an online Instagram web viewer
  • maenaestrada
    Por Carolina Galvão Arruda
    @maenaestrada

Images by maenaestrada

Hoje o #tbt dedico as mães que estão, principalmente, na fase dos menores. 
Fase muito fofa e ao mesmo tempo, “puxada”. Minha dica é: Procurem ter humor. Procurem humor na confusão. Eu sei que é difícil. Mas tentem. Se policiem para não se sentirem como um general. Nem tudo, sempre, precisa ser levado tão a sério. Uma casa precisa ter regras? Claro que precisa. Ordem é importante. Mas trazer humor e leveza para as coisas também é importante e ajuda muito. E isso também é exemplo que estamos deixando para eles. Se escovar os dentes tá difícil de rolar hoje: deem um sorriso, façam cócegas, e os levem na brincadeira até o banheiro.  Se colocar o pijama ou a roupa tá difícil, façam uma aposta de quem coloca primeiro a calça. Façam juntos. Se vistam juntos. Essa leveza é claro que não funciona todos os dias. Haja disposição. Mas será que quando a gente tem, a gente lembra de relaxar e aproveitar ?
A dica de hoje é tão simples, mas eu juro que muda toda a dinâmica e minimiza muito estresse. 
Confiem e tentem! ❤️ Quem aí já usou essa tática?
Hoje o #tbt  dedico as mães que estão, principalmente, na fase dos menores. Fase muito fofa e ao mesmo tempo, “puxada”. Minha dica é: Procurem ter humor. Procurem humor na confusão. Eu sei que é difícil. Mas tentem. Se policiem para não se sentirem como um general. Nem tudo, sempre, precisa ser levado tão a sério. Uma casa precisa ter regras? Claro que precisa. Ordem é importante. Mas trazer humor e leveza para as coisas também é importante e ajuda muito. E isso também é exemplo que estamos deixando para eles. Se escovar os dentes tá difícil de rolar hoje: deem um sorriso, façam cócegas, e os levem na brincadeira até o banheiro. Se colocar o pijama ou a roupa tá difícil, façam uma aposta de quem coloca primeiro a calça. Façam juntos. Se vistam juntos. Essa leveza é claro que não funciona todos os dias. Haja disposição. Mas será que quando a gente tem, a gente lembra de relaxar e aproveitar ? A dica de hoje é tão simples, mas eu juro que muda toda a dinâmica e minimiza muito estresse. Confiem e tentem! ❤️ Quem aí já usou essa tática?
Oi meninas, tudo bem? O assunto hj não é leve e não por isso menos relevante. Segue capa de uma matéria seríssima e importante sobre suicídio. O assunto é pesado, eu sei, e urgente. A verdade é que para talvez resolvermos o problema precisamos falar sobre ele.
Para quem quiser ler a matéria inteira, que vale a pena, pode me deixar o e-mail que eu mando. Ou segue o link da fonte na íntegra: @elpaisbrasil 
https://brasil.elpais.com/brasil/2018/06/18/opinion/1529328111_109277.html?%3Fid_externo_rsoc=FB_BR_CM 
Beijo meninas! Durmam com Deus. “Se podemos fazer algo com a tragédia que é termos criado um mundo onde um número maior de adolescentes não se tornará adulto, é reaprendermos a viver em comunidade, redescobrirmos como tecer redes de cuidado mútuo. Isso não tira a responsabilidade individual. Ao contrário, a aumenta. Mas coloca a responsabilidade individual onde ela deve estar: fazendo “laço” com os outros. Fazendo junto."
Oi meninas, tudo bem? O assunto hj não é leve e não por isso menos relevante. Segue capa de uma matéria seríssima e importante sobre suicídio. O assunto é pesado, eu sei, e urgente. A verdade é que para talvez resolvermos o problema precisamos falar sobre ele. Para quem quiser ler a matéria inteira, que vale a pena, pode me deixar o e-mail que eu mando. Ou segue o link da fonte na íntegra: @elpaisbrasil https://brasil.elpais.com/brasil/2018/06/18/opinion/1529328111_109277.html?%3Fid_externo_rsoc=FB_BR_CM Beijo meninas! Durmam com Deus. “Se podemos fazer algo com a tragédia que é termos criado um mundo onde um número maior de adolescentes não se tornará adulto, é reaprendermos a viver em comunidade, redescobrirmos como tecer redes de cuidado mútuo. Isso não tira a responsabilidade individual. Ao contrário, a aumenta. Mas coloca a responsabilidade individual onde ela deve estar: fazendo “laço” com os outros. Fazendo junto."
Eu juro que saíram do mesmo pai e da mesma mãe. 
A pergunta que não quer calar: como podem ser tããããão diferentes? Jesuis! 😅 #erapraser #horadedormir😴 
Dormir pra que, né, filho? 😅😂
Mais alguém aí tem filhos tão diferentes? 😅
Eu juro que saíram do mesmo pai e da mesma mãe. A pergunta que não quer calar: como podem ser tããããão diferentes? Jesuis! 😅 #erapraser  #horadedormir 😴 Dormir pra que, né, filho? 😅😂 Mais alguém aí tem filhos tão diferentes? 😅
Aprender a valorizar o pai que nosso parceiro é, é libertador e unificador. Temos a tendência as nos concentrarmos nos pontos negativos e ficamos cegas a tantas coisas lindas que acontecem. Pai não é igual a mãe e ninguém é igual a ninguém, portanto aceitar as diferenças e as diversas formas de demonstrar amor e afeto são justas e válidas. 
Cada um vem de uma história e cada um foi moldado de um jeito. Isso não significa não precisar mudar em nada, significa entender o início de cada um e aceita-lo de coração. 
Faça o exercício hoje de pensar tudo que vc admira no seu parceiro. Tudo! E tente falar a ele. Antes de dormir é um bom momento. Para quem está com dificuldade em falar, escreva. Se acha que vai esquecer, faça isso agora. 
Às vezes o óbvio precisa ser dito. É um carinho na alma. 
Se ele não faz, normalmente, isso a você, dê o primeiro passo. Às vezes é só de um primeiro passo que precisamos para darmos as mãos e caminharmos juntos. 
Para quem está precisando de algum ajuste “de ponteiros”, essa é uma excelente forma de iniciar uma conversa. A tendência do “desarmamento” é natural quando somos reconhecidos por atitudes positivas. E pra quem não precisa de ajuste, apenas reconheça. É importante. E faz muita diferença para o alinhamento seguir coeso. 
Bom dia meninas! ❤️
#reconhecimento #gratidão #valoraoquetemvalor #saberviver
Aprender a valorizar o pai que nosso parceiro é, é libertador e unificador. Temos a tendência as nos concentrarmos nos pontos negativos e ficamos cegas a tantas coisas lindas que acontecem. Pai não é igual a mãe e ninguém é igual a ninguém, portanto aceitar as diferenças e as diversas formas de demonstrar amor e afeto são justas e válidas. Cada um vem de uma história e cada um foi moldado de um jeito. Isso não significa não precisar mudar em nada, significa entender o início de cada um e aceita-lo de coração. Faça o exercício hoje de pensar tudo que vc admira no seu parceiro. Tudo! E tente falar a ele. Antes de dormir é um bom momento. Para quem está com dificuldade em falar, escreva. Se acha que vai esquecer, faça isso agora. Às vezes o óbvio precisa ser dito. É um carinho na alma. Se ele não faz, normalmente, isso a você, dê o primeiro passo. Às vezes é só de um primeiro passo que precisamos para darmos as mãos e caminharmos juntos. Para quem está precisando de algum ajuste “de ponteiros”, essa é uma excelente forma de iniciar uma conversa. A tendência do “desarmamento” é natural quando somos reconhecidos por atitudes positivas. E pra quem não precisa de ajuste, apenas reconheça. É importante. E faz muita diferença para o alinhamento seguir coeso. Bom dia meninas! ❤️ #reconhecimento  #gratidão  #valoraoquetemvalor  #saberviver 
Bom dia com frase da poderosa @cher! Altos e baixos fazem parte do caminho para qualquer sucesso. Seja na vida pessoal ou profissional. Afinal, tudo faz parte da nossa vida. E isso faz parte do caminho. Quando introduzi por aqui a DP senti esse elevador. 
E pq? Simplesmente pq agia de uma jeito e passei a agir de outro. Todos sentiram. Estranharam. Resistiram. Me testaram. 
Aí, quem precisou assumir a resistência de seguir focada fui eu. Foi hora de me manter firme e entender que passinhos pra trás para depois dar passos maiores  pra frente fazem parte do processo. Mas eu só consegui fazer isso por ter muita convicção de que estava no caminho correto e por estar cuidando de mim. Sem essas duas frentes, não conseguiria me manter centrada e suportar o elevador. Essas duas frentes precisam coexistir, apenas com uma, não vamos adiante. 
Pensem nisso meninas. 
Excelente dia! Excelente começo de semana! ❤️
#disciplinapositiva
Bom dia com frase da poderosa @cher! Altos e baixos fazem parte do caminho para qualquer sucesso. Seja na vida pessoal ou profissional. Afinal, tudo faz parte da nossa vida. E isso faz parte do caminho. Quando introduzi por aqui a DP senti esse elevador. E pq? Simplesmente pq agia de uma jeito e passei a agir de outro. Todos sentiram. Estranharam. Resistiram. Me testaram. Aí, quem precisou assumir a resistência de seguir focada fui eu. Foi hora de me manter firme e entender que passinhos pra trás para depois dar passos maiores pra frente fazem parte do processo. Mas eu só consegui fazer isso por ter muita convicção de que estava no caminho correto e por estar cuidando de mim. Sem essas duas frentes, não conseguiria me manter centrada e suportar o elevador. Essas duas frentes precisam coexistir, apenas com uma, não vamos adiante. Pensem nisso meninas. Excelente dia! Excelente começo de semana! ❤️ #disciplinapositiva 
Moramos em Santos- SP em 2014 e 2015. Vicente foi com 6m, Martina tinha recém feito 2a. Ela desfraldou lá e foi a primeira escolinha. Ele caminhou e falou. 😍 
Esse final de semana fomos ver os amigos que lá fizemos. Esse pessoal da foto, foi parte da minha rede de apoio, que me ajudou demais e fez o período mais “hardcore” ficar mais leve. Faltou foto com a Joana e família, uma grande amiga! A rede de apoio em cada momento da marternidade tem a sua função. Como cada família tem história, suas limitações, seu bolso, minha primeira sugestão é focar em solução! Procurar não ficar presa no problema e tentar achar alternativas, dentro de cada realidade para “diminuir” esse problema ou sana-lo radicalmente. Cada fase de ser mãe terá uma exigência, portanto se observe, se aceite e vá atrás de apoio. Ng precisa e nem deve ser o tempo inteiro mulher maravilha! 
Sugestão 2: se movimentar! Ng vai bater na nossa porta! Precisamos ir atrás de pessoas. Uma boa atitude é ir atrás de outras mães que passam pelos mesmos desafios e tentar formar vínculos com elas e com seus filhos. Abrir os olhos e olhar na volta, estar aberta, isso ajuda muito! 
Essa minha rede da foto são os pais dos primeiros colegas da Martina, quando tinham 2 aninhos. Somos amigos até hoje e os filhos também. Mesmo não estando mais na mesma cidade. Lindo de ver. Gratidão por essas amizades, feliz pelo que vivemos, feliz por tudo que trocamos, e de estamos conseguimos cultivar nosso vínculo. 
Quero saber de vcs, meninas. Vocês conseguiram criar uma rede? Quem ainda não conseguiu, onde tá pegando? Vamos tentar nos ajudar. Sei o quanto isso é importante. 
#maenaestrada #obrigadaamigos #rededeapoio #maesunidas #amizadepravida
Moramos em Santos- SP em 2014 e 2015. Vicente foi com 6m, Martina tinha recém feito 2a. Ela desfraldou lá e foi a primeira escolinha. Ele caminhou e falou. 😍 Esse final de semana fomos ver os amigos que lá fizemos. Esse pessoal da foto, foi parte da minha rede de apoio, que me ajudou demais e fez o período mais “hardcore” ficar mais leve. Faltou foto com a Joana e família, uma grande amiga! A rede de apoio em cada momento da marternidade tem a sua função. Como cada família tem história, suas limitações, seu bolso, minha primeira sugestão é focar em solução! Procurar não ficar presa no problema e tentar achar alternativas, dentro de cada realidade para “diminuir” esse problema ou sana-lo radicalmente. Cada fase de ser mãe terá uma exigência, portanto se observe, se aceite e vá atrás de apoio. Ng precisa e nem deve ser o tempo inteiro mulher maravilha! Sugestão 2: se movimentar! Ng vai bater na nossa porta! Precisamos ir atrás de pessoas. Uma boa atitude é ir atrás de outras mães que passam pelos mesmos desafios e tentar formar vínculos com elas e com seus filhos. Abrir os olhos e olhar na volta, estar aberta, isso ajuda muito! Essa minha rede da foto são os pais dos primeiros colegas da Martina, quando tinham 2 aninhos. Somos amigos até hoje e os filhos também. Mesmo não estando mais na mesma cidade. Lindo de ver. Gratidão por essas amizades, feliz pelo que vivemos, feliz por tudo que trocamos, e de estamos conseguimos cultivar nosso vínculo. Quero saber de vcs, meninas. Vocês conseguiram criar uma rede? Quem ainda não conseguiu, onde tá pegando? Vamos tentar nos ajudar. Sei o quanto isso é importante. #maenaestrada  #obrigadaamigos  #rededeapoio  #maesunidas  #amizadepravida 
As crianças ainda não possuem pensamento crítico suficiente para avaliar os conteúdos das propagandas, entendendo muitas vezes como real o que é dito sobre um brinquedo ou alimento com embalagem de um personagem da moda. E a partir do contato com esses conteúdos, vão sendo inseridas na lógica consumista que nos "faz crer que o objeto consumido daria conta de satisfazer o desejo humano. A promessa da propaganda é que ao adquirir esse ou aquele objeto você alcançaria a satisfação. Como simplesmente não é possível, segue a promessa de que o próximo objeto o fará. E assim, sucessivamente", como nos explica a psicanalista Vera Iaconelli. O consumo desmedido dos objetos ainda acaba por se misturar com a identidade das crianças, que podem passar a confundir quem são com o que possuem, prejudicando, a longo prazo, na construção de sua auto imagem e na maneira como se posicionam no mundo.
Assim, além do cuidado que devemos ter para não expor nossas crianças à publicidade infantil (que não deveria ser responsabilidade apenas dos pais, mas de toda a sociedade) é importante (re)pensar a relação que os membros da família tem com o consumo e qual a abordagem realizada com as crianças a respeito dessa temática. 
Texto de Tamira Viana
@entrenosmaesepais

#educadoresparentaisemacao 
#disciplinapositiva 
#publicidadenaoecoisadecrianca
As crianças ainda não possuem pensamento crítico suficiente para avaliar os conteúdos das propagandas, entendendo muitas vezes como real o que é dito sobre um brinquedo ou alimento com embalagem de um personagem da moda. E a partir do contato com esses conteúdos, vão sendo inseridas na lógica consumista que nos "faz crer que o objeto consumido daria conta de satisfazer o desejo humano. A promessa da propaganda é que ao adquirir esse ou aquele objeto você alcançaria a satisfação. Como simplesmente não é possível, segue a promessa de que o próximo objeto o fará. E assim, sucessivamente", como nos explica a psicanalista Vera Iaconelli. O consumo desmedido dos objetos ainda acaba por se misturar com a identidade das crianças, que podem passar a confundir quem são com o que possuem, prejudicando, a longo prazo, na construção de sua auto imagem e na maneira como se posicionam no mundo. Assim, além do cuidado que devemos ter para não expor nossas crianças à publicidade infantil (que não deveria ser responsabilidade apenas dos pais, mas de toda a sociedade) é importante (re)pensar a relação que os membros da família tem com o consumo e qual a abordagem realizada com as crianças a respeito dessa temática. Texto de Tamira Viana @entrenosmaesepais #educadoresparentaisemacao  #disciplinapositiva  #publicidadenaoecoisadecrianca 
Mãe babona que fala? Fui eu hoje. Martina desde o ano passado pedia muito para fazer Ginástica Artística. Ano passado não rolou. Ano de mudança, muitos gastos, não deu. Explicamos a ela o motivo real, ela compreendeu, e pediu se podia ir treinando sozinha em casa. Deixamos. Todos os dias ela assista vídeos no YouTube de ginastas e treinava incansavelmente na nossa sala. Sempre iniciativa dela. Esse ano, deu para ela entrar na tão sonhada ginástica. Ela quis muito e por isso sei que hj foi um dia importante. Ontem dormiu cedo, queria estar bem disposta hoje. 
O que mais me chama a atenção é a determinação dela. Da compreensão em saber esperar e dar o jeitinho dela enquanto não dava. Amei isso. Como eles nos ensinam. 🙏
Orgulho da minha pequena grande menina! ❤️ #ginasticaartistica #esporte #criancas
Mãe babona que fala? Fui eu hoje. Martina desde o ano passado pedia muito para fazer Ginástica Artística. Ano passado não rolou. Ano de mudança, muitos gastos, não deu. Explicamos a ela o motivo real, ela compreendeu, e pediu se podia ir treinando sozinha em casa. Deixamos. Todos os dias ela assista vídeos no YouTube de ginastas e treinava incansavelmente na nossa sala. Sempre iniciativa dela. Esse ano, deu para ela entrar na tão sonhada ginástica. Ela quis muito e por isso sei que hj foi um dia importante. Ontem dormiu cedo, queria estar bem disposta hoje. O que mais me chama a atenção é a determinação dela. Da compreensão em saber esperar e dar o jeitinho dela enquanto não dava. Amei isso. Como eles nos ensinam. 🙏 Orgulho da minha pequena grande menina! ❤️ #ginasticaartistica  #esporte  #criancas 
"A propaganda, criada para despertar o desejo de consumir, constantemente ignora o estágio de desenvolvimento das crianças, abusando de suas fraquezas. A fim de impedir que isso aconteça, o Brasil conta com uma vasta legislação que proíbe a publicidade dirigida às crianças. Desde a Constituição Federal, passando pelo ECA, Código do Consumidor e chegando às normas do CONANDA e CONAR, encontramos dispositivos legais que protegem crianças e adolescentes dos fortes apelos publicitários.

Você sabia que são proibidas, por exemplo, frases como “compre” ou “peça para seus pais”? Sabia que a publicidade deve ser facilmente compreendida como tal pelo público ao qual se destina, sendo vedado o merchandising disfarçado no meio da novela, do programa infantil, do blog ou do vídeo do YouTube? 
Também há proibição expressa à publicidade que se aproveite da deficiência de julgamento e de experiência da criança! 
Então abrir pacotes e pacotes de brinquedos num vídeo da internet sem contar que você ganhou dinheiro pra fazer aquilo e que se trata de propaganda NÃO PODE. Recomendar um produto tendo recebido de presente do fabricante (ou ganhado dinheiro para isso) também NÃO PODE. 
Se forem produtos infantis e se aquele Youtuber falar diretamente com crianças e adolescentes, PODE MENOS AINDA. 
NÃO PODE induzir, mesmo implicitamente, sentimento de inferioridade no adolescente ou criança, caso eles não consumam determinado produto ou serviço. NÃO PODE nenhuma publicidade dentro das escolas. 
NÃO PODE usar linguagem infantil, efeitos especiais, excesso de cores, músicas infantis ou cantadas por vozes de criança. NÃO PODE ter crianças ou pessoas ou celebridades com apelo ao público infantil anunciando o produto, muito menos personagens, apresentadores infantis, desenho animado e bonecos. 
E não pode porque tem que respeitar as características psicológicas das crianças e adolescentes e seu menor discernimento." Texto @maisconexao_disciplinapositiva 
#educadoresparentaisemacao
#disciplinapositiva
#maisconexao_disciplinapositiva
#publicidadeinfantil
#publicidadenaoecoisadecrianca
"A propaganda, criada para despertar o desejo de consumir, constantemente ignora o estágio de desenvolvimento das crianças, abusando de suas fraquezas. A fim de impedir que isso aconteça, o Brasil conta com uma vasta legislação que proíbe a publicidade dirigida às crianças. Desde a Constituição Federal, passando pelo ECA, Código do Consumidor e chegando às normas do CONANDA e CONAR, encontramos dispositivos legais que protegem crianças e adolescentes dos fortes apelos publicitários. Você sabia que são proibidas, por exemplo, frases como “compre” ou “peça para seus pais”? Sabia que a publicidade deve ser facilmente compreendida como tal pelo público ao qual se destina, sendo vedado o merchandising disfarçado no meio da novela, do programa infantil, do blog ou do vídeo do YouTube? Também há proibição expressa à publicidade que se aproveite da deficiência de julgamento e de experiência da criança! Então abrir pacotes e pacotes de brinquedos num vídeo da internet sem contar que você ganhou dinheiro pra fazer aquilo e que se trata de propaganda NÃO PODE. Recomendar um produto tendo recebido de presente do fabricante (ou ganhado dinheiro para isso) também NÃO PODE. Se forem produtos infantis e se aquele Youtuber falar diretamente com crianças e adolescentes, PODE MENOS AINDA. NÃO PODE induzir, mesmo implicitamente, sentimento de inferioridade no adolescente ou criança, caso eles não consumam determinado produto ou serviço. NÃO PODE nenhuma publicidade dentro das escolas. NÃO PODE usar linguagem infantil, efeitos especiais, excesso de cores, músicas infantis ou cantadas por vozes de criança. NÃO PODE ter crianças ou pessoas ou celebridades com apelo ao público infantil anunciando o produto, muito menos personagens, apresentadores infantis, desenho animado e bonecos. E não pode porque tem que respeitar as características psicológicas das crianças e adolescentes e seu menor discernimento." Texto @maisconexao_disciplinapositiva #educadoresparentaisemacao  #disciplinapositiva  #maisconexao_disciplinapositiva  #publicidadeinfantil  #publicidadenaoecoisadecrianca 
Bom dia meninas! Texto de hoje pra pensar. Assunto que me questiono bastante e procuro estar sempre de olho em mim pra deixá-los experimentar o gosto das escolhas. 
A busca pela perfeição e de que precisamos ser bons em tudo tem refletido muito na educação dada a nossos filhos.
Ensiná-los a escolher é uma tarefa difícil, pq, nem sempre nós sabemos fazer isso, muitas vezes tomados medo de errar, medo do incerto. 
O resultado disso aparece quando não permitimos nossos filhos a fazerem suas escolhas e provarem o gosto das respectivas consequências. Principalmente quando uma dessas consequências seja um erro. 
E pq não podem falhar? 
A obsessão pelo controle de tudo que ocorre na vida de nossos filhos certamente nos trará problemas. E dos grandes. Precisamos ter claro que vida é deles, e não nossa. Como mães, precisamos instruir, sim, e não desenhar o que idealizamos. 
Não deixar a criança nunca cair, ficar catando brinquedos (deles) , alucinadamente, pela casa, ficar checando com outras mães a matéria da prova, pq a criança não anotou, ou simplesmente ter que cobrar, todos os dias, incansavelmente, a lição. 
Não, absolutamente, não é esse o caminho para aprenderem a fazer escolhas. Fazer escolhas implica em consequências. E essas consequências acima não estão alinhadas com a realidade do mundo. Talvez dentro da nossa casa sim, mas lá fora, não. 
Ensinar a fazer escolhas é ensinar a pensar. É ensinar sobre criticidade. É ensinar sobre o que é querer. É oportunidade de ensinar sobre o que é uma necessidade e o que é um desejo. Afinal, são absolutamente diferentes. Talvez eles sofram nesse caminho. As vzs faz parte sofrer. O que mais importa é que eles terão consciência do que estão buscando. E mais sério ainda: Estarão buscando. Aprenderão sobre foco. Sobre prioridade. Sobre como escolher e sobre porque escolher. 
Provavelmente, muitas de nós, não fomos ensinadas a fazer escolhas. Tudo bem. O mais maravilhoso de ser mãe é poder ensinar, mesmo, sobre o que não sabemos fazer. Isso é assumir a condição da imperfeição de ser humana. Isso é ter coragem. E isso são escolhas. 😉
Com tem sido essas questões por aí? Me conta!!❤️
Bom dia meninas! Texto de hoje pra pensar. Assunto que me questiono bastante e procuro estar sempre de olho em mim pra deixá-los experimentar o gosto das escolhas. A busca pela perfeição e de que precisamos ser bons em tudo tem refletido muito na educação dada a nossos filhos. Ensiná-los a escolher é uma tarefa difícil, pq, nem sempre nós sabemos fazer isso, muitas vezes tomados medo de errar, medo do incerto. O resultado disso aparece quando não permitimos nossos filhos a fazerem suas escolhas e provarem o gosto das respectivas consequências. Principalmente quando uma dessas consequências seja um erro. E pq não podem falhar? A obsessão pelo controle de tudo que ocorre na vida de nossos filhos certamente nos trará problemas. E dos grandes. Precisamos ter claro que vida é deles, e não nossa. Como mães, precisamos instruir, sim, e não desenhar o que idealizamos. Não deixar a criança nunca cair, ficar catando brinquedos (deles) , alucinadamente, pela casa, ficar checando com outras mães a matéria da prova, pq a criança não anotou, ou simplesmente ter que cobrar, todos os dias, incansavelmente, a lição. Não, absolutamente, não é esse o caminho para aprenderem a fazer escolhas. Fazer escolhas implica em consequências. E essas consequências acima não estão alinhadas com a realidade do mundo. Talvez dentro da nossa casa sim, mas lá fora, não. Ensinar a fazer escolhas é ensinar a pensar. É ensinar sobre criticidade. É ensinar sobre o que é querer. É oportunidade de ensinar sobre o que é uma necessidade e o que é um desejo. Afinal, são absolutamente diferentes. Talvez eles sofram nesse caminho. As vzs faz parte sofrer. O que mais importa é que eles terão consciência do que estão buscando. E mais sério ainda: Estarão buscando. Aprenderão sobre foco. Sobre prioridade. Sobre como escolher e sobre porque escolher. Provavelmente, muitas de nós, não fomos ensinadas a fazer escolhas. Tudo bem. O mais maravilhoso de ser mãe é poder ensinar, mesmo, sobre o que não sabemos fazer. Isso é assumir a condição da imperfeição de ser humana. Isso é ter coragem. E isso são escolhas. 😉 Com tem sido essas questões por aí? Me conta!!❤️
Particularmente, acredito que proibição nunca é o melhor caminho para nada.
Prefiro a conscientização.
O ideal seria que os adultos e responsáveis pelas mídias tivessem bom senso e auto-regulação. Mas, infelizmente, isso não ocorre de maneira exemplar.
Da mesma forma, o maior esforço dos pais e responsáveis deve ser para criar crianças com autonomia, capazes e com senso crítico.
Simplesmente desligar a TV ou não comprar o desejado smartphone pode resolver o impasse, mas apenas até certo ponto e com crianças mais novas. Conforme crescem, as crianças precisam ter capacidade de escolha e sobretudo para serem responsáveis por suas escolhas. 
De fato, a regulamentação precisa existir, principalmente, em razão das crianças pequenas que acreditam no que o palhaço ou o personagem infantil preferido estão falando e vendendo. 
Muitos devem se lembrar da propaganda da “tesourinha do Mickey”. É o exemplo clássico do esdrúxulo “eu tenho, você não tem”. O mundo ganhou novas linguagens e novos acessos às informações. 
A publicidade se transformou e é comum crianças assistirem a vídeos caseiros de outras crianças abrindo pacotes, recebendo brinquedos e produtos nos famosos vídeos de “unboxing” por exemplo. 
Existe publicidade disfarçada de conteúdo até mesmo dentro de escolas.
O tema é polêmico, mas nossa campanha pensa que nenhuma atitude deve ser destinada às crianças com intenção voltada ao consumo pelo consumo.
Sou uma defensora da informação e da tecnologia! Acredito que a mídia, a TV, a Internet, etc são canais com potencial incrível para o bem! Um ajuste aqui e outro lá são necessários em qualquer setor da vida! O objetivo é observarmos, aprendermos e praticarmos melhores ações!!! Texto: Andrea Ferrara @andreafferrara
Arte: @siteparapais
Campanha: #educadoresparentaisemacao
Particularmente, acredito que proibição nunca é o melhor caminho para nada. Prefiro a conscientização. O ideal seria que os adultos e responsáveis pelas mídias tivessem bom senso e auto-regulação. Mas, infelizmente, isso não ocorre de maneira exemplar. Da mesma forma, o maior esforço dos pais e responsáveis deve ser para criar crianças com autonomia, capazes e com senso crítico. Simplesmente desligar a TV ou não comprar o desejado smartphone pode resolver o impasse, mas apenas até certo ponto e com crianças mais novas. Conforme crescem, as crianças precisam ter capacidade de escolha e sobretudo para serem responsáveis por suas escolhas. De fato, a regulamentação precisa existir, principalmente, em razão das crianças pequenas que acreditam no que o palhaço ou o personagem infantil preferido estão falando e vendendo. Muitos devem se lembrar da propaganda da “tesourinha do Mickey”. É o exemplo clássico do esdrúxulo “eu tenho, você não tem”. O mundo ganhou novas linguagens e novos acessos às informações. A publicidade se transformou e é comum crianças assistirem a vídeos caseiros de outras crianças abrindo pacotes, recebendo brinquedos e produtos nos famosos vídeos de “unboxing” por exemplo. Existe publicidade disfarçada de conteúdo até mesmo dentro de escolas. O tema é polêmico, mas nossa campanha pensa que nenhuma atitude deve ser destinada às crianças com intenção voltada ao consumo pelo consumo. Sou uma defensora da informação e da tecnologia! Acredito que a mídia, a TV, a Internet, etc são canais com potencial incrível para o bem! Um ajuste aqui e outro lá são necessários em qualquer setor da vida! O objetivo é observarmos, aprendermos e praticarmos melhores ações!!! Texto: Andrea Ferrara @andreafferrara Arte: @siteparapais Campanha: #educadoresparentaisemacao 
Oi meninas! Rolem o dedo que fiz uma sequência de vídeos contando o que eu fiz para que as crianças pegassem o gosto pela leitura. Olhem, de verdade, pq me dediquei pra gravar pra vcs, heim? ❤️
Quem me acompanha a mais tempo sabe que sou fã de carteirinha de leitura a moda tradicional com as crianças. Amo livros! 📚 Desde que são pequenos, introduzi esse hábito, sagradamente, lendo livrinhos diariamente para os dois, e tenho certeza que esse será um dos maiores legados que deixarei. 🙏
O início não foi fácil, exigiu um ajuste de expectativas da minha parte pq tive que lidar com a minha frustração de querer ler um livro inteiro e eles não ficarem parados, quietinhos. 😅 Precisei de doses de paciência e de muita persistência. No entanto, conforme o hábito foi se instaurando, a coisa foi acontecendo e hoje eu sou cobrada quando eu não leio. 😅 Leitura aqui em casa hoje é lembrada como escovar os dentes. Morro de orgulho de ver isso, mas preciso ser honesta e dizer que sim, foi uma caminhada longa até chegar aqui. O horário que melhor coube na minha rotina foi antes de dormir. Achei perfeito pq acalma e nos conecta no horário que eles estão mais propícios a isso. 
Ler para nossas crianças filhos é desacelerar com afeto. ❤️ Então, meninas, a fórmula que encontrei para que gostassem de ler foi: treino( hábito) + afeto. 
Com essa receitinha, não tem ruim! 
Assistam o vídeos vídeos e me contem de vcs! Quero saber!!! ❤️
Oi meninas! Rolem o dedo que fiz uma sequência de vídeos contando o que eu fiz para que as crianças pegassem o gosto pela leitura. Olhem, de verdade, pq me dediquei pra gravar pra vcs, heim? ❤️ Quem me acompanha a mais tempo sabe que sou fã de carteirinha de leitura a moda tradicional com as crianças. Amo livros! 📚 Desde que são pequenos, introduzi esse hábito, sagradamente, lendo livrinhos diariamente para os dois, e tenho certeza que esse será um dos maiores legados que deixarei. 🙏 O início não foi fácil, exigiu um ajuste de expectativas da minha parte pq tive que lidar com a minha frustração de querer ler um livro inteiro e eles não ficarem parados, quietinhos. 😅 Precisei de doses de paciência e de muita persistência. No entanto, conforme o hábito foi se instaurando, a coisa foi acontecendo e hoje eu sou cobrada quando eu não leio. 😅 Leitura aqui em casa hoje é lembrada como escovar os dentes. Morro de orgulho de ver isso, mas preciso ser honesta e dizer que sim, foi uma caminhada longa até chegar aqui. O horário que melhor coube na minha rotina foi antes de dormir. Achei perfeito pq acalma e nos conecta no horário que eles estão mais propícios a isso. Ler para nossas crianças filhos é desacelerar com afeto. ❤️ Então, meninas, a fórmula que encontrei para que gostassem de ler foi: treino( hábito) + afeto. Com essa receitinha, não tem ruim! Assistam o vídeos vídeos e me contem de vcs! Quero saber!!! ❤️
“A que publicidade nossas crianças estão expostas enquanto navegam na internet?” esse é um dos questionamentos levantados pela campanha 🚫Publicidade NÃO É coisa de criança🚫 criada pelos Educadores Parentais brasileiros certificados pela Positive Discipline Association.
.
É fato que as crianças não compreendem a complexidade das mensagens de consumo e acreditam de forma literal no que lhes é apresentado. Por essa razão, a “simples” chamada entre um vídeo e outro pode ser devastadora no longo prazo, uma vez que tem efeitos já comprovados por evidências científicas e podem contribuir com o desenvolvimento de distúrbios alimentares, erotização precoce, dependência de tabaco e álcool, além da predominância de valores materialistas, dentre outros.
.
Assim, buscando alertar os pais sobre os riscos da publicidade velada e conscientizar a população em geral sobre os malefícios da indução do consumo exagerado às crianças, nos unimos para divulgar informações sobre esse tema e apoiar as famílias de modo que, tendo ciência dos riscos, cada uma possa encontrar estratégias respeitosas e coerentes com seus valores para lidar com a questão da exposição das crianças às telas.

Seguimos unidos por uma infância mais leve, saudável e mais feliz. .
Porque quando você se informa, seu filho se desenvolve mais e melhor.
Texto @siteparapais 
Essa semana, todos os dias terá post dessa campanha. Se liguem, meninas! 😉
#educadoresparentaisemacao #disciplinapositiva
“A que publicidade nossas crianças estão expostas enquanto navegam na internet?” esse é um dos questionamentos levantados pela campanha 🚫Publicidade NÃO É coisa de criança🚫 criada pelos Educadores Parentais brasileiros certificados pela Positive Discipline Association. . É fato que as crianças não compreendem a complexidade das mensagens de consumo e acreditam de forma literal no que lhes é apresentado. Por essa razão, a “simples” chamada entre um vídeo e outro pode ser devastadora no longo prazo, uma vez que tem efeitos já comprovados por evidências científicas e podem contribuir com o desenvolvimento de distúrbios alimentares, erotização precoce, dependência de tabaco e álcool, além da predominância de valores materialistas, dentre outros. . Assim, buscando alertar os pais sobre os riscos da publicidade velada e conscientizar a população em geral sobre os malefícios da indução do consumo exagerado às crianças, nos unimos para divulgar informações sobre esse tema e apoiar as famílias de modo que, tendo ciência dos riscos, cada uma possa encontrar estratégias respeitosas e coerentes com seus valores para lidar com a questão da exposição das crianças às telas. Seguimos unidos por uma infância mais leve, saudável e mais feliz. . Porque quando você se informa, seu filho se desenvolve mais e melhor. Texto @siteparapais Essa semana, todos os dias terá post dessa campanha. Se liguem, meninas! 😉 #educadoresparentaisemacao  #disciplinapositiva 
Casamento não é namoro. A pegada é outra. O que não significa deixar de namorar. Namorar é uma espécie de cola. É importante, mesmo que o ritmo mude. Tudo bem mudar. Ninguém é igual pra sempre. Pq relacionamento teria que ser? É um novo estágio. O atual modelo de casamento igualitário, voltado a felicidade pessoal e mantendo o desejo pelo amor eterno, exige um brutal ajuste de expectativas que não era necessário no passado, o que acaba ocasionado muita frustração e fim de relacionamentos. É preciso mudar as perspectivas e as regras de convívio, dos dois, para a engrenagem seguir andando e não morrer no namoro ou mesmo em um matrimônio já iniciado. Em função da mudança de objetivos que buscamos no casamento, hoje, temos que adquirir competências, que até pouco tempo, nem imaginávamos ser necessárias para conseguir bancar um casamento com um “saldo positivo”. Casamento nos faz crescer, testa nossos limites, coloca em prova nosso egoísmo primitivo, pode fazer revermos nossos valores, melhora nossas habilidades, aprendemos sobre resiliência, sobre resistência, sobre generosidade, em alguns momentos nos sentimos sobrecarregados, outros aliviadas pela parceria. 
Não acredito em sorte. Acredito em dedicação mútua. Não adianta ser só um lado. No casamento, o romantismo, que no namoro pairava no ar, aqui, precisa ser criado, instigado. É doação. Muito mais que união de duas pessoas, é uma união de propósitos. É visão a longo prazo e uma vontade real e íntima de fazer dar certo. 
Hoje simboliza um dia romântico, portanto não posso deixar de agradecer o meu parceiro de vida, a minha escolha diária, por todos os dias, seguir acreditando comigo, na gente, na nossa história, na nossa família. Obrigada por sempre estimular a nossa liga. Agradeço a compressão por aceitar meus limites, me dar a mão, e não largar, mesmo com minhas falhas. 
Hoje o dia é dos namorados e fico muito feliz de estarmos tendo sabedoria, pós filhos, pós milhões de mudanças, de podermos namorar como marido e mulher. 
Feliz de estarmos caminhando juntos nessa equação do casamento. “Por onde for, quero ser seu par.”❤️
#diadosnamorados #meupar #minhamelhorescolha
Casamento não é namoro. A pegada é outra. O que não significa deixar de namorar. Namorar é uma espécie de cola. É importante, mesmo que o ritmo mude. Tudo bem mudar. Ninguém é igual pra sempre. Pq relacionamento teria que ser? É um novo estágio. O atual modelo de casamento igualitário, voltado a felicidade pessoal e mantendo o desejo pelo amor eterno, exige um brutal ajuste de expectativas que não era necessário no passado, o que acaba ocasionado muita frustração e fim de relacionamentos. É preciso mudar as perspectivas e as regras de convívio, dos dois, para a engrenagem seguir andando e não morrer no namoro ou mesmo em um matrimônio já iniciado. Em função da mudança de objetivos que buscamos no casamento, hoje, temos que adquirir competências, que até pouco tempo, nem imaginávamos ser necessárias para conseguir bancar um casamento com um “saldo positivo”. Casamento nos faz crescer, testa nossos limites, coloca em prova nosso egoísmo primitivo, pode fazer revermos nossos valores, melhora nossas habilidades, aprendemos sobre resiliência, sobre resistência, sobre generosidade, em alguns momentos nos sentimos sobrecarregados, outros aliviadas pela parceria. Não acredito em sorte. Acredito em dedicação mútua. Não adianta ser só um lado. No casamento, o romantismo, que no namoro pairava no ar, aqui, precisa ser criado, instigado. É doação. Muito mais que união de duas pessoas, é uma união de propósitos. É visão a longo prazo e uma vontade real e íntima de fazer dar certo. Hoje simboliza um dia romântico, portanto não posso deixar de agradecer o meu parceiro de vida, a minha escolha diária, por todos os dias, seguir acreditando comigo, na gente, na nossa história, na nossa família. Obrigada por sempre estimular a nossa liga. Agradeço a compressão por aceitar meus limites, me dar a mão, e não largar, mesmo com minhas falhas. Hoje o dia é dos namorados e fico muito feliz de estarmos tendo sabedoria, pós filhos, pós milhões de mudanças, de podermos namorar como marido e mulher. Feliz de estarmos caminhando juntos nessa equação do casamento. “Por onde for, quero ser seu par.”❤️ #diadosnamorados  #meupar  #minhamelhorescolha 
Olá meninas! Tudo por aí? Pra quem ainda não leu, compartilho essa leitura atual e importante. 
Da revista Você S/A desse mês de junho. Deixando claro que essa revista é focada no mundo corporativo. No entanto, não invalida a leitura pq os reflexos dessas mudanças ocorre em todos os outros setores.
A concentração desse start que mostra na matéria acaba sendo em escolas caríssimas. Meu foco não ficou nisso. Não me apeguei aí pq em algum lugar tem que começar, depois, acomoda. E infelizmente, sabemos que aqui a seleção não é justa. Façam os filtros de vocês e captem a mensagem. Observem o todo. É um começo. E as cosias estão mudando, inegavelmente. 
É o nosso mundo em movimento. 
Rola o dedo que printei parte da matéria. Infelizmente não coube tudo aqui. Se alguém quiser na íntegra, deixa o e-mail que envio. 😉
“Engana-se quem enxerga a educação de amanhã como algo high-tech. Parte da transformação, envolve, sim, inovações tecnológicas, mas a principal mudança está na MANEIRA como se instrui. O monólogo em sala de aula abre espaço para tarefas COLABORATIVAS. O ato mecânico de anotar palavras vira SOLUÇÕES para problemas cotidianos.” “ Professor torna-se “mediador” de conteúdo.” Salvem, levem pro banheiro, 😂, reservem um tempo para ler pq que vale, viu? 📚 
Estamos em plena mudança. Aceitar, abrir a cabeça e se adaptar é necessário. 😉
Beijos meninas! Ótima noite! 😘
Olá meninas! Tudo por aí? Pra quem ainda não leu, compartilho essa leitura atual e importante. Da revista Você S/A desse mês de junho. Deixando claro que essa revista é focada no mundo corporativo. No entanto, não invalida a leitura pq os reflexos dessas mudanças ocorre em todos os outros setores. A concentração desse start que mostra na matéria acaba sendo em escolas caríssimas. Meu foco não ficou nisso. Não me apeguei aí pq em algum lugar tem que começar, depois, acomoda. E infelizmente, sabemos que aqui a seleção não é justa. Façam os filtros de vocês e captem a mensagem. Observem o todo. É um começo. E as cosias estão mudando, inegavelmente. É o nosso mundo em movimento. Rola o dedo que printei parte da matéria. Infelizmente não coube tudo aqui. Se alguém quiser na íntegra, deixa o e-mail que envio. 😉 “Engana-se quem enxerga a educação de amanhã como algo high-tech. Parte da transformação, envolve, sim, inovações tecnológicas, mas a principal mudança está na MANEIRA como se instrui. O monólogo em sala de aula abre espaço para tarefas COLABORATIVAS. O ato mecânico de anotar palavras vira SOLUÇÕES para problemas cotidianos.” “ Professor torna-se “mediador” de conteúdo.” Salvem, levem pro banheiro, 😂, reservem um tempo para ler pq que vale, viu? 📚 Estamos em plena mudança. Aceitar, abrir a cabeça e se adaptar é necessário. 😉 Beijos meninas! Ótima noite! 😘
🤣🤣🤣 Quem mais não tá entendendo por aí também? 🙋🏼‍♀️ #VidaDeMae
🤣🤣🤣 Quem mais não tá entendendo por aí também? 🙋🏼‍♀️ #VidaDeMae 
Ontem foi dia de festa na escola!!! Acordaram a 5h30min de ansiedade pra festa, que iniciava de manhã. 🐓😱 Queria “morrer” em pleno na sábado acordando essa hora. 🤣🤣🤣 É que acho que eles ensaiam tanto para o dia, que o coraçãozinho fica a mil. Queridos! Vestido da Martinoca comprei em loja popular, que em SP tem às pencas. O tecido, como diz a Ma, do @blogpetitninos, é tudo menos tecido, totalmente inflamável de tão sintético! Sorte que não pulam fogueira de verdade! 🤣🤣 Pus meia calça de algodão e polaina pq estava frio. Tênis era obrigatório para dança. 🤣 A verdade é que me nego a pagar caro numa coisa que vão usar 1 dia para este propósito! 😅 #mejulguem #prioridades No cabelo, amarrarei tiras de fita mimosa que comprei e dei 1 nozinho em cada tira no elástico. Super barato, deu um super efeito e ela amou! Vicente foi com uma camisa xadrez que minha mãe deu, da @spiritosanto, e que não é de festa junina, vai usar pra sair. Se tivesse que comprar, provavelmente, compraria uma de flanela, de uma qualidade legal, pq gosto de usar pra sair em dias frios, por cima de uma camiseta básica. Fazendo a função de um casaco. Adoro xadrez! E acho transado menino assim. O lenço que ele está usando, comprei de uma “super qualidade”, igual a do vestido, 😅, paguei R$3,00 e certamente, usará ano que vem! 😜 Estavam lindos e felizes, e é isso que importa! O resto, é só o resto, minha gente! Foi um dia animado, dançaram lindamente, brincaram, pescaram, e que tenho certeza que ficará registros fofos na memória! ❤️ Que dia é a festa por aí? Os de vcs gostam de dançar? 
#festajunina #festajunina2018 #VidaDeMae #vidapratica #meudinheironaoécapim #valoraoquetemvalor #aproveitotudo
Ontem foi dia de festa na escola!!! Acordaram a 5h30min de ansiedade pra festa, que iniciava de manhã. 🐓😱 Queria “morrer” em pleno na sábado acordando essa hora. 🤣🤣🤣 É que acho que eles ensaiam tanto para o dia, que o coraçãozinho fica a mil. Queridos! Vestido da Martinoca comprei em loja popular, que em SP tem às pencas. O tecido, como diz a Ma, do @blogpetitninos, é tudo menos tecido, totalmente inflamável de tão sintético! Sorte que não pulam fogueira de verdade! 🤣🤣 Pus meia calça de algodão e polaina pq estava frio. Tênis era obrigatório para dança. 🤣 A verdade é que me nego a pagar caro numa coisa que vão usar 1 dia para este propósito! 😅 #mejulguem  #prioridades  No cabelo, amarrarei tiras de fita mimosa que comprei e dei 1 nozinho em cada tira no elástico. Super barato, deu um super efeito e ela amou! Vicente foi com uma camisa xadrez que minha mãe deu, da @spiritosanto, e que não é de festa junina, vai usar pra sair. Se tivesse que comprar, provavelmente, compraria uma de flanela, de uma qualidade legal, pq gosto de usar pra sair em dias frios, por cima de uma camiseta básica. Fazendo a função de um casaco. Adoro xadrez! E acho transado menino assim. O lenço que ele está usando, comprei de uma “super qualidade”, igual a do vestido, 😅, paguei R$3,00 e certamente, usará ano que vem! 😜 Estavam lindos e felizes, e é isso que importa! O resto, é só o resto, minha gente! Foi um dia animado, dançaram lindamente, brincaram, pescaram, e que tenho certeza que ficará registros fofos na memória! ❤️ Que dia é a festa por aí? Os de vcs gostam de dançar? #festajunina  #festajunina2018  #VidaDeMae  #vidapratica  #meudinheironaoécapim  #valoraoquetemvalor  #aproveitotudo 
Oi meninas!!! Como foi a sexta por aí? Por aqui, tive grupo de estudos com educadoras parentais de SP, e estamos fazendo esses encontros mensais. Tem sido riquíssimo esses mementos, como cresço. 🙌🏻
Pra quem é nova aqui, fiz minha formação como educadora parental, esse ano, em fevereiro, com a Bete Rodrigues, @beteprodrigues, que está na foto a esquerda. Ela é incrível! Pessoa boa, talentosa e com uma experiência absurda em ensino e em DP. 
Para quem desconhece DP, o objetivo da abordagem é ajudar as crianças a desenvolver autodisciplina, responsabilidade, cooperação e habilidades para resolver problemas. 
Busquei a DP porque percebi na prática, dentro da minha casa, que métodos tão comuns em educação, tão enraizados na nossa história, e nada gentis com as crianças, não estavam surtindo efeito nenhum. Funcionava em um dia, e no outro voltava a ser tudo igual. Não me conformava com isso. Comecei a me ver “pequena”, distante dos meus filhos por tanto cobrar, e com uma sensação de pouca autoridade. Por outro lado não queria ser uma “bruxa”, queria ser próxima dos meus filhos. Amável. Que sempre entendessem que poderiam confiar em mim. Ou seja, precisava de equilibro, de uma alternativa diferente do caminho que estava seguindo. Tive uma luz e mudei de rota. Melhor decisão tomada. 
De lá pra cá, muitas mudanças ocorreram, em diversos aspectos da minha vida, para muito melhor. A trajetória tem sido incrível, e colher os frutos do nosso empenho é sensacional. 
Cada dia mais confiante. Avante! 🙏
Agora é curtir a noite com o maridão e filhotes! ❤️
Ótima noite para vcs, meninas! 😘
#disciplinapositiva @maesdetrigo
Oi meninas!!! Como foi a sexta por aí? Por aqui, tive grupo de estudos com educadoras parentais de SP, e estamos fazendo esses encontros mensais. Tem sido riquíssimo esses mementos, como cresço. 🙌🏻 Pra quem é nova aqui, fiz minha formação como educadora parental, esse ano, em fevereiro, com a Bete Rodrigues, @beteprodrigues, que está na foto a esquerda. Ela é incrível! Pessoa boa, talentosa e com uma experiência absurda em ensino e em DP. Para quem desconhece DP, o objetivo da abordagem é ajudar as crianças a desenvolver autodisciplina, responsabilidade, cooperação e habilidades para resolver problemas. Busquei a DP porque percebi na prática, dentro da minha casa, que métodos tão comuns em educação, tão enraizados na nossa história, e nada gentis com as crianças, não estavam surtindo efeito nenhum. Funcionava em um dia, e no outro voltava a ser tudo igual. Não me conformava com isso. Comecei a me ver “pequena”, distante dos meus filhos por tanto cobrar, e com uma sensação de pouca autoridade. Por outro lado não queria ser uma “bruxa”, queria ser próxima dos meus filhos. Amável. Que sempre entendessem que poderiam confiar em mim. Ou seja, precisava de equilibro, de uma alternativa diferente do caminho que estava seguindo. Tive uma luz e mudei de rota. Melhor decisão tomada. De lá pra cá, muitas mudanças ocorreram, em diversos aspectos da minha vida, para muito melhor. A trajetória tem sido incrível, e colher os frutos do nosso empenho é sensacional. Cada dia mais confiante. Avante! 🙏 Agora é curtir a noite com o maridão e filhotes! ❤️ Ótima noite para vcs, meninas! 😘 #disciplinapositiva  @maesdetrigo