Instagram web viewer
  • tayna_bortone
    TAYNA BORTONE
    @tayna_bortone

Images by tayna_bortone

#Repost @abfascias (@get_repost)
・・・
Sistema Imunológico

A Matriz Extracelular (MEC) do corpo é formado por proteínas estruturais e substância fundamental amorfa. As proteínas estruturais são constituídas, principalmente, de elastina e colágeno. A substância fundamental amorfa de água, glicosaminoglicanos, ácido hialurônico e proteoglicanos (Grays 2018). Esses últimos se ligam entre si formando macromoléculas (polímeros) e atraindo água. A água, ao entrar em contato com estruturas hidrofílicas, formam uma zona de exclusão onde repelem estruturas como por exemplo bactérias (G. Pollack 2014). Fora isso a água associada aos grandes polímeros tornam o estado da Matriz mais gelatinoso, formando uma espécie de rede, dificultando o trânsito de bactérias e substâncias danosas ao organismo. Isso constituí uma primeira barreira imunológica em um nível microscópico (Tozzi e col 2017). Texto de Leonardo Sette Vieira
CURSO: Sistema Neuroimunológico e Neuroendócrino: Como podemos atuar nesses sistemas!#abfascias #fasciatissue #sistemaimunológico #fascia 
ÚLTIMAS VAGAS! CURSO INTERNACIONAL, com uma das referências mundiais em Sistema Nervoso Autônomo: Luís Rivas Cano (ESP)
Curso em Dupla: Luís Rivas Cano + Leonardo Sette Vieira  IMPERDÍVEL!!!!
Mais informações: 31- 999686899 Whatsapp
#Repost  @abfascias (@get_repost) ・・・ Sistema Imunológico A Matriz Extracelular (MEC) do corpo é formado por proteínas estruturais e substância fundamental amorfa. As proteínas estruturais são constituídas, principalmente, de elastina e colágeno. A substância fundamental amorfa de água, glicosaminoglicanos, ácido hialurônico e proteoglicanos (Grays 2018). Esses últimos se ligam entre si formando macromoléculas (polímeros) e atraindo água. A água, ao entrar em contato com estruturas hidrofílicas, formam uma zona de exclusão onde repelem estruturas como por exemplo bactérias (G. Pollack 2014). Fora isso a água associada aos grandes polímeros tornam o estado da Matriz mais gelatinoso, formando uma espécie de rede, dificultando o trânsito de bactérias e substâncias danosas ao organismo. Isso constituí uma primeira barreira imunológica em um nível microscópico (Tozzi e col 2017). Texto de Leonardo Sette Vieira CURSO: Sistema Neuroimunológico e Neuroendócrino: Como podemos atuar nesses sistemas!#abfascias  #fasciatissue  #sistemaimunológico  #fascia  ÚLTIMAS VAGAS! CURSO INTERNACIONAL, com uma das referências mundiais em Sistema Nervoso Autônomo: Luís Rivas Cano (ESP) Curso em Dupla: Luís Rivas Cano + Leonardo Sette Vieira IMPERDÍVEL!!!! Mais informações: 31- 999686899 Whatsapp
#Repost @bruno_matosofisio (@get_repost)
・・・
Amigos, segue mais um artigo para vocês! “As principais recomendações que os autores deste estudo concluem em relação a corredores e treinadores para as variáveis relacionadas ao gesto da corrida será que a eficiência da corrida está ligado com menor tempo de contato com o solo e menor comprimento da passada.
Esse fato evidencia a tendência atual que outros artigos que recomendam o aumento da cadência proporciona uma menor taxa de lesões e consequentemente terá um ganho de eficiência tornando a corrida mais econômica.”
Artigo: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4000471/
Amy G. Schubert, Jenny Kempf, Bryan C. Heiderscheit. Influence of Stride Frequency and Length on Running Mechanics. #corridaderua #fisioterapeuta #fisioterapia #corrida #vidadecorredor #corridaperfeita #corridasp #corridarj #corridafloripa #corridams
#Repost  @bruno_matosofisio (@get_repost) ・・・ Amigos, segue mais um artigo para vocês! “As principais recomendações que os autores deste estudo concluem em relação a corredores e treinadores para as variáveis relacionadas ao gesto da corrida será que a eficiência da corrida está ligado com menor tempo de contato com o solo e menor comprimento da passada. Esse fato evidencia a tendência atual que outros artigos que recomendam o aumento da cadência proporciona uma menor taxa de lesões e consequentemente terá um ganho de eficiência tornando a corrida mais econômica.” Artigo: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4000471/ Amy G. Schubert, Jenny Kempf, Bryan C. Heiderscheit. Influence of Stride Frequency and Length on Running Mechanics. #corridaderua  #fisioterapeuta  #fisioterapia  #corrida  #vidadecorredor  #corridaperfeita  #corridasp  #corridarj  #corridafloripa  #corridams 
CATAPLOFT @kimzucatelli respondeu 😱😜😜😜😜
CATAPLOFT @kimzucatelli respondeu 😱😜😜😜😜
#Repost @magistral.pharma (@get_repost)
・・・
ABDOMEN SLIM
É um suplemento a base de Óleo de Cártamo, Chia, Coco, Cromo e Vitamina E, potentes ingredientes que conferem efeito termogênico. As substâncias termogênicas aceleram o metabolismo e aumentam a temperatura corporal auxiliando na queima das gorduras principalmente abdominal. Contribui no aumento da energia e resistência física.
#fisioterapiabrasil #fisiobauru #pilatesbr #pilateslovers #fisioterapiacomamor #fisioterapiaesportiva
#Repost  @magistral.pharma (@get_repost) ・・・ ABDOMEN SLIM É um suplemento a base de Óleo de Cártamo, Chia, Coco, Cromo e Vitamina E, potentes ingredientes que conferem efeito termogênico. As substâncias termogênicas aceleram o metabolismo e aumentam a temperatura corporal auxiliando na queima das gorduras principalmente abdominal. Contribui no aumento da energia e resistência física. #fisioterapiabrasil  #fisiobauru  #pilatesbr  #pilateslovers  #fisioterapiacomamor  #fisioterapiaesportiva 
BAURU dominando as fáscias com a bênção de JESUS e seus filhos e discípulos @andreo_matheus @andreomobi .... conhecê-lo e aprender com vcs foi bom demais.... queria ter um JESUS deste só pra mim 😁 excelência em anatomia e pessoa especial demais.... obrigado queridos amigos
BAURU dominando as fáscias com a bênção de JESUS e seus filhos e discípulos @andreo_matheus @andreomobi .... conhecê-lo e aprender com vcs foi bom demais.... queria ter um JESUS deste só pra mim 😁 excelência em anatomia e pessoa especial demais.... obrigado queridos amigos
#Repost @abfascias (@get_repost)
・・・
Conclusão da turma de módulo 1 em Campinas! Muito aprendizado, conexão, respeito , risos, diversão , humildade , estudos e práticas !
Única palavra para definir tudo isso : UAU😱
Nova turma em dezembro 
Venham fazer parte da nossa família ABFascias
#Repost  @abfascias (@get_repost) ・・・ Conclusão da turma de módulo 1 em Campinas! Muito aprendizado, conexão, respeito , risos, diversão , humildade , estudos e práticas ! Única palavra para definir tudo isso : UAU😱 Nova turma em dezembro Venham fazer parte da nossa família ABFascias
BOM DIA DOMINGÃO.....Partiu último dia de curso
@jessica_ribeiro_fisioterapeuta
BOM DIA DOMINGÃO.....Partiu último dia de curso @jessica_ribeiro_fisioterapeuta
Monstros do saber,  honradissima em desfrutar um pouquinho de conhecimento,  afinal não é sempre que temos a oportunidade de estar com JESUS e @leo7.fascias GRATIDÃO ❤
Monstros do saber, honradissima em desfrutar um pouquinho de conhecimento, afinal não é sempre que temos a oportunidade de estar com JESUS e @leo7.fascias GRATIDÃO ❤
Atendimento domiciliar @elastictraining 
Quero ganhar um kit 💪💪💪💪
Atendimento domiciliar @elastictraining Quero ganhar um kit 💪💪💪💪
#Repost @resgatedomovimento (@get_repost)
・・・
Esta é uma boa maneira de educar nossos alunos/pacientes sobre uma hérnia de disco?

Provavelmente não, porque pode induzir o efeito nocebo. O que é um nocebo? O nocebo pode ter um efeito psicológico ou fisiológico negativo. Basicamente quando o cérebro pensa que o corpo está em perigo, produz dor.

Mostrar a alguém este modelo da coluna vertebral, onde o disco herniado sai contra o nervo durante uma flexão, pode ser muito ameaçador e provavelmente não ajudará ninguém. Isso porque o que você está assistindo não ocorre dessa maneira.

Nossos discos não são uma espécie de bolha que se movem com essa velocidade e quantidade. Eles são fortes!  Além disso, em um ser humano VIVO existem diversos tecidos capazes de absorver cargas e dissipar tensão ao longo dos segmentos durante qualquer movimento da coluna.

Os discos sim podem herniar, e podem doer muito a ponto de precisarmos de ajuda profissional para melhorar os sintomas. 
Mas também podemos ter hérnias de disco e não sentir dor. E talvez mais importante: nossos discos possuem uma capacidade de se auto regenerar!

Não podemos esquecer que nossas palavras muitas vezes são referência para o público leigo. 
Tem mais conteúdo sobre isso em posts anteriores. Bom final de semana!

inspiração via @trustmephysiotherapist, Greg Lehman e um post no facebook do @pedrossimao ;) #resgatedomovimento #neurociência #sistemasdinâmicos #controlemotor #reabilitação #treinamentofisicocommenosnocebo
#Repost  @resgatedomovimento (@get_repost) ・・・ Esta é uma boa maneira de educar nossos alunos/pacientes sobre uma hérnia de disco? Provavelmente não, porque pode induzir o efeito nocebo. O que é um nocebo? O nocebo pode ter um efeito psicológico ou fisiológico negativo. Basicamente quando o cérebro pensa que o corpo está em perigo, produz dor. Mostrar a alguém este modelo da coluna vertebral, onde o disco herniado sai contra o nervo durante uma flexão, pode ser muito ameaçador e provavelmente não ajudará ninguém. Isso porque o que você está assistindo não ocorre dessa maneira. Nossos discos não são uma espécie de bolha que se movem com essa velocidade e quantidade. Eles são fortes! Além disso, em um ser humano VIVO existem diversos tecidos capazes de absorver cargas e dissipar tensão ao longo dos segmentos durante qualquer movimento da coluna. Os discos sim podem herniar, e podem doer muito a ponto de precisarmos de ajuda profissional para melhorar os sintomas. Mas também podemos ter hérnias de disco e não sentir dor. E talvez mais importante: nossos discos possuem uma capacidade de se auto regenerar! Não podemos esquecer que nossas palavras muitas vezes são referência para o público leigo. Tem mais conteúdo sobre isso em posts anteriores. Bom final de semana! inspiração via @trustmephysiotherapist, Greg Lehman e um post no facebook do @pedrossimao ;) #resgatedomovimento  #neurociência  #sistemasdinâmicos  #controlemotor  #reabilitação  #treinamentofisicocommenosnocebo 
#Repost @bruno_matosofisio (@get_repost)
・・・
@phastapp -  A pronação é um movimento fisiológico da articulação subtalar (calcâneo e talus) com contribuição da articular transversa do talus (mediopé) e é necessária para permitir a descarga de peso durante a marcha. (Neumann) 
O eixo do movimento da subtalar é oblíquo e por isso este movimento ocorre em 3 planos, permitindo eversão, abdução e dorso-flexão. Além disso, há uma INTERDEPENDENCIA entre esses movimentos e a cinemática do quadril. INVERSÃO = Rotação externa quadril. EVERSÃO = rot. interna de quadril. (Souza et al., 2010. Clin Biomec) 
A pronação pode ser causada pelo alto ângulo antepé-perna em varo (Souza et al. /Manual Therapy , 2014 e Monaghan et al., 2013 )  OU pela fraqueza e baixa rigidez dos rotadores laterais do quadril (Souza et al. /Manual Therapy , 2014 e Snider  etal., 2009). Esses fatores combinados predizem em até 40% da eversão do calcaneo durante a marcha (Souza et al., 2014). Ou seja, a cinematica do pé é multifactorial e depende tb da interação entre mobildade, força muscular e nível de ativação. 
QUANDO há pronação prologanda ou atraso na re-supinação (Becker et al., 2017. Am J Sports Med), principalmente na fase de impulsão (quando deveria ocorrer a supinação e alavanca rígida para ação do tríceps sural) há alterações na cinemática de todo o membro inferior, podendo sobrecarregar o tendão de Aquiles e levar ao Stress Medial Tibial. Além disso, devido a rotação interna dos MMII há sobrecarga no joelho, relacionando com dor Patelo-femoral (Barton et al, 2009. Gait and Posture).
#brunomatoso #brunomatosofisio #guiadelesoesnacorrida #corridaeficiente #Phast #PhysicalTherapy #fisioterapiaesportiva #riscodelesão #avaliaçãofísica #lesãonoesporte #prevençãodelesão #Injuryrisk #Sportsinjury #Sportsphysiotherapy #fisioterapiaesportiva #tendinopatia
#Repost  @bruno_matosofisio (@get_repost) ・・・ @phastapp - A pronação é um movimento fisiológico da articulação subtalar (calcâneo e talus) com contribuição da articular transversa do talus (mediopé) e é necessária para permitir a descarga de peso durante a marcha. (Neumann) O eixo do movimento da subtalar é oblíquo e por isso este movimento ocorre em 3 planos, permitindo eversão, abdução e dorso-flexão. Além disso, há uma INTERDEPENDENCIA entre esses movimentos e a cinemática do quadril. INVERSÃO = Rotação externa quadril. EVERSÃO = rot. interna de quadril. (Souza et al., 2010. Clin Biomec) A pronação pode ser causada pelo alto ângulo antepé-perna em varo (Souza et al. /Manual Therapy , 2014 e Monaghan et al., 2013 ) OU pela fraqueza e baixa rigidez dos rotadores laterais do quadril (Souza et al. /Manual Therapy , 2014 e Snider etal., 2009). Esses fatores combinados predizem em até 40% da eversão do calcaneo durante a marcha (Souza et al., 2014). Ou seja, a cinematica do pé é multifactorial e depende tb da interação entre mobildade, força muscular e nível de ativação. QUANDO há pronação prologanda ou atraso na re-supinação (Becker et al., 2017. Am J Sports Med), principalmente na fase de impulsão (quando deveria ocorrer a supinação e alavanca rígida para ação do tríceps sural) há alterações na cinemática de todo o membro inferior, podendo sobrecarregar o tendão de Aquiles e levar ao Stress Medial Tibial. Além disso, devido a rotação interna dos MMII há sobrecarga no joelho, relacionando com dor Patelo-femoral (Barton et al, 2009. Gait and Posture). #brunomatoso  #brunomatosofisio  #guiadelesoesnacorrida  #corridaeficiente  #Phast  #PhysicalTherapy  #fisioterapiaesportiva  #riscodelesão  #avaliaçãofísica  #lesãonoesporte  #prevençãodelesão  #Injuryrisk  #Sportsinjury  #Sportsphysiotherapy  #fisioterapiaesportiva  #tendinopatia 
#Repost @resgatedomovimento (@get_repost)
・・・
É extremamente questionável se o aumento da rigidez do tronco seria vantajosa de se recomendar de forma generalizada para a população.Fazer qualquer tipo de pré-ativação dos músculos abdominais soa quase como um pré-requisito para um movimento saudável e para prevenção de dor lombar para algumas metodologias e autores.

A maioria dos que defendem o uso dessas técnicas utilizam como argumentos que as potenciais causas de dor lombar são a “instabilidade da coluna”, microtrauma repetitivo de estruturas passivas e atraso de contração muscular. O problema é que se apoiar somente nessas informações para escolher a sua conduta com o aluno/paciente é extremamente insuficiente. Esse modelo de dor lombar está desatualizado e não está de acordo com a neurofisiologia contemporânea da dor.

Há agora fortes evidências de que a dor lombar é um transtorno multidimensional associado a uma combinação complexa de aspectos físicos, estilo de vida, psicológicos, cognitivos, sociais e neurofisiológicos. E não irei me surpreender se evidências futuras começarem a expressar essa abordagem para outras dores crônicas no joelho, quadril, ombro..🙏 Dados recentes mostram que indivíduos com dor lombar comumente já apresentam um aumento da co-contração e hiperatividade de músculos do “core”, movimentos reduzidos na coluna como um fator de proteção e uma incapacidade dos músculos da coluna para relaxar. Essas características podem permanecer mesmo após um episódio de dor.

Se nenhuma técnica de ativação voluntária dos músculos do "core" conseguem ser eficazes para tratar a dor lombar, dificilmente irá conseguir preveni-la. 
E se tirássemos o foco de atenção desses músculos em pessoas com dor lombar? E se começarmos a tratá-los sem nenhuma regalia especial aos demais músculos do corpo em pessoas assintomáticas?

Treinar os músculos abdominais é importante, mas um músculo também precisa aprender quando deve relaxar. Faz parte da sua função.

#resgatedomovimento #neurociênci
#Repost  @resgatedomovimento (@get_repost) ・・・ É extremamente questionável se o aumento da rigidez do tronco seria vantajosa de se recomendar de forma generalizada para a população.Fazer qualquer tipo de pré-ativação dos músculos abdominais soa quase como um pré-requisito para um movimento saudável e para prevenção de dor lombar para algumas metodologias e autores. A maioria dos que defendem o uso dessas técnicas utilizam como argumentos que as potenciais causas de dor lombar são a “instabilidade da coluna”, microtrauma repetitivo de estruturas passivas e atraso de contração muscular. O problema é que se apoiar somente nessas informações para escolher a sua conduta com o aluno/paciente é extremamente insuficiente. Esse modelo de dor lombar está desatualizado e não está de acordo com a neurofisiologia contemporânea da dor. Há agora fortes evidências de que a dor lombar é um transtorno multidimensional associado a uma combinação complexa de aspectos físicos, estilo de vida, psicológicos, cognitivos, sociais e neurofisiológicos. E não irei me surpreender se evidências futuras começarem a expressar essa abordagem para outras dores crônicas no joelho, quadril, ombro..🙏 Dados recentes mostram que indivíduos com dor lombar comumente já apresentam um aumento da co-contração e hiperatividade de músculos do “core”, movimentos reduzidos na coluna como um fator de proteção e uma incapacidade dos músculos da coluna para relaxar. Essas características podem permanecer mesmo após um episódio de dor. Se nenhuma técnica de ativação voluntária dos músculos do "core" conseguem ser eficazes para tratar a dor lombar, dificilmente irá conseguir preveni-la. E se tirássemos o foco de atenção desses músculos em pessoas com dor lombar? E se começarmos a tratá-los sem nenhuma regalia especial aos demais músculos do corpo em pessoas assintomáticas? Treinar os músculos abdominais é importante, mas um músculo também precisa aprender quando deve relaxar. Faz parte da sua função. #resgatedomovimento  #neurociênci 
#Repost @fisiocomevidencia (@get_repost)
・・・
Muito interessante o artigo publicado na Research and Sport Medice pelo grupo do Baxter colocando em xeque o tradicional alongamento antes e após treinos e competições esportivas em corredores!
.
♨️Nesse artigo ele questiona se realmente o alongamento melhora flexibilidade nessa população, os efeitos agudos e crônicos do alongamento e é categórico em afirmar que esse recurso amplamente utilizado na prática clínica NÃO PROPORCIONA BENEFÍCIOS CLÍNICOS NA PERFORMANCE E REDUÇÃO DE LESÃO!
.
👉 Segundo o artigo, o que de fato melhoram esses desfechos (outcomes): 1- realizar um wamp up ATIVO E PROGRESSIVO; 2- controle da INTENSIDADE DO TREINO; 3- bom processo de RECOVERY nesses atletas!
.
É um artigo interessante e muito importante para a prática clínica!
.
#fisioterapia #fisiocomevidencia #fisio #fisios #fisioterapeutas #fisioterapeuta #fisiocomamor #fisioterapiacomamor #fisiolove #recovery #corredores #fisioterapiaesportiva
#Repost  @fisiocomevidencia (@get_repost) ・・・ Muito interessante o artigo publicado na Research and Sport Medice pelo grupo do Baxter colocando em xeque o tradicional alongamento antes e após treinos e competições esportivas em corredores! . ♨️Nesse artigo ele questiona se realmente o alongamento melhora flexibilidade nessa população, os efeitos agudos e crônicos do alongamento e é categórico em afirmar que esse recurso amplamente utilizado na prática clínica NÃO PROPORCIONA BENEFÍCIOS CLÍNICOS NA PERFORMANCE E REDUÇÃO DE LESÃO! . 👉 Segundo o artigo, o que de fato melhoram esses desfechos (outcomes): 1- realizar um wamp up ATIVO E PROGRESSIVO; 2- controle da INTENSIDADE DO TREINO; 3- bom processo de RECOVERY nesses atletas! . É um artigo interessante e muito importante para a prática clínica! . #fisioterapia  #fisiocomevidencia  #fisio  #fisios  #fisioterapeutas  #fisioterapeuta  #fisiocomamor  #fisioterapiacomamor  #fisiolove  #recovery  #corredores  #fisioterapiaesportiva 
@pilates.station obrigada por me deixar matar a saudades de treinar,  estava morrendo de saudades. Apresentado aos amigos @gabithais_ @karinamello06 @tomazlourenco o minirope criação do grande @alvespilates
@pilates.station obrigada por me deixar matar a saudades de treinar, estava morrendo de saudades. Apresentado aos amigos @gabithais_ @karinamello06 @tomazlourenco o minirope criação do grande @alvespilates