an online Instagram web viewer
  • ruggarol_fanfics

    @ruggarol_fanfics

Images by ruggarol_fanfics

Preparados para estés últimos momentos Lutteo?? -
-
Yo:  obviamente que no!! Kkkkk me voy a extrañar muchísimo a Lutteo ❤
Preparados para estés últimos momentos Lutteo?? - - Yo: obviamente que no!! Kkkkk me voy a extrañar muchísimo a Lutteo ❤
Qual preferem? ❤
Qual preferem? ❤
Tan tiernos ❤
Tan tiernos ❤
*Foi escurecendo mais rápido do que eu esperava... E eu acabei dormido um pouco no sofá... Acordo com um toque carinho... Não sei quase impossível sentir... Quando abro meus olhos encontro aqueles grandes olhos verdes... Se controla Ruggero!* Rugge- o que foi? -pergunto e minha voz saí mais rouca que o normal- que horas são? -pergunto sentando, por pouco nossos rostos não se encontraram...- Kah- senhor mau humorado eu só te acordei para avisar que já vou pra cama... E são 21:00 da noite. -ela diz parecendo meio nervosa-

Rugge- tá... Mas por que tá me avisando?

Kah- por que...é costume. Vou pra cama. -fala indo até o quarto- *Fico ainda um tempo assistindo um pouco de TV até que o sono me venceu e eu tinha que ir pra cama... Quando entro no quarto vejo a Karol dormindo tranquilamente... Vestida com um baby doll com estampa de unicórnio... Tão fofa...Pego uma bermuda e e uma blusa mais confortável e troco de roupa ali mesmo, sei que ela não vai se importar, já que ela nem tá acordada. Assim que termino de me vestir logo deito. Mas o sono que estava a um segundo me vencendo foi embora. Não sei... Só de saber que ela está deitada ao meus lado dormido me faz ficar totalmente acordado... Não sei o porquê. O que essa mulher tá fazendo comigo?!
Depois de quase meia hora o sono finalmente veio... Ainda bem! Logo deixo o sono me vencer...*
*Foi escurecendo mais rápido do que eu esperava... E eu acabei dormido um pouco no sofá... Acordo com um toque carinho... Não sei quase impossível sentir... Quando abro meus olhos encontro aqueles grandes olhos verdes... Se controla Ruggero!* Rugge- o que foi? -pergunto e minha voz saí mais rouca que o normal- que horas são? -pergunto sentando, por pouco nossos rostos não se encontraram...- Kah- senhor mau humorado eu só te acordei para avisar que já vou pra cama... E são 21:00 da noite. -ela diz parecendo meio nervosa- Rugge- tá... Mas por que tá me avisando? Kah- por que...é costume. Vou pra cama. -fala indo até o quarto- *Fico ainda um tempo assistindo um pouco de TV até que o sono me venceu e eu tinha que ir pra cama... Quando entro no quarto vejo a Karol dormindo tranquilamente... Vestida com um baby doll com estampa de unicórnio... Tão fofa...Pego uma bermuda e e uma blusa mais confortável e troco de roupa ali mesmo, sei que ela não vai se importar, já que ela nem tá acordada. Assim que termino de me vestir logo deito. Mas o sono que estava a um segundo me vencendo foi embora. Não sei... Só de saber que ela está deitada ao meus lado dormido me faz ficar totalmente acordado... Não sei o porquê. O que essa mulher tá fazendo comigo?! Depois de quase meia hora o sono finalmente veio... Ainda bem! Logo deixo o sono me vencer...*
Karol- desculpa eu tava cantando alto? -ela diz saindo do quarto e aparecendo na sala-

Rugge- que? É... Não... Eu nem percebi -falo voltando ao muito real e ligando a TV, tentando ignorar que ela estava só de toalha na minha sala... -

Kah- a água quente acabou...
Rugge- quem mandou demorar tanto? -pergunto irônico, porém um tanto sério-

Kah-eu não demorei -fala brava-

Ruggero- demorou sim. -falo a encarando- a água quente não acaba assim do nada -falo voltando a minha atenção para os olhos dela... -
Kah- não vou discutir com você! -diz e volta pro quarto- *Assim que ela saí da sala não consigo segurar o sorriso por muito tempo... O que ela está fazendo comigo?*
Karol- desculpa eu tava cantando alto? -ela diz saindo do quarto e aparecendo na sala- Rugge- que? É... Não... Eu nem percebi -falo voltando ao muito real e ligando a TV, tentando ignorar que ela estava só de toalha na minha sala... - Kah- a água quente acabou... Rugge- quem mandou demorar tanto? -pergunto irônico, porém um tanto sério- Kah-eu não demorei -fala brava- Ruggero- demorou sim. -falo a encarando- a água quente não acaba assim do nada -falo voltando a minha atenção para os olhos dela... - Kah- não vou discutir com você! -diz e volta pro quarto- *Assim que ela saí da sala não consigo segurar o sorriso por muito tempo... O que ela está fazendo comigo?*
*Ruggero on* *Por que eu aceitei ter a Karol como hóspede? Ela é muito curiosa. Só sabe fazer pergunta! Mas, ela é muito linda é gos... Hãm... Não. Ela é só uma garota muito curiosa... O que ela está fazendo comigo? 
Continuo a guardar as coisas no armário. Assim que termino vou pra sala assistir um pouco de TV, mas antesd é ligar, consigo ouvir uma voz, muito bonita por sinal... Era a Karol... Uau!  Ela realmente tem talento. Preciso levá-la pra conhecer o studio... Só que não nesse mês, porque o estúdio está uma verdadeira zona. Estamos fechado contrato com uma nova banda. E os integrantes são velhos amigos meus... É, é melhor eu levá-la mês que vêm.*
*Ruggero on* *Por que eu aceitei ter a Karol como hóspede? Ela é muito curiosa. Só sabe fazer pergunta! Mas, ela é muito linda é gos... Hãm... Não. Ela é só uma garota muito curiosa... O que ela está fazendo comigo? Continuo a guardar as coisas no armário. Assim que termino vou pra sala assistir um pouco de TV, mas antesd é ligar, consigo ouvir uma voz, muito bonita por sinal... Era a Karol... Uau! Ela realmente tem talento. Preciso levá-la pra conhecer o studio... Só que não nesse mês, porque o estúdio está uma verdadeira zona. Estamos fechado contrato com uma nova banda. E os integrantes são velhos amigos meus... É, é melhor eu levá-la mês que vêm.*
Qual foi a sua reação?? -
-
Eu:  Aaaaahh Beso Lutteo!! ❤
Qual foi a sua reação?? - - Eu: Aaaaahh Beso Lutteo!! ❤
Enamorada es poco ❤ solo yo quiero que ellos se besen?
Enamorada es poco ❤ solo yo quiero que ellos se besen?
Rugge- será que se importa, se antes de voltarmos pra casa passarmos no mercado?
Kah- não. Seria bom pra mim, preciso comprar umas coisas.
Rugge- ok -ele logo volta a comer o seu hambúrguer- *Começo a comer o meu hambúrguer. Pra variar, ele terminou primeiro que eu, e pra minha sorte ficou me encarando...* Kah- o que foi? Tem alguma coisa no meu rosto? -pergunto já procurando um guardanapo, mas ele foi mais rápido que eu-
Rugge- sim... -fala pegando um guardanapo e se aproximando de mim- *Ele passa o guardanapo e passa lentamente no meu rosto... Foi como se uma corrente elétrica passa-se entre os dedos dele e o meu rosto, nossos olhares se cruzam... Ele se aproxima mais de  mim e começo a ficar mais e mais nervosa... Ele coloca uma mexa do meu cabelo atras da minha orelha e se aproxima um pouco mais... Ele até que ele se afasta lentamente*

Rugge- parece nervosa... -diz sorrindo ironicamente-
Kah-eu nervosa? -solto um riso nervoso- vamos? Eu estou satisfeita então podemos...ir. *Ele ri e concorda. Ele paga e fomos para o carro... Não conversamos, e também eu não queria. Nós fomos até o mercado e fizemos as compras, nós conversamos somente quando era necessário... Quando finalmente terminamos fomos até o caixa. Pagamos e voltamos pra casa.* Kah- pode deixar que eu guardo as compras. -falo tentando não fazer tanto contato visual-
Rugge- eu prefiro guardar as compras eu sei arrumar do meu jeito.
Kah- que chato eu só queria ajudar.
Rugge- um chato que é organizado.
Kah-eu vou tomar meu banho então. *Vejo que ele para de guardar as compras por um segundo, mas logo volta a arrumar.* Rugge- OK. Não esqueçe de trancar a porta... -ele diz mas logo faz uma cara como se tivesse se arrependido de dizer-
Kah-ta bom sr.organização... *Ele ri ironicamente e continua a arrumar as compras. Então eu vou tomar meu banho.*
Rugge- será que se importa, se antes de voltarmos pra casa passarmos no mercado? Kah- não. Seria bom pra mim, preciso comprar umas coisas. Rugge- ok -ele logo volta a comer o seu hambúrguer- *Começo a comer o meu hambúrguer. Pra variar, ele terminou primeiro que eu, e pra minha sorte ficou me encarando...* Kah- o que foi? Tem alguma coisa no meu rosto? -pergunto já procurando um guardanapo, mas ele foi mais rápido que eu- Rugge- sim... -fala pegando um guardanapo e se aproximando de mim- *Ele passa o guardanapo e passa lentamente no meu rosto... Foi como se uma corrente elétrica passa-se entre os dedos dele e o meu rosto, nossos olhares se cruzam... Ele se aproxima mais de mim e começo a ficar mais e mais nervosa... Ele coloca uma mexa do meu cabelo atras da minha orelha e se aproxima um pouco mais... Ele até que ele se afasta lentamente* Rugge- parece nervosa... -diz sorrindo ironicamente- Kah-eu nervosa? -solto um riso nervoso- vamos? Eu estou satisfeita então podemos...ir. *Ele ri e concorda. Ele paga e fomos para o carro... Não conversamos, e também eu não queria. Nós fomos até o mercado e fizemos as compras, nós conversamos somente quando era necessário... Quando finalmente terminamos fomos até o caixa. Pagamos e voltamos pra casa.* Kah- pode deixar que eu guardo as compras. -falo tentando não fazer tanto contato visual- Rugge- eu prefiro guardar as compras eu sei arrumar do meu jeito. Kah- que chato eu só queria ajudar. Rugge- um chato que é organizado. Kah-eu vou tomar meu banho então. *Vejo que ele para de guardar as compras por um segundo, mas logo volta a arrumar.* Rugge- OK. Não esqueçe de trancar a porta... -ele diz mas logo faz uma cara como se tivesse se arrependido de dizer- Kah-ta bom sr.organização... *Ele ri ironicamente e continua a arrumar as compras. Então eu vou tomar meu banho.*
*E nem pra ficar sozinha com o Ruggero...* Kah- vou sentir falta de vocês... -falo abraçando os dois antes deles embarcarem no avião-
Mônica - nos também querida.
Miguel- não se esqueça de ligar para nós todos os dias. -fala sorrindo fraco-
Kah- isso nunca vou esquecer. *Nos abraçamos de novo e eles embarcaram, vou sentir muita falta deles...* Roberto- bom, já está na hora de irmos não é Caro? -fala olhando para a esposa-
Carolina- sim.
Roberto- bom, espero que se deem bem. -ele diz sorrindo e Carolina também sorri- até logo... -eles vão embora-
Ruggero- eu estou com fome. Vamos passar em algum lugar pra comer alguma coisa. -fala começando a andar e tenho que correr um pouco para alcançá-lo, ele é um pouco mais alto que eu então cada passo dele são dois meus-
Kah- anda devagar por que um passo seu são dois meus!
Rugge- não é culpa minha que você e baixinha -fala andando mais devagar- vamos logo comer! *Andamos até o carro dele, bom ele andou eu tive que correr... aff por que ele tinha que ser tão alto?! Entramos no carro e ele começou a dirigir, ele sugeriu ir em uma lanchonete. Concordei porque um hambúrguer cairia bem agora... Quando chegamos fomos logo até o caixa e fizemos os nossos pedidos. 
Assim que ficaram prontos fomos sentar em uma das mesas que tinham ali.*
*E nem pra ficar sozinha com o Ruggero...* Kah- vou sentir falta de vocês... -falo abraçando os dois antes deles embarcarem no avião- Mônica - nos também querida. Miguel- não se esqueça de ligar para nós todos os dias. -fala sorrindo fraco- Kah- isso nunca vou esquecer. *Nos abraçamos de novo e eles embarcaram, vou sentir muita falta deles...* Roberto- bom, já está na hora de irmos não é Caro? -fala olhando para a esposa- Carolina- sim. Roberto- bom, espero que se deem bem. -ele diz sorrindo e Carolina também sorri- até logo... -eles vão embora- Ruggero- eu estou com fome. Vamos passar em algum lugar pra comer alguma coisa. -fala começando a andar e tenho que correr um pouco para alcançá-lo, ele é um pouco mais alto que eu então cada passo dele são dois meus- Kah- anda devagar por que um passo seu são dois meus! Rugge- não é culpa minha que você e baixinha -fala andando mais devagar- vamos logo comer! *Andamos até o carro dele, bom ele andou eu tive que correr... aff por que ele tinha que ser tão alto?! Entramos no carro e ele começou a dirigir, ele sugeriu ir em uma lanchonete. Concordei porque um hambúrguer cairia bem agora... Quando chegamos fomos logo até o caixa e fizemos os nossos pedidos. Assim que ficaram prontos fomos sentar em uma das mesas que tinham ali.*
Rugg-você tá bonita *Serio que ele disse isso? ele me achou bonita? por favor Karol, não fique vermelha. Fomos para o restaurante, e era incrível! Sentamos em uma das mesas e logo pedimos. Fiquei intrigada porque o Ruggero pediu o mesmo que eu, estranho não? enquanto a comida não chegava começamos a conversar, mas eu não conseguia parar de dar umas olhadas para o Ruggero de vez em sempre... e em alguns momentos nossos olhares se encontravam, de novo, Karol não fique vermelha. Era meio difícil não olhar pra ele porque ela estava sentado na minha frente... quando ele ia falar alguma coisa a nossa comida chega, salva pelo gongo, não sei se conseguiria falar com ele depois desses olhares. Finalmente terminamos de comer, pedimos sobremesa, e estava tão divina quanto a comida. é Argentina, você está ganhando bastante pontos, e não é só por causa das pessoas...* Carolina- então Karol, como começou essa sua paixão pela musica?

Kah- não sei explicar. Só sei que desde que eu era pequena eu gostava muito de ouvir musicas, e mesmo que eu não soubesse a letra eu cantarolava. Então comecei a estudar musica e percebi que era disso que eu realmente gostava, então comecei a compor, criar a minha própria musica é muito fascinante pra mim. Bom acho que é isso... -falo sorrindo-

Roberto- o Ruggero também era assim.
Kah- era? -olho pra ele-
Rugge- não quero falar sobre isso... *Resolvo não comentar nada, e fico um pouco sem jeito, estranhamente fiquei interessada nele...digo no que ele queria dizer. Terminamos a sobremesa e meus pais e os pais do Rugge foram pagar, deixando Rugge e eu sozinhos, nervosa? Eu? Nunca...* Rugge- parece nervosa.-fala com um sorrisinho sarcástico no rosto-
Kah- e... eu nervosa? Nunca
Rugge- huhum sei... *nossos pais logo aparecem e nos chamam para ir embora, saio da mesa quase que correndo... Não sei se vou aguentar ficar com ele sozinha por muito tempo... Passamos a tarde toda passeando pela cidade, de vez em quando Ruggero me dava uns olhares que meu Deus... Não sei como não estou vermelha escarlate. Mas quando estava começando a anoitecer chegou a hora dos meus pais voltarem. Não estou preparada pra ficar nesse país sem eles.
Rugg-você tá bonita *Serio que ele disse isso? ele me achou bonita? por favor Karol, não fique vermelha. Fomos para o restaurante, e era incrível! Sentamos em uma das mesas e logo pedimos. Fiquei intrigada porque o Ruggero pediu o mesmo que eu, estranho não? enquanto a comida não chegava começamos a conversar, mas eu não conseguia parar de dar umas olhadas para o Ruggero de vez em sempre... e em alguns momentos nossos olhares se encontravam, de novo, Karol não fique vermelha. Era meio difícil não olhar pra ele porque ela estava sentado na minha frente... quando ele ia falar alguma coisa a nossa comida chega, salva pelo gongo, não sei se conseguiria falar com ele depois desses olhares. Finalmente terminamos de comer, pedimos sobremesa, e estava tão divina quanto a comida. é Argentina, você está ganhando bastante pontos, e não é só por causa das pessoas...* Carolina- então Karol, como começou essa sua paixão pela musica? Kah- não sei explicar. Só sei que desde que eu era pequena eu gostava muito de ouvir musicas, e mesmo que eu não soubesse a letra eu cantarolava. Então comecei a estudar musica e percebi que era disso que eu realmente gostava, então comecei a compor, criar a minha própria musica é muito fascinante pra mim. Bom acho que é isso... -falo sorrindo- Roberto- o Ruggero também era assim. Kah- era? -olho pra ele- Rugge- não quero falar sobre isso... *Resolvo não comentar nada, e fico um pouco sem jeito, estranhamente fiquei interessada nele...digo no que ele queria dizer. Terminamos a sobremesa e meus pais e os pais do Rugge foram pagar, deixando Rugge e eu sozinhos, nervosa? Eu? Nunca...* Rugge- parece nervosa.-fala com um sorrisinho sarcástico no rosto- Kah- e... eu nervosa? Nunca Rugge- huhum sei... *nossos pais logo aparecem e nos chamam para ir embora, saio da mesa quase que correndo... Não sei se vou aguentar ficar com ele sozinha por muito tempo... Passamos a tarde toda passeando pela cidade, de vez em quando Ruggero me dava uns olhares que meu Deus... Não sei como não estou vermelha escarlate. Mas quando estava começando a anoitecer chegou a hora dos meus pais voltarem. Não estou preparada pra ficar nesse país sem eles.
Preparados?? -
-
Yo:  não!!
Preparados?? - - Yo: não!!
Como ella cambió!! Por diós! Me encanta!! ❤❤
Como ella cambió!! Por diós! Me encanta!! ❤❤
Tu Carcel 💕 #Lutteo
Tan lindos!! @karolsevillaofc @ruggeropasquarelli 
#lutteo ❤
Tan lindos!! @karolsevillaofc @ruggeropasquarelli #lutteo  ❤
Só eu que amei essa foto?? ❤❤
Só eu que amei essa foto?? ❤❤