an online Instagram web viewer

#educapoint medias

Photos

#Repost @educapoint
• • • • •
Você sabia que a cor da carne 🍖 é o atributo mais importante que influencia o consumidor no momento da compra? O consumidor busca comprar carne com uma aparência mais agradável, que, de forma geral, são as carnes mais claras.

O que determina a cor mais clara ou mais escura da carne é seu pH e, por isso, também dependente do manejo. Animais que passam por mais estresse têm mais dificuldades de ter uma queda adequada no pH.

As carnes oriundas de um animal inteiro são, em geral, mais escuras, enquanto as mais claras, de animais castrados. Isso ocorre porque o animal inteiro é mais susceptível ao estresse pré-abate, de forma que suas reservas de glicogênio reduzem mais facilmente antes do abate. 
Isso acarreta uma glicólise menos intensa, com menor produção de ácido lático e com pouca acidificação da carne, originando carnes denominadas DFD, do inglês dark, firm and dry (escura, firme e seca).Essas carnes podem ser diferenciadas 24 horas após o abate ao apresentar pH acima de 5,8.

Dados mostram que quase metade da carne produzida por animais inteiros foi considerada anormal, ou seja, DFD, já que quase 80% dos abates realizados no Brasil em 2015. Assim, fica claro do impacto de não castrar os animais na produção de carne com pH indesejáveis.

Mas, afinal, o que o alto pH faz na carne que a torna mais escura?

Em carnes com maior pH, há maior retenção de água, com um menor gotejamento. Nesse caso, há uma menor refletância da luz e, portanto, a carne fica com um aspecto mais escurecido. Já carnes com menor pH, perdem mais água pelo gotejamento e refletem mais luz, ficando, dessa forma, com um aspecto mais claro.

Quer saber mais sobre o assunto? Acesse o blog de hoje em www.educapoint.com.br/blog 😉  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
#Repost  @educapoint • • • • • Você sabia que a cor da carne 🍖 é o atributo mais importante que influencia o consumidor no momento da compra? O consumidor busca comprar carne com uma aparência mais agradável, que, de forma geral, são as carnes mais claras. O que determina a cor mais clara ou mais escura da carne é seu pH e, por isso, também dependente do manejo. Animais que passam por mais estresse têm mais dificuldades de ter uma queda adequada no pH. As carnes oriundas de um animal inteiro são, em geral, mais escuras, enquanto as mais claras, de animais castrados. Isso ocorre porque o animal inteiro é mais susceptível ao estresse pré-abate, de forma que suas reservas de glicogênio reduzem mais facilmente antes do abate. Isso acarreta uma glicólise menos intensa, com menor produção de ácido lático e com pouca acidificação da carne, originando carnes denominadas DFD, do inglês dark, firm and dry (escura, firme e seca).Essas carnes podem ser diferenciadas 24 horas após o abate ao apresentar pH acima de 5,8. Dados mostram que quase metade da carne produzida por animais inteiros foi considerada anormal, ou seja, DFD, já que quase 80% dos abates realizados no Brasil em 2015. Assim, fica claro do impacto de não castrar os animais na produção de carne com pH indesejáveis. Mas, afinal, o que o alto pH faz na carne que a torna mais escura? Em carnes com maior pH, há maior retenção de água, com um menor gotejamento. Nesse caso, há uma menor refletância da luz e, portanto, a carne fica com um aspecto mais escurecido. Já carnes com menor pH, perdem mais água pelo gotejamento e refletem mais luz, ficando, dessa forma, com um aspecto mais claro. Quer saber mais sobre o assunto? Acesse o blog de hoje em www.educapoint.com.br/blog 😉 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
En Educa Point estamos especializados en enseñar idiomas de una manera eficaz y rápida. ¡ Prepárate para poder comunicarte en más de medio mundo con cualquiera de nuestros idiomas ! Matrícula gratuita y horario a elegir.

#EducaPoint #Gijón #EnseñamosIdiomas #MejoraTuFuturo #Viaja #Comunícate #MatrículaGratuita #ParkingGratuito #LosFresnos #EstiloDeVida #Idiomas #Inglés #Francés #Japonés #Ruso #Alemán #Español
Você sabe analisar as ferramentas do seu agronegócio para tomadas de decisões?
📈
Como fazer a gestão estratégica da sua fazenda?
📈
O retorno sobre o investimento da sua gestão é impactado diretamente  por suas decisões estratégicas.
💲
Já está disponível um novo curso da Perfarm “Gestão Estratégica: decisões bem-informadas no Agronegócio” que traz os pontos essenciais para a obtenção de retorno sobre o investimento .
📚
Este curso online está disponível na plataforma EducaPoint, fruto de uma parceria inédita da Perfarm com o @educapoint
Para mais informações e acesso ao curso:
www.educapoint.com.br
Você sabe analisar as ferramentas do seu agronegócio para tomadas de decisões? 📈 Como fazer a gestão estratégica da sua fazenda? 📈 O retorno sobre o investimento da sua gestão é impactado diretamente por suas decisões estratégicas. 💲 Já está disponível um novo curso da Perfarm “Gestão Estratégica: decisões bem-informadas no Agronegócio” que traz os pontos essenciais para a obtenção de retorno sobre o investimento . 📚 Este curso online está disponível na plataforma EducaPoint, fruto de uma parceria inédita da Perfarm com o @educapoint Para mais informações e acesso ao curso: www.educapoint.com.br
Quantos litros de leite são necessários para produzir uma tonelada de determinada cultura? 👇

O gráfico mostra a função de litros de leite necessários para cada tonelada de matéria seca produzida. No gráfico, foi considerado um pagamento de R$ 1,10 pelo litro de leite. Embora esse valor possa variar bastante entre regiões, o importante nesse gráfico é comparar as relações de troca entre as diferentes culturas.

O gráfico mostra também que a silagem de capim não é tão barata quanto muitos pensam e divulgam. Isso porque, embora haja uma grande produção de matéria verde por hectare, quando isso é transformado em matéria seca, nota-se que há uma redução em comparação com outras culturas, devido à umidade muito alta dessa cultura.

Assim, ao se calcular o custo da silagem de capim em matéria verde, nota-se que o custo é baixo, mas quando o custo é calculado em matéria seca, a silagem de capim é posicionada como uma opção cara, conforme se observa no gráfico. Nesse caso do gráfico, as vacas precisam produzir 398 litros de leite para pagar uma tonelada de silagem de capim produzida.

Outro ponto importante a se considerar é que, nesse gráfico, considera-se apenas o custo por tonelada de matéria seca, mas também deve-se considerar a concentração de energia por hectare de cada cultura. Nesse aspecto, a silagem de capim também é desvantajosa.

Quer mais informações sobre esse assunto? Acesse nosso blog www.educapoint.com.br/blog 😁  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
Quantos litros de leite são necessários para produzir uma tonelada de determinada cultura? 👇 O gráfico mostra a função de litros de leite necessários para cada tonelada de matéria seca produzida. No gráfico, foi considerado um pagamento de R$ 1,10 pelo litro de leite. Embora esse valor possa variar bastante entre regiões, o importante nesse gráfico é comparar as relações de troca entre as diferentes culturas. O gráfico mostra também que a silagem de capim não é tão barata quanto muitos pensam e divulgam. Isso porque, embora haja uma grande produção de matéria verde por hectare, quando isso é transformado em matéria seca, nota-se que há uma redução em comparação com outras culturas, devido à umidade muito alta dessa cultura. Assim, ao se calcular o custo da silagem de capim em matéria verde, nota-se que o custo é baixo, mas quando o custo é calculado em matéria seca, a silagem de capim é posicionada como uma opção cara, conforme se observa no gráfico. Nesse caso do gráfico, as vacas precisam produzir 398 litros de leite para pagar uma tonelada de silagem de capim produzida. Outro ponto importante a se considerar é que, nesse gráfico, considera-se apenas o custo por tonelada de matéria seca, mas também deve-se considerar a concentração de energia por hectare de cada cultura. Nesse aspecto, a silagem de capim também é desvantajosa. Quer mais informações sobre esse assunto? Acesse nosso blog www.educapoint.com.br/blog 😁 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
En Educa Point estamos especializados en enseñar idiomas de una manera eficaz y rápida. ¡ Prepárate para poder comunicarte en más de medio mundo con cualquiera de nuestros idiomas ! Matrícula gratuita y horario a elegir. #EducaPoint #Gijón #EnseñamosIdiomas #MejoraTuFuturo #Viaja #Comunícate #MatrículaGratuita #ParkingGratuito #LosFresnos
Qual é o retorno sobre investimento na sua gestão? Como estabelecer uma boa gestão em uma propriedade rural?

Para responder a todas essas perguntas, o EducaPoint acaba de lançar o novo curso on-line Gestão Estratégica: decisões bem-informadas no Agronegócio. 
Neste curso, o especialista em finanças e gestão estratégica no agronegócio, Luiz Sodré, aborda de forma prática e didática os passos necessários para melhorar a gestão da propriedade, e utilizar informações obtidas para direcionar a tomada de decisão. 
No curso, o instrutor aborda os conceitos de gestão estratégica, contabilidade gerencial, e finanças com aplicações prática dos conceitos para auxiliar na decisão bem informada, utilizando exemplos que ilustram as diferentes áreas de gestão, como elas interagem entre si, e a importância do alinhamento de objetivos nos setores de produção. 
Além disso, o curso ensina como realizar as boas práticas da gestão, como realizar a coleta de dados de forma correta e eficiente e como analisá-los adequadamente para obtenção de informações sólidas e pautar as informações na tomada de decisão.

Gostaria de participar? Acesse www.educapoint.com.br e assine o site! 😉🐮💜 #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
Qual é o retorno sobre investimento na sua gestão? Como estabelecer uma boa gestão em uma propriedade rural? Para responder a todas essas perguntas, o EducaPoint acaba de lançar o novo curso on-line Gestão Estratégica: decisões bem-informadas no Agronegócio. Neste curso, o especialista em finanças e gestão estratégica no agronegócio, Luiz Sodré, aborda de forma prática e didática os passos necessários para melhorar a gestão da propriedade, e utilizar informações obtidas para direcionar a tomada de decisão. No curso, o instrutor aborda os conceitos de gestão estratégica, contabilidade gerencial, e finanças com aplicações prática dos conceitos para auxiliar na decisão bem informada, utilizando exemplos que ilustram as diferentes áreas de gestão, como elas interagem entre si, e a importância do alinhamento de objetivos nos setores de produção. Além disso, o curso ensina como realizar as boas práticas da gestão, como realizar a coleta de dados de forma correta e eficiente e como analisá-los adequadamente para obtenção de informações sólidas e pautar as informações na tomada de decisão. Gostaria de participar? Acesse www.educapoint.com.br e assine o site! 😉🐮💜 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
A mastite ambiental é causada por bactérias 👾presentes no ambiente da vaca, 🐄 associadas, geralmente, à presença de matéria orgânica, fezes e barro. São três principais grupos:⠀
⠀
1) Streptococcus ambientais⠀
⠀
Este grupo tem origem principalmente no ambiente em que a vaca fica. Essas bactérias geralmente causam casos clínicos ou subclínicos de mastite e a contaminação se caracteriza pela alta contagem de células somáticas (CCS). Essas bactérias podem ter comportamento contagioso, podendo resultar em mastite crônica, de forma que esse animal se torna uma fonte de infecção para outras vacas. ⠀
Não se recomenda o tratamento de casos de mastite subclínica, e sim,  aguardar a secagem para que esses casos sejam tratados. Já os casos de mastite clínica precisam ser tratados.⠀
⠀
2) Coliformes⠀
⠀
Essas bactérias têm como origem a matéria fecal, podendo contaminar a cama, o ambiente, a água e, em contato com o teto, causar mastite. Essas bactérias possuem uma toxina em sua parede celular que causa uma resposta inflamatória aguda na vaca, resultando em casos de mastite moderado ou grave, podendo até levar ao óbito do animal.⠀
⠀
Um ponto interessante sobre a Escherichia coli é a possibilidade de vacinação! A vacina J5 é recomendada em rebanhos que tenham uma alta incidência de mastite causada pela bactéria.⠀
⠀
3) Staphylococcuscoagulase-negativa⠀
⠀
Essas bactérias, em geral, causam menor grau de lesão e de perdas em termos de produção de leite. São agentes muito relacionados ao período pós-parto das vacas, mas com uma resposta menor na CCS.⠀
⠀
Tem-se observado um grande aumento da frequência desses agentes em vários países do mundo, inclusive no Brasil. Não existe ainda uma definição sobre medidas específicas para esse tipo de agente causador de mastite. --⠀
Confira mais informações sobre os agentes causadores da mastite ambiental e tratamentos no blog educapoint.com.br/blog 😉  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
A mastite ambiental é causada por bactérias 👾presentes no ambiente da vaca, 🐄 associadas, geralmente, à presença de matéria orgânica, fezes e barro. São três principais grupos:⠀ ⠀ 1) Streptococcus ambientais⠀ ⠀ Este grupo tem origem principalmente no ambiente em que a vaca fica. Essas bactérias geralmente causam casos clínicos ou subclínicos de mastite e a contaminação se caracteriza pela alta contagem de células somáticas (CCS). Essas bactérias podem ter comportamento contagioso, podendo resultar em mastite crônica, de forma que esse animal se torna uma fonte de infecção para outras vacas. ⠀ Não se recomenda o tratamento de casos de mastite subclínica, e sim, aguardar a secagem para que esses casos sejam tratados. Já os casos de mastite clínica precisam ser tratados.⠀ ⠀ 2) Coliformes⠀ ⠀ Essas bactérias têm como origem a matéria fecal, podendo contaminar a cama, o ambiente, a água e, em contato com o teto, causar mastite. Essas bactérias possuem uma toxina em sua parede celular que causa uma resposta inflamatória aguda na vaca, resultando em casos de mastite moderado ou grave, podendo até levar ao óbito do animal.⠀ ⠀ Um ponto interessante sobre a Escherichia coli é a possibilidade de vacinação! A vacina J5 é recomendada em rebanhos que tenham uma alta incidência de mastite causada pela bactéria.⠀ ⠀ 3) Staphylococcuscoagulase-negativa⠀ ⠀ Essas bactérias, em geral, causam menor grau de lesão e de perdas em termos de produção de leite. São agentes muito relacionados ao período pós-parto das vacas, mas com uma resposta menor na CCS.⠀ ⠀ Tem-se observado um grande aumento da frequência desses agentes em vários países do mundo, inclusive no Brasil. Não existe ainda uma definição sobre medidas específicas para esse tipo de agente causador de mastite. --⠀ Confira mais informações sobre os agentes causadores da mastite ambiental e tratamentos no blog educapoint.com.br/blog 😉 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
A resposta é: falso! 😅⠀
⠀
Isso por que existe um limite no ganho de peso diário que uma novilha deve ter para atingir seu máximo potencial de produção na primeira lactação! Ainda ficou na dúvida? então observe o gráfico na segunda imagem.⠀
⠀
Nota-se no gráfico que animais que tiveram um ganho de peso muito baixo, aquém de 600 gramas, produziram pouco leite ao se tornarem vacas. Houve um ápice ao redor de 800 gramas, sendo esse o motivo de esse valor ser o alvo de ganho de peso recomendável. No entanto, o gráfico mostra que a partir de 800-1000 gramas, houve um decréscimo no desempenho dessas novilhas após se tornarem vacas.⠀
⠀
Qual o significado desse efeito curvilíneo?⠀
⠀
Significa que criar novilhas a taxa de ganho de peso reduzida (abaixo de 800 gramas por dia) reduz a produção de leite na primeira lactação. Por outro lado, submeter as novilhas a taxas de crescimento muito altas (acima de 800 gramas por dia) também reduz a produção de leite futura.⠀
⠀
Dessa forma, no período pré-púbere de uma novilha leiteira, que normalmente se estende do segundo ao décimo mês de vida, criar novilhas a uma taxa de ganho de peso de 800 gramas por dia resultam nas maiores produções de leite na primeira lactação!⠀
⠀
Quer saber mais sobre criação de bezerras e novilhas? Temos muuitos cursos no site www.educapoint.com.br para você! Confira 😉⠀
⠀
 #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
A resposta é: falso! 😅⠀ ⠀ Isso por que existe um limite no ganho de peso diário que uma novilha deve ter para atingir seu máximo potencial de produção na primeira lactação! Ainda ficou na dúvida? então observe o gráfico na segunda imagem.⠀ ⠀ Nota-se no gráfico que animais que tiveram um ganho de peso muito baixo, aquém de 600 gramas, produziram pouco leite ao se tornarem vacas. Houve um ápice ao redor de 800 gramas, sendo esse o motivo de esse valor ser o alvo de ganho de peso recomendável. No entanto, o gráfico mostra que a partir de 800-1000 gramas, houve um decréscimo no desempenho dessas novilhas após se tornarem vacas.⠀ ⠀ Qual o significado desse efeito curvilíneo?⠀ ⠀ Significa que criar novilhas a taxa de ganho de peso reduzida (abaixo de 800 gramas por dia) reduz a produção de leite na primeira lactação. Por outro lado, submeter as novilhas a taxas de crescimento muito altas (acima de 800 gramas por dia) também reduz a produção de leite futura.⠀ ⠀ Dessa forma, no período pré-púbere de uma novilha leiteira, que normalmente se estende do segundo ao décimo mês de vida, criar novilhas a uma taxa de ganho de peso de 800 gramas por dia resultam nas maiores produções de leite na primeira lactação!⠀ ⠀ Quer saber mais sobre criação de bezerras e novilhas? Temos muuitos cursos no site www.educapoint.com.br para você! Confira 😉⠀ ⠀ #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
As informações abaixo fazem parte do curso online "Como controlar a mastite em 3 passos", disponível no EducaPoint! Acesse www.educapoint.com.br e confira nossos cursos 😁👇⠀
⠀
Um estudo feito no Canadá mostrou a redução na produção de leite em vacas com mastite. Como mostra o gráfico da imagem 2, uma vaca de primeira lactação que tenha a média de contagem de células somáticas (CCS) de 500 mil células/ml tem uma estimativa de perda de produção em comparação com as outras vacas do rebanho sob as mesmas condições de alimentação, instalação, genética, de aproximadamente um litro de leite por dia. Quando a CCS chega a 1 milhão, a perda de produção chega a quase dois litros de leite.⠀
⠀
Já as vacas que não são primíparas, o impacto na produção de leite gerado pela CCS de 500 mil células por ml é da ordem de dois litros de leite por dia em comparação com os animais saudáveis. Quando a CCS chega a próximo de 1 milhão, a perda é de quase 3 litros de leite por dia.⠀
⠀
Assim, um rebanho com uma CCS média de 400 mil células por ml, que é a média do Brasil, a estimativa de perda é de aproximadamente 500 litros por lactação por vaca, conforme mostra o gráfico da imagem 2.⠀
⠀
Impacto sobre a qualidade e preço:⠀
⠀
A maioria dos laticínios que compram leite pagam pelo produto com base na qualidade. Assim, considerando um produtor que tenha CCS abaixo de 200 mil células por ml, que recebe a maior bonificação, e produtores acima de 500-600 mil células por ml, que recebem as maiores penalizações, a diferença do preço do leite pode ser de 6 a 7 centavos, o que implica em maior lucratividade ou não do produtor.⠀
⠀
Você também anda tendo perdas e prejuízos devido à mastite? Como anda o controle de sua fazenda? Essas informações fazem parte do curso on-line "Como controlar a mastite em 3 passos", disponível no EducaPoint! Acesse www.educapoint.com.br e confira nossos cursos!⠀ ⠀
#agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
As informações abaixo fazem parte do curso online "Como controlar a mastite em 3 passos", disponível no EducaPoint! Acesse www.educapoint.com.br e confira nossos cursos 😁👇⠀ ⠀ Um estudo feito no Canadá mostrou a redução na produção de leite em vacas com mastite. Como mostra o gráfico da imagem 2, uma vaca de primeira lactação que tenha a média de contagem de células somáticas (CCS) de 500 mil células/ml tem uma estimativa de perda de produção em comparação com as outras vacas do rebanho sob as mesmas condições de alimentação, instalação, genética, de aproximadamente um litro de leite por dia. Quando a CCS chega a 1 milhão, a perda de produção chega a quase dois litros de leite.⠀ ⠀ Já as vacas que não são primíparas, o impacto na produção de leite gerado pela CCS de 500 mil células por ml é da ordem de dois litros de leite por dia em comparação com os animais saudáveis. Quando a CCS chega a próximo de 1 milhão, a perda é de quase 3 litros de leite por dia.⠀ ⠀ Assim, um rebanho com uma CCS média de 400 mil células por ml, que é a média do Brasil, a estimativa de perda é de aproximadamente 500 litros por lactação por vaca, conforme mostra o gráfico da imagem 2.⠀ ⠀ Impacto sobre a qualidade e preço:⠀ ⠀ A maioria dos laticínios que compram leite pagam pelo produto com base na qualidade. Assim, considerando um produtor que tenha CCS abaixo de 200 mil células por ml, que recebe a maior bonificação, e produtores acima de 500-600 mil células por ml, que recebem as maiores penalizações, a diferença do preço do leite pode ser de 6 a 7 centavos, o que implica em maior lucratividade ou não do produtor.⠀ ⠀ Você também anda tendo perdas e prejuízos devido à mastite? Como anda o controle de sua fazenda? Essas informações fazem parte do curso on-line "Como controlar a mastite em 3 passos", disponível no EducaPoint! Acesse www.educapoint.com.br e confira nossos cursos!⠀ ⠀ #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
Você já decidiu qual híbrido de milho vai plantar para a silagem da próxima safra? Você sabia que a escolha do milho correto pode aumentar a produção de leite por vaca em até cinco litros?

A escolha do híbrido de milho é uma importante decisão que pode afetar o manejo e a produtividade da lavoura. Existem diversas opções de híbridos no mercado com características importantes para atender à diferentes demandas.

O híbrido de milho que apresenta o melhor desempenho em uma propriedade pode não ser o melhor para todas. É importante ter conhecimento sobre as características desejáveis e as opções disponíveis no mercado para que possamos selecionar aquele que melhor atende a todos os quesitos.

Mas quais características devo considerar para esta escolha? 
Para responder a essa pergunta e fornecer muitas outras informações sobre híbridos de milho, o EducaPoint acaba de lançar o novo curso online "Híbridos de milho: como escolher a melhor opção para sua propriedade"! Acesse nosso site e confira! www.educapoint.com.br  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
Você já decidiu qual híbrido de milho vai plantar para a silagem da próxima safra? Você sabia que a escolha do milho correto pode aumentar a produção de leite por vaca em até cinco litros? A escolha do híbrido de milho é uma importante decisão que pode afetar o manejo e a produtividade da lavoura. Existem diversas opções de híbridos no mercado com características importantes para atender à diferentes demandas. O híbrido de milho que apresenta o melhor desempenho em uma propriedade pode não ser o melhor para todas. É importante ter conhecimento sobre as características desejáveis e as opções disponíveis no mercado para que possamos selecionar aquele que melhor atende a todos os quesitos. Mas quais características devo considerar para esta escolha? Para responder a essa pergunta e fornecer muitas outras informações sobre híbridos de milho, o EducaPoint acaba de lançar o novo curso online "Híbridos de milho: como escolher a melhor opção para sua propriedade"! Acesse nosso site e confira! www.educapoint.com.br #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
Comentem aí, galera! Quais as maiores dúvidas de vocês na Fazenda? 😁 🐮 Queremos saber qual conteúdo vocês gostariam de ver aqui! 
#agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
APROVEITE O MÊS DA ⚫BLACK FRIDAY⚫ e adquira acesso aos melhores cursos online para a PECUÁRIA 🐮🐃🥛🍖 no EducaPoint - Clique em "Saiba mais" #blackfriday  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
#Repost @educapoint
• • • • •
A hipocalcemia é uma doença muito comum nas vacas recém-paridas. Embora a incidência de hipocalcemia clínica seja baixa nos rebanhos, a incidência de hipocalcemia subclínica é bastante alta, chegando muitas vezes a superar 50% das vacas recém-paridas! 🐮

Dentre os fatores de risco, está o excesso dos cátions Na+ e K+ na dieta dos animais, além de produção de leite, número de lactações e raça do animal. 
Com relação especificamente à dieta, um dos manejos nutricionais utilizados para prevenir a hipocalcemia é o uso de uma dieta aniônica. 
O uso de sais aniônicos é recomendado como prevenção à hipocalcemia em vacas, por melhorar a reabsorção óssea de cálcio e previnir a queda da concentração de cálcio no plasma. Importante ressaltar que estes efeitos não são observados em novilhas!

É possível fornecer sais aniônicos aos animais por um longo período?

Um estudo feito na Universidade de Minnesota, com 60 vacas com três dietas distintas: 
1) Controle (dieta catiônica nos últimos 42 dias pré-parto);
2) Dieta aniônica tradicional (de 42 dias a 21 dias pré-parto dieta catiônica e de 21 dias pré-parto até o parto uma dieta aniônica);
3) Dieta aniônica (nos 42 dias pré-parto). A ideia era descobrir se fornecer uma dieta aniônica por muito tempo tinha um efeito negativo para as vacas. A primeira coisa observada é que a ingestão de matéria seca no pós-parto tendeu a ser maior entre os animais da dieta aniônica tradicional.

Já a produção de leite foi maior nas primeiras oito semanas pós-parto nos animais que receberam dietas aniônicas. 
O estudo concluiu que fornecer uma dieta aniônica por 42 dias é melhor do que não fornecer uma dieta aniônica. Contudo, o fornecimento por 21 dias seria a melhor opção, devido ao custo extra acarretado no tratamento 3, de acordo com esse estudo.

Gostou do tema? Confira mais informações sobre o tema em www.educapoint.com.br/blog/ 😉  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
#Repost  @educapoint • • • • • A hipocalcemia é uma doença muito comum nas vacas recém-paridas. Embora a incidência de hipocalcemia clínica seja baixa nos rebanhos, a incidência de hipocalcemia subclínica é bastante alta, chegando muitas vezes a superar 50% das vacas recém-paridas! 🐮 Dentre os fatores de risco, está o excesso dos cátions Na+ e K+ na dieta dos animais, além de produção de leite, número de lactações e raça do animal. Com relação especificamente à dieta, um dos manejos nutricionais utilizados para prevenir a hipocalcemia é o uso de uma dieta aniônica. O uso de sais aniônicos é recomendado como prevenção à hipocalcemia em vacas, por melhorar a reabsorção óssea de cálcio e previnir a queda da concentração de cálcio no plasma. Importante ressaltar que estes efeitos não são observados em novilhas! É possível fornecer sais aniônicos aos animais por um longo período? Um estudo feito na Universidade de Minnesota, com 60 vacas com três dietas distintas: 1) Controle (dieta catiônica nos últimos 42 dias pré-parto); 2) Dieta aniônica tradicional (de 42 dias a 21 dias pré-parto dieta catiônica e de 21 dias pré-parto até o parto uma dieta aniônica); 3) Dieta aniônica (nos 42 dias pré-parto). A ideia era descobrir se fornecer uma dieta aniônica por muito tempo tinha um efeito negativo para as vacas. A primeira coisa observada é que a ingestão de matéria seca no pós-parto tendeu a ser maior entre os animais da dieta aniônica tradicional. Já a produção de leite foi maior nas primeiras oito semanas pós-parto nos animais que receberam dietas aniônicas. O estudo concluiu que fornecer uma dieta aniônica por 42 dias é melhor do que não fornecer uma dieta aniônica. Contudo, o fornecimento por 21 dias seria a melhor opção, devido ao custo extra acarretado no tratamento 3, de acordo com esse estudo. Gostou do tema? Confira mais informações sobre o tema em www.educapoint.com.br/blog/ 😉 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
A hipocalcemia é uma doença muito comum nas vacas recém-paridas. Embora a incidência de hipocalcemia clínica seja baixa nos rebanhos, a incidência de hipocalcemia subclínica é bastante alta, chegando muitas vezes a superar 50% das vacas recém-paridas! 🐮

Dentre os fatores de risco, está o excesso dos cátions Na+ e K+ na dieta dos animais, além de produção de leite, número de lactações e raça do animal. 
Com relação especificamente à dieta, um dos manejos nutricionais utilizados para prevenir a hipocalcemia é o uso de uma dieta aniônica. 
O uso de sais aniônicos é recomendado como prevenção à hipocalcemia em vacas, por melhorar a reabsorção óssea de cálcio e previnir a queda da concentração de cálcio no plasma. Importante ressaltar que estes efeitos não são observados em novilhas!

É possível fornecer sais aniônicos aos animais por um longo período?

Um estudo feito na Universidade de Minnesota, com 60 vacas com três dietas distintas: 
1) Controle (dieta catiônica nos últimos 42 dias pré-parto);
2) Dieta aniônica tradicional (de 42 dias a 21 dias pré-parto dieta catiônica e de 21 dias pré-parto até o parto uma dieta aniônica);
3) Dieta aniônica (nos 42 dias pré-parto). A ideia era descobrir se fornecer uma dieta aniônica por muito tempo tinha um efeito negativo para as vacas. A primeira coisa observada é que a ingestão de matéria seca no pós-parto tendeu a ser maior entre os animais da dieta aniônica tradicional.

Já a produção de leite foi maior nas primeiras oito semanas pós-parto nos animais que receberam dietas aniônicas. 
O estudo concluiu que fornecer uma dieta aniônica por 42 dias é melhor do que não fornecer uma dieta aniônica. Contudo, o fornecimento por 21 dias seria a melhor opção, devido ao custo extra acarretado no tratamento 3, de acordo com esse estudo.

Gostou do tema? Confira mais informações sobre o tema em www.educapoint.com.br/blog/ 😉  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
A hipocalcemia é uma doença muito comum nas vacas recém-paridas. Embora a incidência de hipocalcemia clínica seja baixa nos rebanhos, a incidência de hipocalcemia subclínica é bastante alta, chegando muitas vezes a superar 50% das vacas recém-paridas! 🐮 Dentre os fatores de risco, está o excesso dos cátions Na+ e K+ na dieta dos animais, além de produção de leite, número de lactações e raça do animal. Com relação especificamente à dieta, um dos manejos nutricionais utilizados para prevenir a hipocalcemia é o uso de uma dieta aniônica. O uso de sais aniônicos é recomendado como prevenção à hipocalcemia em vacas, por melhorar a reabsorção óssea de cálcio e previnir a queda da concentração de cálcio no plasma. Importante ressaltar que estes efeitos não são observados em novilhas! É possível fornecer sais aniônicos aos animais por um longo período? Um estudo feito na Universidade de Minnesota, com 60 vacas com três dietas distintas: 1) Controle (dieta catiônica nos últimos 42 dias pré-parto); 2) Dieta aniônica tradicional (de 42 dias a 21 dias pré-parto dieta catiônica e de 21 dias pré-parto até o parto uma dieta aniônica); 3) Dieta aniônica (nos 42 dias pré-parto). A ideia era descobrir se fornecer uma dieta aniônica por muito tempo tinha um efeito negativo para as vacas. A primeira coisa observada é que a ingestão de matéria seca no pós-parto tendeu a ser maior entre os animais da dieta aniônica tradicional. Já a produção de leite foi maior nas primeiras oito semanas pós-parto nos animais que receberam dietas aniônicas. O estudo concluiu que fornecer uma dieta aniônica por 42 dias é melhor do que não fornecer uma dieta aniônica. Contudo, o fornecimento por 21 dias seria a melhor opção, devido ao custo extra acarretado no tratamento 3, de acordo com esse estudo. Gostou do tema? Confira mais informações sobre o tema em www.educapoint.com.br/blog/ 😉 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
A única forma de se identificar com precisão qual o agente causador de diarreia em um bezerreiro é colhendo amostras de fezes dos animais infectados e enviando esse material para análise laboratorial. Confira como é feita a coleta:⠀
⠀
1 - Utilizando-se um "Swab" acompanhado de um tubo com meio de cultura Stuart, colhe-se o material para ser encaminhado para pesquisa de Escherichia coli enterotoxigênicas ou shiga-like. Essa amostra se mantém viável por meses, desde que seja guardada sob refrigeração.⠀
⠀
2 - Utilizando-se um "Swab" acompanhado de um tubo com meio de cultura chamado tetrationato, muito importante no caso de suspeita de Salmonella, colhe-se o material que será encaminhado para pesquisa de Salmonella. Devido à maior sensibilidade da Salmonella, essa amostra precisa ser enviada e processada de forma imediata após a colheita.⠀
⠀
Confira como colher o material com o Swab nas imagens 1, 2, 3 e 4.⠀
⠀
3 - Utilizando 3 potes para coleta, deve-se estimular a região retal da bezerra, para que ela defeque e as fezes sejam coletadas para pesquisa de outros agentes etiológicos. Como mostram as imagens 5 e 6.⠀
⠀
O primeiro copo coletor será utilizado para identificação de Cryptosporidium. Essa amostra pode ser conservada sob refrigeração por até 7 dias, sendo inviabilizadas após esse período.⠀
⠀
O segundo copo é utilizado para identificação de agentes virais (rotavírus e coronavírus). Essa amostra precisa ser congelada até o envio ao laboratório.⠀
⠀
O terceiro copo é encaminhado para identificação de eimeriose e helmintos, responsáveis pelas verminoses nos bezerros. Essa amostra deve ser refrigerada e deve ser processada no laboratório em até dois dias após a colheita.⠀
⠀
Confira mais informações no site www.educapoint.com.br  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
A única forma de se identificar com precisão qual o agente causador de diarreia em um bezerreiro é colhendo amostras de fezes dos animais infectados e enviando esse material para análise laboratorial. Confira como é feita a coleta:⠀ ⠀ 1 - Utilizando-se um "Swab" acompanhado de um tubo com meio de cultura Stuart, colhe-se o material para ser encaminhado para pesquisa de Escherichia coli enterotoxigênicas ou shiga-like. Essa amostra se mantém viável por meses, desde que seja guardada sob refrigeração.⠀ ⠀ 2 - Utilizando-se um "Swab" acompanhado de um tubo com meio de cultura chamado tetrationato, muito importante no caso de suspeita de Salmonella, colhe-se o material que será encaminhado para pesquisa de Salmonella. Devido à maior sensibilidade da Salmonella, essa amostra precisa ser enviada e processada de forma imediata após a colheita.⠀ ⠀ Confira como colher o material com o Swab nas imagens 1, 2, 3 e 4.⠀ ⠀ 3 - Utilizando 3 potes para coleta, deve-se estimular a região retal da bezerra, para que ela defeque e as fezes sejam coletadas para pesquisa de outros agentes etiológicos. Como mostram as imagens 5 e 6.⠀ ⠀ O primeiro copo coletor será utilizado para identificação de Cryptosporidium. Essa amostra pode ser conservada sob refrigeração por até 7 dias, sendo inviabilizadas após esse período.⠀ ⠀ O segundo copo é utilizado para identificação de agentes virais (rotavírus e coronavírus). Essa amostra precisa ser congelada até o envio ao laboratório.⠀ ⠀ O terceiro copo é encaminhado para identificação de eimeriose e helmintos, responsáveis pelas verminoses nos bezerros. Essa amostra deve ser refrigerada e deve ser processada no laboratório em até dois dias após a colheita.⠀ ⠀ Confira mais informações no site www.educapoint.com.br #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
Em parceiria com a EducaPoint, estaremos disponibilizando acessos na plataforma online de cursos, para que você conheça as diferenças e vantagens em usar as Dietas Totais. Para conseguir seu acesso basta curtir a publicação em nossas redes sociais, fazer um comentário com seu nome e email, e marcar três amigos. Os acessos são limitados e estarão disponíveis durante 30 dias. 
#cursos #dietas #parceiria #educapoint #horse #gadodeleite #gado #cursos #online #nobre #nutricao #animal
Em parceiria com a EducaPoint, estaremos disponibilizando acessos na plataforma online de cursos, para que você conheça as diferenças e vantagens em usar as Dietas Totais. Para conseguir seu acesso basta curtir a publicação em nossas redes sociais, fazer um comentário com seu nome e email, e marcar três amigos. Os acessos são limitados e estarão disponíveis durante 30 dias. #cursos  #dietas  #parceiria  #educapoint  #horse  #gadodeleite  #gado  #cursos  #online  #nobre  #nutricao  #animal 
#Repost @mvangelyusta (@get_repost)
・・・
#Repost @educapoint with @get_repost
・・・
⠀
As perdas de gestação configuram um problema importante nos rebanhos bovinos, podendo comprometer a eficiência reprodutiva e a lucratividade do sistema de produção. 💰⠀
⠀
Diversos fatores podem ser responsáveis pelas perdas de gestação, entre eles: alterações hormonais, fatores imunológicos, genéticos ou nutricionais, doenças infecciosas, estresse calórico, alta produção de leite, entre outros.⠀
⠀
Mas como prevenir as perdas?⠀
⠀
1) Vacinações contra doenças infecciosas⠀
⠀
As vacinações mais importantes para se evitar perdas gestacionais são: Brucelose, IBR/BVD e Leptospirose⠀
⠀
2) Diminuição de fatores estressantes⠀
⠀
Outra forma de prevenir as perdas na gestação é garantir o conforto térmico dos animais, visando amenizar os efeitos do estresse calórico. Isso pode ser feito através de sombreamento, ventiladores, aspersores, nebulizadores.⠀
⠀
3) Adoção de estratégias de biotécnicas reprodutivas⠀
⠀
Adoção da inseminação artificial nos rebanhos somente nos períodos mais frescos do ano e a transferência de embrião em períodos mais quentes do ano - estratégia chamada de “embrioterapia” de verão.⠀
⠀
Outras medidas de prevenção e controle:⠀
⠀
- Escolha do sêmen: para facilidade de parto, principalmente para novilhas⠀
⠀
- Evitar consanguinidade: troca de macho a cada 4 anos⠀
⠀
- Fazer exames andrológicos periódicos rotineiramente e exames para doenças reprodutivas (para evitar que o touro passe doenças para as fêmeas)⠀
⠀
- Cuidados com os animais que entram no rebanho, para evitar a entrada de doenças⠀
⠀
- Dietas balanceadas e controle do escore de condição corporal (ECC) no periparto (redução do período de balanço energético negativo)⠀
⠀
- Cuidados com o armazenamento dos alimentos, que podem ser fonte de contaminação do rebanho por meio de toxinas⠀
⠀
- Água à vontade e de boa qualidade⠀
⠀
Está difícil controlar as perdas de gestação? Acesse educapoint.com.br/blog e confira o texto completo. 😉⠀
⠀
⠀
 #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
#Repost  @mvangelyusta (@get_repost) ・・・ #Repost  @educapoint with @get_repost ・・・ ⠀ As perdas de gestação configuram um problema importante nos rebanhos bovinos, podendo comprometer a eficiência reprodutiva e a lucratividade do sistema de produção. 💰⠀ ⠀ Diversos fatores podem ser responsáveis pelas perdas de gestação, entre eles: alterações hormonais, fatores imunológicos, genéticos ou nutricionais, doenças infecciosas, estresse calórico, alta produção de leite, entre outros.⠀ ⠀ Mas como prevenir as perdas?⠀ ⠀ 1) Vacinações contra doenças infecciosas⠀ ⠀ As vacinações mais importantes para se evitar perdas gestacionais são: Brucelose, IBR/BVD e Leptospirose⠀ ⠀ 2) Diminuição de fatores estressantes⠀ ⠀ Outra forma de prevenir as perdas na gestação é garantir o conforto térmico dos animais, visando amenizar os efeitos do estresse calórico. Isso pode ser feito através de sombreamento, ventiladores, aspersores, nebulizadores.⠀ ⠀ 3) Adoção de estratégias de biotécnicas reprodutivas⠀ ⠀ Adoção da inseminação artificial nos rebanhos somente nos períodos mais frescos do ano e a transferência de embrião em períodos mais quentes do ano - estratégia chamada de “embrioterapia” de verão.⠀ ⠀ Outras medidas de prevenção e controle:⠀ ⠀ - Escolha do sêmen: para facilidade de parto, principalmente para novilhas⠀ ⠀ - Evitar consanguinidade: troca de macho a cada 4 anos⠀ ⠀ - Fazer exames andrológicos periódicos rotineiramente e exames para doenças reprodutivas (para evitar que o touro passe doenças para as fêmeas)⠀ ⠀ - Cuidados com os animais que entram no rebanho, para evitar a entrada de doenças⠀ ⠀ - Dietas balanceadas e controle do escore de condição corporal (ECC) no periparto (redução do período de balanço energético negativo)⠀ ⠀ - Cuidados com o armazenamento dos alimentos, que podem ser fonte de contaminação do rebanho por meio de toxinas⠀ ⠀ - Água à vontade e de boa qualidade⠀ ⠀ Está difícil controlar as perdas de gestação? Acesse educapoint.com.br/blog e confira o texto completo. 😉⠀ ⠀ ⠀ #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
#Repost @educapoint with @get_repost
・・・
⠀
As perdas de gestação configuram um problema importante nos rebanhos bovinos, podendo comprometer a eficiência reprodutiva e a lucratividade do sistema de produção. 💰⠀
⠀
Diversos fatores podem ser responsáveis pelas perdas de gestação, entre eles: alterações hormonais, fatores imunológicos, genéticos ou nutricionais, doenças infecciosas, estresse calórico, alta produção de leite, entre outros.⠀
⠀
Mas como prevenir as perdas?⠀
⠀
1) Vacinações contra doenças infecciosas⠀
⠀
As vacinações mais importantes para se evitar perdas gestacionais são: Brucelose, IBR/BVD e Leptospirose⠀
⠀
2) Diminuição de fatores estressantes⠀
⠀
Outra forma de prevenir as perdas na gestação é garantir o conforto térmico dos animais, visando amenizar os efeitos do estresse calórico. Isso pode ser feito através de sombreamento, ventiladores, aspersores, nebulizadores.⠀
⠀
3) Adoção de estratégias de biotécnicas reprodutivas⠀
⠀
Adoção da inseminação artificial nos rebanhos somente nos períodos mais frescos do ano e a transferência de embrião em períodos mais quentes do ano - estratégia chamada de “embrioterapia” de verão.⠀
⠀
Outras medidas de prevenção e controle:⠀
⠀
- Escolha do sêmen: para facilidade de parto, principalmente para novilhas⠀
⠀
- Evitar consanguinidade: troca de macho a cada 4 anos⠀
⠀
- Fazer exames andrológicos periódicos rotineiramente e exames para doenças reprodutivas (para evitar que o touro passe doenças para as fêmeas)⠀
⠀
- Cuidados com os animais que entram no rebanho, para evitar a entrada de doenças⠀
⠀
- Dietas balanceadas e controle do escore de condição corporal (ECC) no periparto (redução do período de balanço energético negativo)⠀
⠀
- Cuidados com o armazenamento dos alimentos, que podem ser fonte de contaminação do rebanho por meio de toxinas⠀
⠀
- Água à vontade e de boa qualidade⠀
⠀
Está difícil controlar as perdas de gestação? Acesse educapoint.com.br/blog e confira o texto completo. 😉⠀
⠀
⠀
 #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
#Repost  @educapoint with @get_repost ・・・ ⠀ As perdas de gestação configuram um problema importante nos rebanhos bovinos, podendo comprometer a eficiência reprodutiva e a lucratividade do sistema de produção. 💰⠀ ⠀ Diversos fatores podem ser responsáveis pelas perdas de gestação, entre eles: alterações hormonais, fatores imunológicos, genéticos ou nutricionais, doenças infecciosas, estresse calórico, alta produção de leite, entre outros.⠀ ⠀ Mas como prevenir as perdas?⠀ ⠀ 1) Vacinações contra doenças infecciosas⠀ ⠀ As vacinações mais importantes para se evitar perdas gestacionais são: Brucelose, IBR/BVD e Leptospirose⠀ ⠀ 2) Diminuição de fatores estressantes⠀ ⠀ Outra forma de prevenir as perdas na gestação é garantir o conforto térmico dos animais, visando amenizar os efeitos do estresse calórico. Isso pode ser feito através de sombreamento, ventiladores, aspersores, nebulizadores.⠀ ⠀ 3) Adoção de estratégias de biotécnicas reprodutivas⠀ ⠀ Adoção da inseminação artificial nos rebanhos somente nos períodos mais frescos do ano e a transferência de embrião em períodos mais quentes do ano - estratégia chamada de “embrioterapia” de verão.⠀ ⠀ Outras medidas de prevenção e controle:⠀ ⠀ - Escolha do sêmen: para facilidade de parto, principalmente para novilhas⠀ ⠀ - Evitar consanguinidade: troca de macho a cada 4 anos⠀ ⠀ - Fazer exames andrológicos periódicos rotineiramente e exames para doenças reprodutivas (para evitar que o touro passe doenças para as fêmeas)⠀ ⠀ - Cuidados com os animais que entram no rebanho, para evitar a entrada de doenças⠀ ⠀ - Dietas balanceadas e controle do escore de condição corporal (ECC) no periparto (redução do período de balanço energético negativo)⠀ ⠀ - Cuidados com o armazenamento dos alimentos, que podem ser fonte de contaminação do rebanho por meio de toxinas⠀ ⠀ - Água à vontade e de boa qualidade⠀ ⠀ Está difícil controlar as perdas de gestação? Acesse educapoint.com.br/blog e confira o texto completo. 😉⠀ ⠀ ⠀ #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
⠀
As perdas de gestação configuram um problema importante nos rebanhos bovinos, podendo comprometer a eficiência reprodutiva e a lucratividade do sistema de produção. 💰⠀
⠀
Diversos fatores podem ser responsáveis pelas perdas de gestação, entre eles: alterações hormonais, fatores imunológicos, genéticos ou nutricionais, doenças infecciosas, estresse calórico, alta produção de leite, entre outros.⠀
⠀
Mas como prevenir as perdas?⠀
⠀
1) Vacinações contra doenças infecciosas⠀
⠀
As vacinações mais importantes para se evitar perdas gestacionais são: Brucelose, IBR/BVD e Leptospirose⠀
⠀
2) Diminuição de fatores estressantes⠀
⠀
Outra forma de prevenir as perdas na gestação é garantir o conforto térmico dos animais, visando amenizar os efeitos do estresse calórico. Isso pode ser feito através de sombreamento, ventiladores, aspersores, nebulizadores.⠀
⠀
3) Adoção de estratégias de biotécnicas reprodutivas⠀
⠀
Adoção da inseminação artificial nos rebanhos somente nos períodos mais frescos do ano e a transferência de embrião em períodos mais quentes do ano - estratégia chamada de “embrioterapia” de verão.⠀
⠀
Outras medidas de prevenção e controle:⠀
⠀
- Escolha do sêmen: para facilidade de parto, principalmente para novilhas⠀
⠀
- Evitar consanguinidade: troca de macho a cada 4 anos⠀
⠀
- Fazer exames andrológicos periódicos rotineiramente e exames para doenças reprodutivas (para evitar que o touro passe doenças para as fêmeas)⠀
⠀
- Cuidados com os animais que entram no rebanho, para evitar a entrada de doenças⠀
⠀
- Dietas balanceadas e controle do escore de condição corporal (ECC) no periparto (redução do período de balanço energético negativo)⠀
⠀
- Cuidados com o armazenamento dos alimentos, que podem ser fonte de contaminação do rebanho por meio de toxinas⠀
⠀
- Água à vontade e de boa qualidade⠀
⠀
Está difícil controlar as perdas de gestação? Acesse educapoint.com.br/blog e confira o texto completo. 😉⠀
⠀
⠀
 #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
⠀ As perdas de gestação configuram um problema importante nos rebanhos bovinos, podendo comprometer a eficiência reprodutiva e a lucratividade do sistema de produção. 💰⠀ ⠀ Diversos fatores podem ser responsáveis pelas perdas de gestação, entre eles: alterações hormonais, fatores imunológicos, genéticos ou nutricionais, doenças infecciosas, estresse calórico, alta produção de leite, entre outros.⠀ ⠀ Mas como prevenir as perdas?⠀ ⠀ 1) Vacinações contra doenças infecciosas⠀ ⠀ As vacinações mais importantes para se evitar perdas gestacionais são: Brucelose, IBR/BVD e Leptospirose⠀ ⠀ 2) Diminuição de fatores estressantes⠀ ⠀ Outra forma de prevenir as perdas na gestação é garantir o conforto térmico dos animais, visando amenizar os efeitos do estresse calórico. Isso pode ser feito através de sombreamento, ventiladores, aspersores, nebulizadores.⠀ ⠀ 3) Adoção de estratégias de biotécnicas reprodutivas⠀ ⠀ Adoção da inseminação artificial nos rebanhos somente nos períodos mais frescos do ano e a transferência de embrião em períodos mais quentes do ano - estratégia chamada de “embrioterapia” de verão.⠀ ⠀ Outras medidas de prevenção e controle:⠀ ⠀ - Escolha do sêmen: para facilidade de parto, principalmente para novilhas⠀ ⠀ - Evitar consanguinidade: troca de macho a cada 4 anos⠀ ⠀ - Fazer exames andrológicos periódicos rotineiramente e exames para doenças reprodutivas (para evitar que o touro passe doenças para as fêmeas)⠀ ⠀ - Cuidados com os animais que entram no rebanho, para evitar a entrada de doenças⠀ ⠀ - Dietas balanceadas e controle do escore de condição corporal (ECC) no periparto (redução do período de balanço energético negativo)⠀ ⠀ - Cuidados com o armazenamento dos alimentos, que podem ser fonte de contaminação do rebanho por meio de toxinas⠀ ⠀ - Água à vontade e de boa qualidade⠀ ⠀ Está difícil controlar as perdas de gestação? Acesse educapoint.com.br/blog e confira o texto completo. 😉⠀ ⠀ ⠀ #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
Tem vontade de fazer um dos cursos acima COM 50% DE DESCONTO e alavancar seu conhecimento? 
Com a parceria Gerfam +educapoint você pode. ✔O GERFAM acaba de fechar mais uma parceria em prol do ensino e da agropecuária . Dessa vez o grupo se junta a Rede Educapoint, portal com mais de 120 cursos de capacitação que trabalha no aprimoramento do seu conhecimento.
.
.
➡Com essa parceria, basta entrar no link abaixo:
.
.  http://www.educapoint.com.br/programa-universidades/ .

E selecionar o GERFAM. Fácil ne ?
.
.
ACESSE O SITE DO EDUCAPOINT E VEJAM TODOS OS CURSOS DISPONIVEIS. 
Não perde essa oportunidade. 
#educapoint #parceiroGERFAM
Tem vontade de fazer um dos cursos acima COM 50% DE DESCONTO e alavancar seu conhecimento? Com a parceria Gerfam +educapoint você pode. ✔O GERFAM acaba de fechar mais uma parceria em prol do ensino e da agropecuária . Dessa vez o grupo se junta a Rede Educapoint, portal com mais de 120 cursos de capacitação que trabalha no aprimoramento do seu conhecimento. . . ➡Com essa parceria, basta entrar no link abaixo: . . http://www.educapoint.com.br/programa-universidades/ . E selecionar o GERFAM. Fácil ne ? . . ACESSE O SITE DO EDUCAPOINT E VEJAM TODOS OS CURSOS DISPONIVEIS. Não perde essa oportunidade. #educapoint  #parceiroGERFAM 
⚠ O mês mais esperado do ano chegou! ⚠ Aproveite a Black Friday do EducaPoint e adquira seu acesso aos mais de 120 cursos da plataforma com um desconto exclusivo! 😱 Corra para o site www.educapoint.com.br  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
O tema sucessão é, muitas vezes, tratado como um tabu dentro de negócios familiares, já que, pensar na ausência do antecessor remete as pessoas a uma situação desconfortável e, assim, considera-se esse evento distante da realidade. 
Por conta disso, muitas famílias não se preparam para esse momento, e são pegas de surpresa. 🙁

Os conflitos internos são uma grande ameaça para as empresas familiares. Confira abaixo alguns casos que geram conflito e evite em seu negócio: 👇

1) Falta de credibilidade aos filhos

2) Imposições dos pais

3) Intromissão excessiva do pai na gestão do dia-a-dia -- E quais são as principais causas do fracasso familiar?

Apesar de muitos alegarem que o fracasso ocorre devido à falta de tecnologia, descapitalização, e até endividamento. No entanto, 60% dos problemas se dá pelo rompimento da comunicação e de perda da confiança entre as famílias.

Além disso, 25% dos problemas ocorrem pela preparação inadequada de seus sucessores e/ou herdeiros e somente 15% por razões técnicas ou conjunturais.
Quer saber mais sobre o tema? Confira o psot completo e todas as informações no blog do EducaPoint: educapoint.com.br/blog 😉  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
O tema sucessão é, muitas vezes, tratado como um tabu dentro de negócios familiares, já que, pensar na ausência do antecessor remete as pessoas a uma situação desconfortável e, assim, considera-se esse evento distante da realidade. Por conta disso, muitas famílias não se preparam para esse momento, e são pegas de surpresa. 🙁 Os conflitos internos são uma grande ameaça para as empresas familiares. Confira abaixo alguns casos que geram conflito e evite em seu negócio: 👇 1) Falta de credibilidade aos filhos 2) Imposições dos pais 3) Intromissão excessiva do pai na gestão do dia-a-dia -- E quais são as principais causas do fracasso familiar? Apesar de muitos alegarem que o fracasso ocorre devido à falta de tecnologia, descapitalização, e até endividamento. No entanto, 60% dos problemas se dá pelo rompimento da comunicação e de perda da confiança entre as famílias. Além disso, 25% dos problemas ocorrem pela preparação inadequada de seus sucessores e/ou herdeiros e somente 15% por razões técnicas ou conjunturais. Quer saber mais sobre o tema? Confira o psot completo e todas as informações no blog do EducaPoint: educapoint.com.br/blog 😉 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
O 5S é a base para implantação de um sistema de gestão da qualidade. No entanto, existem alguns erros bastante comuns na implantação desse sistema. Evite os erros abaixo: 👇

1) Falta de entendimento dos conceitos
Caso a essência de cada S não seja perfeitamente compreendida, a implantação do sistema será comprometida.

2) Metodologia de implantação
O sistema 5S está relacionado a mudanças de hábitos, adoção de novos costumes, mudanças de percepção de comportamentos do dia a dia. Assim, não pode ser feito em apenas um dia.

3) Falta de promoção contínua do 5S como um programa
Um erro comum é achar que, após o período de implantação, não haverá mais necessidade de nenhum esforço. No entanto, o 5S precisa de uma promoção contínua!

4) O plano limita-se apenas ao dia do lançamento 
O dia do lançamento do programa é importante para mostrar quais as etapas a todos da fazenda, mas não se pode focar apenas nisso.

5) Pensar que o 5S é somente para o trabalho
A mudança de hábito instaurada pelo programa 5S deve ser levada ao dia a dia como um todo.

6) Falta de sintonia com a estratégia da fazenda
A estratégia da fazenda precisa estar associada com a implantação do programa. Tudo acontece em conjunto, uma vez que o 5S não é um programa paralelo, mas sim, faz parte do dia a dia de todos da fazenda.

7) Fazer o 5S para os outros
O 5S tem um lado estético, pois após sua implantação, o ambiente fica visivelmente mais agradável e bonito. Algumas propriedades acabam, até mesmo, mudando a aparência da fazenda para melhor. Isso é muito bom, mas devemos tomar cuidado para não se fazer o 5S apenas para mostrar para os outros.

8) Ter pressa na execução
Novamente, há a necessidade de tempo para que o 5S seja implantado. Não será imaplantado totalmente da noite para o dia.

Confira o artigo completo no blog: www.educapoint.com.br/blog 😉
 #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
O 5S é a base para implantação de um sistema de gestão da qualidade. No entanto, existem alguns erros bastante comuns na implantação desse sistema. Evite os erros abaixo: 👇 1) Falta de entendimento dos conceitos Caso a essência de cada S não seja perfeitamente compreendida, a implantação do sistema será comprometida. 2) Metodologia de implantação O sistema 5S está relacionado a mudanças de hábitos, adoção de novos costumes, mudanças de percepção de comportamentos do dia a dia. Assim, não pode ser feito em apenas um dia. 3) Falta de promoção contínua do 5S como um programa Um erro comum é achar que, após o período de implantação, não haverá mais necessidade de nenhum esforço. No entanto, o 5S precisa de uma promoção contínua! 4) O plano limita-se apenas ao dia do lançamento O dia do lançamento do programa é importante para mostrar quais as etapas a todos da fazenda, mas não se pode focar apenas nisso. 5) Pensar que o 5S é somente para o trabalho A mudança de hábito instaurada pelo programa 5S deve ser levada ao dia a dia como um todo. 6) Falta de sintonia com a estratégia da fazenda A estratégia da fazenda precisa estar associada com a implantação do programa. Tudo acontece em conjunto, uma vez que o 5S não é um programa paralelo, mas sim, faz parte do dia a dia de todos da fazenda. 7) Fazer o 5S para os outros O 5S tem um lado estético, pois após sua implantação, o ambiente fica visivelmente mais agradável e bonito. Algumas propriedades acabam, até mesmo, mudando a aparência da fazenda para melhor. Isso é muito bom, mas devemos tomar cuidado para não se fazer o 5S apenas para mostrar para os outros. 8) Ter pressa na execução Novamente, há a necessidade de tempo para que o 5S seja implantado. Não será imaplantado totalmente da noite para o dia. Confira o artigo completo no blog: www.educapoint.com.br/blog 😉 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
Qual o potencial produtivo da aveia branca? É possível utilizar esta cultura em todas as regiões do país? 🤔

Neste curso, o instrutor Igor Quirrenback de Carvalho, apresenta a cultura de aveia como alternativa para a alimentação para bovinos de leite e de corte no período de inverno.

Além disso, no curso serão apresentadas as vantagens do cultivo de aveia branca para os sistemas de integração lavoura-pecuária, com benefícios para a rotação de culturas e como alternativa de qualidade para a alimentação animal.  O que está esperando? Não perca tempo! Aprenda como utilizar os grãos de aveia branca como opção de inverno para a alimentação animal!

Informações extras sobre os módulos e aulas do curso, você encontra acessando o site 👉 educapoint.com.br/curso/grao-aveia-branca/ 😃  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
Qual o potencial produtivo da aveia branca? É possível utilizar esta cultura em todas as regiões do país? 🤔 Neste curso, o instrutor Igor Quirrenback de Carvalho, apresenta a cultura de aveia como alternativa para a alimentação para bovinos de leite e de corte no período de inverno. Além disso, no curso serão apresentadas as vantagens do cultivo de aveia branca para os sistemas de integração lavoura-pecuária, com benefícios para a rotação de culturas e como alternativa de qualidade para a alimentação animal. O que está esperando? Não perca tempo! Aprenda como utilizar os grãos de aveia branca como opção de inverno para a alimentação animal! Informações extras sobre os módulos e aulas do curso, você encontra acessando o site 👉 educapoint.com.br/curso/grao-aveia-branca/ 😃 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
É isso mesmo galera em parceria com o Educapoint você pode adquirir mais de 120 cursos com 50% de desconto!!! Corre e adquira o seu!!!! #GEAPUAM  #educapoint #uam #PRODUCAOANIMAL
As relações entre técnicos e gerentes de empresas do agronegócio nem sempre são muito fáceis. As dificuldades surgem, muitas vezes, pelo fato de o técnico não saber exatamente o que se espera dele, frustrando, dessa maneira, as expectativas da empresa ou do gerente. 
Confira abaixo alguns requisitos esperados por empresas dos técnicos comerciais: 👇

1) Conhecer a atividade

Como os técnicos visitam diversas empresas, devem estar atualizados e atentos à atividade.

2) Embasamento técnico

É imprescindível que o técnico possua uma bagagem técnica que lhe forneça a base para o atendimento de excelência. Os técnicos podem se diferenciar no mercado fornecendo informações técnicas.

3) Atendimento personalizado

É importante que o atendimento do técnico seja feito de acordo com as necessidades da empresa. Visitas a empresas sem objetividade devem ser evitadas. 
4) Desejo de superar expectativas

Para superar as expectativas das pessoas, não há necessidade de grandes malabarismos, de ações fora da sua alçada. Geralmente, trata-se de atitudes simples, como identificar os pontos frágeis da empresa e passar isso de forma positiva ao gerente e ao empresário, indicando locais e propriedades para busca de soluções.

5) Conhecer bem seu produto 
É essencial que o técnico conheça bem seu produto e faça uma indicação responsável. 
6) Rede de contatos

Os gerentes e empresários também esperam que o técnico, através de sua rede de contatos, consiga ajudar a empresa em seu universo de problemas e desafios. O técnico não precisa saber tudo, mas pode ajudar a indicar onde está a solução.

Quer saber mais sobre o assunto? Veja mais informações no blog de hoje:  www.educapoint.com.br 😉  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
As relações entre técnicos e gerentes de empresas do agronegócio nem sempre são muito fáceis. As dificuldades surgem, muitas vezes, pelo fato de o técnico não saber exatamente o que se espera dele, frustrando, dessa maneira, as expectativas da empresa ou do gerente. Confira abaixo alguns requisitos esperados por empresas dos técnicos comerciais: 👇 1) Conhecer a atividade Como os técnicos visitam diversas empresas, devem estar atualizados e atentos à atividade. 2) Embasamento técnico É imprescindível que o técnico possua uma bagagem técnica que lhe forneça a base para o atendimento de excelência. Os técnicos podem se diferenciar no mercado fornecendo informações técnicas. 3) Atendimento personalizado É importante que o atendimento do técnico seja feito de acordo com as necessidades da empresa. Visitas a empresas sem objetividade devem ser evitadas. 4) Desejo de superar expectativas Para superar as expectativas das pessoas, não há necessidade de grandes malabarismos, de ações fora da sua alçada. Geralmente, trata-se de atitudes simples, como identificar os pontos frágeis da empresa e passar isso de forma positiva ao gerente e ao empresário, indicando locais e propriedades para busca de soluções. 5) Conhecer bem seu produto É essencial que o técnico conheça bem seu produto e faça uma indicação responsável. 6) Rede de contatos Os gerentes e empresários também esperam que o técnico, através de sua rede de contatos, consiga ajudar a empresa em seu universo de problemas e desafios. O técnico não precisa saber tudo, mas pode ajudar a indicar onde está a solução. Quer saber mais sobre o assunto? Veja mais informações no blog de hoje: www.educapoint.com.br 😉 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
O feno é um alimento volumoso preparado por meio do corte e desidratação de plantas forrageiras, fazendo com que a forragem possa ser guardada por vários meses, conservando o seu valor nutritivo. 
Contudo, durante a fenação podem ocorrer perdas e alterações na qualidade da forragem 🌾. Para melhorar a eficiência do processo, é fundamental conhecer as exigências de cada uma das etapas, incluindo, a questão do armazenamento. 
Confira abaixo alguns mitos e verdades sobre o processo de fenação 👇: MITO: Os galpões de armazenamento de feno precisam ser altamente tecnificados
VERDADE: Os galpões não precisam ser tecnificados, mas sim, cobertos, protegendo o feno.

MITO: Não há uma ordem correta de armazenamento do feno no galpão, desde que cumpram os requisitos citados acima.
VERDADE: Os fenos devem estar organizados no galpão.

MITO: O único problema da umidade é o aumento de temperatura, com possibilidade de combustão espontânea.
VERDADE: Em fenos com mais de 25% de umidade, pode ocorrer o aparecimento de mofos e aquecimento

MITO: Cobrir o feno com plástico é uma boa alternativa para proteção contra umidade.
VERDADE: Colocar o feno em locais altos, não em contato com o chão é melhor do que cobrir com plástico.

Confira informações mais detalhadas sobre assunto no blog de hoje www.educapoint.com.br/blog 😉
 #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
O feno é um alimento volumoso preparado por meio do corte e desidratação de plantas forrageiras, fazendo com que a forragem possa ser guardada por vários meses, conservando o seu valor nutritivo. Contudo, durante a fenação podem ocorrer perdas e alterações na qualidade da forragem 🌾. Para melhorar a eficiência do processo, é fundamental conhecer as exigências de cada uma das etapas, incluindo, a questão do armazenamento. Confira abaixo alguns mitos e verdades sobre o processo de fenação 👇: MITO: Os galpões de armazenamento de feno precisam ser altamente tecnificados VERDADE: Os galpões não precisam ser tecnificados, mas sim, cobertos, protegendo o feno. MITO: Não há uma ordem correta de armazenamento do feno no galpão, desde que cumpram os requisitos citados acima. VERDADE: Os fenos devem estar organizados no galpão. MITO: O único problema da umidade é o aumento de temperatura, com possibilidade de combustão espontânea. VERDADE: Em fenos com mais de 25% de umidade, pode ocorrer o aparecimento de mofos e aquecimento MITO: Cobrir o feno com plástico é uma boa alternativa para proteção contra umidade. VERDADE: Colocar o feno em locais altos, não em contato com o chão é melhor do que cobrir com plástico. Confira informações mais detalhadas sobre assunto no blog de hoje www.educapoint.com.br/blog 😉 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
E nossa vencedora do sorteio de dois meses grátis de assinatura no EducaPoint foi @larissa_gonzagaa ! Parabéns Larissa, que você possa desfrutar dos recursos do EducaPoint, uma nova parceria do Nepar. 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻 Segue o EducaPoint ✅
Segue o Nepar ✅
Marcou dois amigos ✅ 
#educapoint #nepar
E nossa vencedora do sorteio de dois meses grátis de assinatura no EducaPoint foi @larissa_gonzagaa ! Parabéns Larissa, que você possa desfrutar dos recursos do EducaPoint, uma nova parceria do Nepar. 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻 Segue o EducaPoint ✅ Segue o Nepar ✅ Marcou dois amigos ✅ #educapoint  #nepar 
A 11º edição do PointCast está super especial! Em conjunto com o @milkpoint, conversamos com apresentador, ator, roteirista, diretor e escritor Marcelo Tas. 😱👏👏 Tas sempre foi uma pessoa a frente do seu tempo, desde os primórdios dos programas do telecurso 2000 até hoje com o ensino EAD (ensino à distância). Também, é um grande defensor da internet como ferramenta de difusão do conhecimento. 💻📱 No bate-papo, ele discute a importância da era digital para a educação e desenvolvimento de tecnologias. Ele conta sua experiência no sistema de ensino finlandês, considerado o melhor do mundo, e o segredo para o sucesso do ensino a distância e tradicional. “É importante que a pessoa continue aprendendo a vida toda, a gente não termina de estudar quando termina a escola, o mundo atual necessita de um constante aprendizado”. ✏

Confira a entrevista na íntegra pelo blog do EducaPoint: www.educapoint.com.br/blog 😉
#agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
A 11º edição do PointCast está super especial! Em conjunto com o @milkpoint, conversamos com apresentador, ator, roteirista, diretor e escritor Marcelo Tas. 😱👏👏 Tas sempre foi uma pessoa a frente do seu tempo, desde os primórdios dos programas do telecurso 2000 até hoje com o ensino EAD (ensino à distância). Também, é um grande defensor da internet como ferramenta de difusão do conhecimento. 💻📱 No bate-papo, ele discute a importância da era digital para a educação e desenvolvimento de tecnologias. Ele conta sua experiência no sistema de ensino finlandês, considerado o melhor do mundo, e o segredo para o sucesso do ensino a distância e tradicional. “É importante que a pessoa continue aprendendo a vida toda, a gente não termina de estudar quando termina a escola, o mundo atual necessita de um constante aprendizado”. ✏ Confira a entrevista na íntegra pelo blog do EducaPoint: www.educapoint.com.br/blog 😉 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
Essas foram as perguntas que respondemos no blog de hoje lá no www.educapoint.com.br/blog 😁 Corra pro site conferir! Sabe a resposta para essas questões? Comenta aí 👇

1) Quando os animais vêm de outro estabelecimento, qual o primeiro passo a ser dado?

2) E quando o animal é recriado na própria fazenda?

3) Em que consiste esse processamento pré-confinamento?

4) Como é feita a formação de lotes?

5) Como se faz a adaptação à nova dieta e por que isso é importante?

6) Quanto tempo leva esse processo?

7) Quais os protocolos mais comuns no Brasil?

8) Qual protocolo é melhor?  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
Essas foram as perguntas que respondemos no blog de hoje lá no www.educapoint.com.br/blog 😁 Corra pro site conferir! Sabe a resposta para essas questões? Comenta aí 👇 1) Quando os animais vêm de outro estabelecimento, qual o primeiro passo a ser dado? 2) E quando o animal é recriado na própria fazenda? 3) Em que consiste esse processamento pré-confinamento? 4) Como é feita a formação de lotes? 5) Como se faz a adaptação à nova dieta e por que isso é importante? 6) Quanto tempo leva esse processo? 7) Quais os protocolos mais comuns no Brasil? 8) Qual protocolo é melhor? #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
@Regran_ed from @medveterinariabr - 🔄 Repost from @geprufal •••
JÁ OUVIU FALAR SOBRE POLIOENCEFALOMALACIA (PEM)? 🧐🚨🤓💡🐐🐏 O termo designa necrose com amolecimento (malacia) da substância cinzenta (pólio) do encéfalo. A PEM é uma doença nervosa complexa e não-infecciosa que afeta ruminantes, e pode ter várias causas como: Deficiência de Tiamina (Vitamina B1) intoxicação por enxofre, intoxicação por sal associada à privação de água, intoxicação por chumbo, entre outros.
Essa semana realizamos o atendimento do Pipoca, um Caprino, de 8 meses de idade, onde o proprietário relatou que encontrou o animal "duro" pela manhã. 
Ao exame clínico observou-se que o animal estava apático, apresentava opistótono (imagens 1, 2 e 3) andava com os membros posteriores rígidos (vídeo 6) com dificuldade de levantar-se sem auxílio. Apresentava-se também dispnéico (mista) com respiração superficial e narinas dilatadas. Não respondia ao reflexo de ameaça, mas tinha reflexo pupilar, havia redução do tônus da lingua (imagem 4 e 5), bruxismo e estrabismo dorso medial.
De acordo com os sinais clínicos e resultados laboratoriais realizamos o tratamento com Dexametasona e Vitamina B1 , observou-se regressão rápida nos sinais (aproximadamente 1 hora) e cura clínica em 24 horas, dessa forma obtivemos o diagnóstico terapêutico de PEM.
#animaisdegrandeporte #caprino #caprinocultura #medvet #zootecnia #vidanocampo #medveterinariabr #souagro #educapoint #ruminantes #GEPR #GEPRufal #medvetlife
#medvetbr - #regrann
@Regran_ed from @medveterinariabr - 🔄 Repost from @geprufal ••• JÁ OUVIU FALAR SOBRE POLIOENCEFALOMALACIA (PEM)? 🧐🚨🤓💡🐐🐏 O termo designa necrose com amolecimento (malacia) da substância cinzenta (pólio) do encéfalo. A PEM é uma doença nervosa complexa e não-infecciosa que afeta ruminantes, e pode ter várias causas como: Deficiência de Tiamina (Vitamina B1) intoxicação por enxofre, intoxicação por sal associada à privação de água, intoxicação por chumbo, entre outros. Essa semana realizamos o atendimento do Pipoca, um Caprino, de 8 meses de idade, onde o proprietário relatou que encontrou o animal "duro" pela manhã. Ao exame clínico observou-se que o animal estava apático, apresentava opistótono (imagens 1, 2 e 3) andava com os membros posteriores rígidos (vídeo 6) com dificuldade de levantar-se sem auxílio. Apresentava-se também dispnéico (mista) com respiração superficial e narinas dilatadas. Não respondia ao reflexo de ameaça, mas tinha reflexo pupilar, havia redução do tônus da lingua (imagem 4 e 5), bruxismo e estrabismo dorso medial. De acordo com os sinais clínicos e resultados laboratoriais realizamos o tratamento com Dexametasona e Vitamina B1 , observou-se regressão rápida nos sinais (aproximadamente 1 hora) e cura clínica em 24 horas, dessa forma obtivemos o diagnóstico terapêutico de PEM. #animaisdegrandeporte  #caprino  #caprinocultura  #medvet  #zootecnia  #vidanocampo  #medveterinariabr  #souagro  #educapoint  #ruminantes  #GEPR  #GEPRufal  #medvetlife  #medvetbr  - #regrann 
O conforto e bem-estar são condições importantes para a máxima expressão do potencial produtivo dos animais. Para vacas leiteiras, melhores condições de conforto proporcionam maior produção e melhor qualidade do leite.

Mas será que é possível mensurar se as condições ambientais estão adequadas para permitir este comportamento? Como avaliar se o investimento em conforto e bem-estar animal estão dando o retorno esperado?

Para ajudar você a sanar todas essas dúvidas, o EducaPoint acaba de lançar um novo curso on-line Indicadores de bem-estar: como medir o conforto e aumentar a produção de leite.

No curso, o médico veterinário Sandro Viechnieski, sócio e gerente da área do leite da Star Milk, apresenta algumas práticas simples, e sem custos, que permitem avaliar o conforto e bem-estar para vacas leiteiras dentro da rotina da fazenda. 
O curso aborda a importância e os cálculos de índices de ocupação de cama, escore de locomoção, índices de sujidades, escore de jarrete, e a relação destes e outros parâmetros com a saúde da glândula mamária, manejo de cama e capacidade de consumo das vacas. Interessou? Acesse educapoint.com.br e confira! 😉

#bemestaranimal #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
O conforto e bem-estar são condições importantes para a máxima expressão do potencial produtivo dos animais. Para vacas leiteiras, melhores condições de conforto proporcionam maior produção e melhor qualidade do leite. Mas será que é possível mensurar se as condições ambientais estão adequadas para permitir este comportamento? Como avaliar se o investimento em conforto e bem-estar animal estão dando o retorno esperado? Para ajudar você a sanar todas essas dúvidas, o EducaPoint acaba de lançar um novo curso on-line Indicadores de bem-estar: como medir o conforto e aumentar a produção de leite. No curso, o médico veterinário Sandro Viechnieski, sócio e gerente da área do leite da Star Milk, apresenta algumas práticas simples, e sem custos, que permitem avaliar o conforto e bem-estar para vacas leiteiras dentro da rotina da fazenda. O curso aborda a importância e os cálculos de índices de ocupação de cama, escore de locomoção, índices de sujidades, escore de jarrete, e a relação destes e outros parâmetros com a saúde da glândula mamária, manejo de cama e capacidade de consumo das vacas. Interessou? Acesse educapoint.com.br e confira! 😉 #bemestaranimal  #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
@geprufal 
JÁ OUVIU FALAR SOBRE POLIOENCEFALOMALACIA (PEM)? 🧐🚨🤓💡🐐🐏 O termo designa necrose com amolecimento (malacia) da substância cinzenta (pólio) do encéfalo. A PEM é uma doença nervosa complexa e não-infecciosa que afeta ruminantes, e pode ter várias causas como: Deficiência de Tiamina (Vitamina B1) intoxicação por enxofre, intoxicação por sal associada à privação de água, intoxicação por chumbo, entre outros.
Essa semana realizamos o atendimento do Pipoca, um Caprino, de 8 meses de idade, onde o proprietário relatou que encontrou o animal "duro" pela manhã. 
Ao exame clínico observou-se que o animal estava apático, apresentava opistótono (imagens 1, 2 e 3) andava com os membros posteriores rígidos (vídeo 6) com dificuldade de levantar-se sem auxílio. Apresentava-se também dispnéico (mista) com respiração superficial e narinas dilatadas. Não respondia ao reflexo de ameaça, mas tinha reflexo pupilar, havia redução do tônus da lingua (imagem 4 e 5), bruxismo e estrabismo dorso medial.
De acordo com os sinais clínicos e resultados laboratoriais realizamos o tratamento com Dexametasona e Vitamina B1 , observou-se regressão rápida nos sinais (aproximadamente 1 hora) e cura clínica em 24 horas, dessa forma obtivemos o diagnóstico terapêutico de PEM.
_____________________
Conheça nosso canal do YouTube clicando no link da biografia. 
_____________________
#diariodeumveterinario #medicinaveterinaria #medvet #vets #instavet #mvz #veterinary #veterinarymedicine #vetmed #vetschool #vetstudent
#animaisdegrandeporte #caprino #caprinocultura #zootecnia #vidanocampo #souagro #educapoint #ruminantes #GEPR #GEPRufal
@geprufal JÁ OUVIU FALAR SOBRE POLIOENCEFALOMALACIA (PEM)? 🧐🚨🤓💡🐐🐏 O termo designa necrose com amolecimento (malacia) da substância cinzenta (pólio) do encéfalo. A PEM é uma doença nervosa complexa e não-infecciosa que afeta ruminantes, e pode ter várias causas como: Deficiência de Tiamina (Vitamina B1) intoxicação por enxofre, intoxicação por sal associada à privação de água, intoxicação por chumbo, entre outros. Essa semana realizamos o atendimento do Pipoca, um Caprino, de 8 meses de idade, onde o proprietário relatou que encontrou o animal "duro" pela manhã. Ao exame clínico observou-se que o animal estava apático, apresentava opistótono (imagens 1, 2 e 3) andava com os membros posteriores rígidos (vídeo 6) com dificuldade de levantar-se sem auxílio. Apresentava-se também dispnéico (mista) com respiração superficial e narinas dilatadas. Não respondia ao reflexo de ameaça, mas tinha reflexo pupilar, havia redução do tônus da lingua (imagem 4 e 5), bruxismo e estrabismo dorso medial. De acordo com os sinais clínicos e resultados laboratoriais realizamos o tratamento com Dexametasona e Vitamina B1 , observou-se regressão rápida nos sinais (aproximadamente 1 hora) e cura clínica em 24 horas, dessa forma obtivemos o diagnóstico terapêutico de PEM. _____________________ Conheça nosso canal do YouTube clicando no link da biografia.  _____________________ #diariodeumveterinario  #medicinaveterinaria  #medvet  #vets  #instavet  #mvz  #veterinary  #veterinarymedicine  #vetmed  #vetschool  #vetstudent  #animaisdegrandeporte  #caprino  #caprinocultura  #zootecnia  #vidanocampo  #souagro  #educapoint  #ruminantes  #GEPR  #GEPRufal 
📍FOTO NÃO OFICIAL 📍
• Já participou do nosso sorteio? Corre na foto OFICIAL e siga as instruções. Não fique de fora dessa!! #nepar #educapoint
📍FOTO NÃO OFICIAL 📍 • Já participou do nosso sorteio? Corre na foto OFICIAL e siga as instruções. Não fique de fora dessa!! #nepar  #educapoint 
JÁ OUVIU FALAR SOBRE POLIOENCEFALOMALACIA (PEM)? 🧐🚨🤓💡🐐🐏 O termo designa necrose com amolecimento (malacia) da substância cinzenta (pólio) do encéfalo. A PEM é uma doença nervosa complexa e não-infecciosa que afeta ruminantes, e pode ter várias causas como: Deficiência de Tiamina (Vitamina B1) intoxicação por enxofre, intoxicação por sal associada à privação de água, intoxicação por chumbo, entre outros.
Essa semana realizamos o atendimento do Pipoca, um Caprino, de 8 meses de idade, onde o proprietário relatou que encontrou o animal "duro" pela manhã. 
Ao exame clínico observou-se que o animal estava apático, apresentava opistótono (imagens 1, 2 e 3) andava com os membros posteriores rígidos (vídeo 6) com dificuldade de levantar-se sem auxílio. Apresentava-se também dispnéico (mista) com respiração superficial e narinas dilatadas. Não respondia ao reflexo de ameaça, mas tinha reflexo pupilar, havia redução do tônus da lingua (imagem 4 e 5), bruxismo e estrabismo dorso medial.
De acordo com os sinais clínicos e resultados laboratoriais realizamos o tratamento com Dexametasona e Vitamina B1 , observou-se regressão rápida nos sinais (aproximadamente 1 hora) e cura clínica em 24 horas, dessa forma obtivemos o diagnóstico terapêutico de PEM.
#animaisdegrandeporte #caprino #caprinocultura #medvet #zootecnia #vidanocampo #medveterinariabr #souagro #educapoint #diariodeumveterinario #ruminantes #GEPR #GEPRufal #medvetlife
#medvetbr
JÁ OUVIU FALAR SOBRE POLIOENCEFALOMALACIA (PEM)? 🧐🚨🤓💡🐐🐏 O termo designa necrose com amolecimento (malacia) da substância cinzenta (pólio) do encéfalo. A PEM é uma doença nervosa complexa e não-infecciosa que afeta ruminantes, e pode ter várias causas como: Deficiência de Tiamina (Vitamina B1) intoxicação por enxofre, intoxicação por sal associada à privação de água, intoxicação por chumbo, entre outros. Essa semana realizamos o atendimento do Pipoca, um Caprino, de 8 meses de idade, onde o proprietário relatou que encontrou o animal "duro" pela manhã. Ao exame clínico observou-se que o animal estava apático, apresentava opistótono (imagens 1, 2 e 3) andava com os membros posteriores rígidos (vídeo 6) com dificuldade de levantar-se sem auxílio. Apresentava-se também dispnéico (mista) com respiração superficial e narinas dilatadas. Não respondia ao reflexo de ameaça, mas tinha reflexo pupilar, havia redução do tônus da lingua (imagem 4 e 5), bruxismo e estrabismo dorso medial. De acordo com os sinais clínicos e resultados laboratoriais realizamos o tratamento com Dexametasona e Vitamina B1 , observou-se regressão rápida nos sinais (aproximadamente 1 hora) e cura clínica em 24 horas, dessa forma obtivemos o diagnóstico terapêutico de PEM. #animaisdegrandeporte  #caprino  #caprinocultura  #medvet  #zootecnia  #vidanocampo  #medveterinariabr  #souagro  #educapoint  #diariodeumveterinario  #ruminantes  #GEPR  #GEPRufal  #medvetlife  #medvetbr 
• O que normalmente se utiliza na formulação de dietas?

Do ponto de vista nutricional o que se utiliza para cálculos nas dietas de ruminantes é o termo Proteína Bruta (PB) que nada mais é que: o resultado de uma análise laboratorial do teor de nitrogênio de uma amostra de alimento, multiplicado por 6,25 pois, a proteína tem em sua composição 16% de nitrogênio.

No entanto, o nitrogênio desta análise contempla além do nitrogênio presente na fração proteica, o nitrogênio não proteico também, representado por: AA livres, peptídeos, ácidos nucléicos, aminas e amônia. Isso é de extrema importância porque cada tipo de nitrogênio se comporta de um jeito no organismo do animal, impactando o fornecimento real de proteína ao ruminante.

Desta forma, diversos estudos demonstram que a fração de Proteína Bruta não traz informações suficiente para formular dietas e muitas vezes explica a baixa eficiência na utilização do nitrogênio na prática. • Do que a vaca realmente necessita?
Via de regra, as vacas não precisam de proteína, o que elas precisam é de aminoácidos.

O que isso quer dizer então? De todo o nitrogênio e fração proteica fornecida, o que a vaca absorve em seu intestino delgado são aminoácidos: sejam eles provenientes da proteína fornecida na dieta, da proteína endógena ou da proteína microbiana que chega no intestino delgado dos animais.

A fração de aminoácidos absorvida e utilizada para as funções vitais, para mantença, gestação e produção é conhecida como Proteína Metabolizável. Esta é a fração de proteína utilizada pelos modelos nutricionais atualmente e que mais se aproxima do que o animal de fato utilizará. 😉

No EducaPoint temos cursos onde você aprenderá mais sobre formulação de dietas para vacas leiteiras! Acesse e conheça nossos cursos www.educapoint.com.br  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
• O que normalmente se utiliza na formulação de dietas? Do ponto de vista nutricional o que se utiliza para cálculos nas dietas de ruminantes é o termo Proteína Bruta (PB) que nada mais é que: o resultado de uma análise laboratorial do teor de nitrogênio de uma amostra de alimento, multiplicado por 6,25 pois, a proteína tem em sua composição 16% de nitrogênio. No entanto, o nitrogênio desta análise contempla além do nitrogênio presente na fração proteica, o nitrogênio não proteico também, representado por: AA livres, peptídeos, ácidos nucléicos, aminas e amônia. Isso é de extrema importância porque cada tipo de nitrogênio se comporta de um jeito no organismo do animal, impactando o fornecimento real de proteína ao ruminante. Desta forma, diversos estudos demonstram que a fração de Proteína Bruta não traz informações suficiente para formular dietas e muitas vezes explica a baixa eficiência na utilização do nitrogênio na prática. • Do que a vaca realmente necessita? Via de regra, as vacas não precisam de proteína, o que elas precisam é de aminoácidos. O que isso quer dizer então? De todo o nitrogênio e fração proteica fornecida, o que a vaca absorve em seu intestino delgado são aminoácidos: sejam eles provenientes da proteína fornecida na dieta, da proteína endógena ou da proteína microbiana que chega no intestino delgado dos animais. A fração de aminoácidos absorvida e utilizada para as funções vitais, para mantença, gestação e produção é conhecida como Proteína Metabolizável. Esta é a fração de proteína utilizada pelos modelos nutricionais atualmente e que mais se aproxima do que o animal de fato utilizará. 😉 No EducaPoint temos cursos onde você aprenderá mais sobre formulação de dietas para vacas leiteiras! Acesse e conheça nossos cursos www.educapoint.com.br #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
O primeiro passo é identificar o que se pretende com o melhoramento genético, qual o cenário atual da fazenda e qual o cenário que se pretende alcançar. • O que é melhoramento genético?
Trata-se de mudanças na frequência dos alelos dos genes por processos direcionados pelo homem. • Como fazer esse melhoramento?
No que diz respeito especificamente ao melhoramento genético, existem duas ferramentas disponíveis:
-  Seleção;
-  Sistemas de acasalamento. • Objetivos da seleção
Uma coisa muito importante quando se seleciona indivíduos é estabelecer, dentro de um sistema de produção, os objetivos de seleção. Esses, normalmente, estão relacionados à viabilidade econômica do sistema (o que dá mais lucro). Para ajudar na escolha desses objetivos, deve-se levar em conta uma série de questões importantes. Uma delas é: qual o número de características que serão selecionadas?

Isso deve ser analisado caso a caso. Por exemplo, em regiões que o pagamento pelo leite é feito com base, além do volume de leite, na produção de gordura, existem duas características que passam a ser objetivos de seleção. No entanto, deve-se ter em mente que a seleção para mais de uma característica leva a uma menor eficiência na seleção individual de cada uma delas.

Outro ponto importante é decidir a ênfase dada a cada uma das características a serem selecionadas, considerando: - Importância econômica;
- Herdabilidade;
- Acurácia. • Planejamento
Um outro ponto a se ter em mente ao se iniciar um programa de melhoramento genético é que os acasalamentos realizados hoje produzirão fêmeas que iniciarão sua produção dentro de 3 a 4 anos. Assim, deve-se estar ciente e fazer um planejamento adequado. Os resultados não são imediatos, mas são permanentes.

Quer saber ainda mais? Acesse o blog de hoje no educapoint.com.br/blog ;) #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
O primeiro passo é identificar o que se pretende com o melhoramento genético, qual o cenário atual da fazenda e qual o cenário que se pretende alcançar. • O que é melhoramento genético? Trata-se de mudanças na frequência dos alelos dos genes por processos direcionados pelo homem. • Como fazer esse melhoramento? No que diz respeito especificamente ao melhoramento genético, existem duas ferramentas disponíveis: - Seleção; - Sistemas de acasalamento. • Objetivos da seleção Uma coisa muito importante quando se seleciona indivíduos é estabelecer, dentro de um sistema de produção, os objetivos de seleção. Esses, normalmente, estão relacionados à viabilidade econômica do sistema (o que dá mais lucro). Para ajudar na escolha desses objetivos, deve-se levar em conta uma série de questões importantes. Uma delas é: qual o número de características que serão selecionadas? Isso deve ser analisado caso a caso. Por exemplo, em regiões que o pagamento pelo leite é feito com base, além do volume de leite, na produção de gordura, existem duas características que passam a ser objetivos de seleção. No entanto, deve-se ter em mente que a seleção para mais de uma característica leva a uma menor eficiência na seleção individual de cada uma delas. Outro ponto importante é decidir a ênfase dada a cada uma das características a serem selecionadas, considerando: - Importância econômica; - Herdabilidade; - Acurácia. • Planejamento Um outro ponto a se ter em mente ao se iniciar um programa de melhoramento genético é que os acasalamentos realizados hoje produzirão fêmeas que iniciarão sua produção dentro de 3 a 4 anos. Assim, deve-se estar ciente e fazer um planejamento adequado. Os resultados não são imediatos, mas são permanentes. Quer saber ainda mais? Acesse o blog de hoje no educapoint.com.br/blog ;) #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
NOSSA PARCEIRA ESTÁ NO INÍCIO E JÁ VAMOS TER SORTEIO 😱

Quer ganhar 2 meses de cursos grátis?!? Isso mesmo 2 meses de acesso ilimitado, 24 horas por dia, acesso a mais de 120 cursos e com certificado.
⠀
Pra comemorar nossa parceria que garante 50% de desconto nos cursos do Educapoint lançamos essa promoção. Pra concorrer é fácil:
1. curtir essa foto oficial;
2. Seguir os perfis: @nepar
 @educapoint
3. Marcar 2 amigos nos comentários, podendo marcar quantas vezes quiser, cada comentário é uma chance no sorteio;
⠀
Pronto! Vc já está concorrendo a ter 2 meses de acesso à maior plataforma de cursos voltados ao agro do Brasil.
⠀
O sorteio acontecerá no dia 29 de outubro aqui no nosso perfil.
⠀
Boa sorte!!!!!!
⠀
#nepar #agro  #vet #educapoint #educacao #capacitacao #cursosgratuitos #pecuaria #agricultura
#bebamaisleite 🌾🥛🐄
NOSSA PARCEIRA ESTÁ NO INÍCIO E JÁ VAMOS TER SORTEIO 😱 Quer ganhar 2 meses de cursos grátis?!? Isso mesmo 2 meses de acesso ilimitado, 24 horas por dia, acesso a mais de 120 cursos e com certificado. ⠀ Pra comemorar nossa parceria que garante 50% de desconto nos cursos do Educapoint lançamos essa promoção. Pra concorrer é fácil: 1. curtir essa foto oficial; 2. Seguir os perfis: @nepar @educapoint 3. Marcar 2 amigos nos comentários, podendo marcar quantas vezes quiser, cada comentário é uma chance no sorteio; ⠀ Pronto! Vc já está concorrendo a ter 2 meses de acesso à maior plataforma de cursos voltados ao agro do Brasil. ⠀ O sorteio acontecerá no dia 29 de outubro aqui no nosso perfil. ⠀ Boa sorte!!!!!! ⠀ #nepar  #agro  #vet  #educapoint  #educacao  #capacitacao  #cursosgratuitos  #pecuaria  #agricultura  #bebamaisleite  🌾🥛🐄
Você entendeu direitinho sim! 😃 📡❌ O EducaPoint acaba de lançar seu Aplicativo! Com ele, você consegue fazer os downloads dos cursos para assistir no campo, onde não tem sinal de internet 🐮❤ CONFIRA AS INFORMAÇÕES QUE VOCÊ DEVE SABER 👇 • O aplicativo está disponível apenas para celulares Android, por enquanto. Em breve lançaremos para Iphones e PC windows! 😉 • Você pode baixar o aplicativo acessando o site  educapoint.com.br/download/app ou indo até a play store e buscando por "EducaPoint" • O recurso de download dos cursos é disponível apenas para assinantes com a assinatura válida.

Gostaram da novidade? Têem alguma dúvida? Comente aí e marque seus amigos! 😁 
#agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
Você entendeu direitinho sim! 😃 📡❌ O EducaPoint acaba de lançar seu Aplicativo! Com ele, você consegue fazer os downloads dos cursos para assistir no campo, onde não tem sinal de internet 🐮❤ CONFIRA AS INFORMAÇÕES QUE VOCÊ DEVE SABER 👇 • O aplicativo está disponível apenas para celulares Android, por enquanto. Em breve lançaremos para Iphones e PC windows! 😉 • Você pode baixar o aplicativo acessando o site educapoint.com.br/download/app ou indo até a play store e buscando por "EducaPoint" • O recurso de download dos cursos é disponível apenas para assinantes com a assinatura válida. Gostaram da novidade? Têem alguma dúvida? Comente aí e marque seus amigos! 😁 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
Você entendeu direitinho sim! 😃 📡❌ Acabamos de lançar o Aplicativo EducaPoint! Com ele, você consegue fazer os downloads dos cursos para assistir no campo, onde não tem sinal de internet 🐮❤ CONFIRA AS INFORMAÇÕES QUE VOCÊ DEVE SABER 👇 • O aplicativo está disponível apenas para celulares Android, por enquanto. Em breve lançaremos para Iphones e PC windows! 😉 • Você pode baixar o aplicativo acessando nosso site  educapoint.com.br/download/app ou indo até a play store e buscando por "EducaPoint" • O recurso de download dos cursos é disponível apenas para assinantes com a assinatura válida.

Gostaram da novidade? Têm alguma dúvida? Comente aí e marque seus amigos! 😁 
#agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
Você entendeu direitinho sim! 😃 📡❌ Acabamos de lançar o Aplicativo EducaPoint! Com ele, você consegue fazer os downloads dos cursos para assistir no campo, onde não tem sinal de internet 🐮❤ CONFIRA AS INFORMAÇÕES QUE VOCÊ DEVE SABER 👇 • O aplicativo está disponível apenas para celulares Android, por enquanto. Em breve lançaremos para Iphones e PC windows! 😉 • Você pode baixar o aplicativo acessando nosso site educapoint.com.br/download/app ou indo até a play store e buscando por "EducaPoint" • O recurso de download dos cursos é disponível apenas para assinantes com a assinatura válida. Gostaram da novidade? Têm alguma dúvida? Comente aí e marque seus amigos! 😁 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
Aprendiendo inglés desde edades bien tempranas con canciones, juegos, colores...y profesorado especializado en que no se aburran. En Educa Point somos expertos en enseñar inglés mientras lo pasan bien. Preparando su futuro. 
#EducaPoint #Gijón #AcademiaDeIdiomas #Niñas #Niños #Peques #Inglés #AulaInfantil #ParkingGratuito
Alguns cuidados com o transporte de animais na estrada! 😉🐮 Outras informações que você deve saber:⠀
⠀
É responsabilidade das equipes das fazendas:⠀
⠀
• manter os caminhos de acesso aos currais em boas condições e oferecer apoio aos motoristas boiadeiros quando as condições não forem favoráveis;⠀
• fazer o escalonamento da chegada dos veículos nas fazendas, de forma a evitar acúmulo de veículos no local de embarque e para reduzir o tempo de espera dos motoristas;⠀
• oferecer boas condições para os motoristas boiadeiros enquanto aguardam o embarque, sendo importante dar acesso a água fresca e banheiros limpos e, nos casos de viagens longas, a alimentação e local de descanso.⠀
⠀
Compartimentos de carga⠀
⠀
Compartimentos de cargas fechados têm algumas vantagens e desvantagens. ⠀
⠀
Vantagens:⠀
⠀
- os animais ficam menos agitados durante o transporte, pois o fechamento limita os efeitos de estímulos externos, como o movimento de outros veículos e de pessoas que se aproximam e causam estresse;⠀
- há redução no lançamento de fezes e urina nas estradas.⠀
⠀
Desvantagens:⠀
⠀
- o fechamento das laterais traz o problema de reduzir a ventilação nos compartimentos de carga, que se agrava quando o veículo está parado;⠀
- cria dificuldades para a inspeção dos animais durante a viagem.⠀
⠀
Quer mais informações? Confira o blog de hoje lá no www.educapoint.com.br/blog 😁 ⠀
⠀
⠀
 #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
Alguns cuidados com o transporte de animais na estrada! 😉🐮 Outras informações que você deve saber:⠀ ⠀ É responsabilidade das equipes das fazendas:⠀ ⠀ • manter os caminhos de acesso aos currais em boas condições e oferecer apoio aos motoristas boiadeiros quando as condições não forem favoráveis;⠀ • fazer o escalonamento da chegada dos veículos nas fazendas, de forma a evitar acúmulo de veículos no local de embarque e para reduzir o tempo de espera dos motoristas;⠀ • oferecer boas condições para os motoristas boiadeiros enquanto aguardam o embarque, sendo importante dar acesso a água fresca e banheiros limpos e, nos casos de viagens longas, a alimentação e local de descanso.⠀ ⠀ Compartimentos de carga⠀ ⠀ Compartimentos de cargas fechados têm algumas vantagens e desvantagens. ⠀ ⠀ Vantagens:⠀ ⠀ - os animais ficam menos agitados durante o transporte, pois o fechamento limita os efeitos de estímulos externos, como o movimento de outros veículos e de pessoas que se aproximam e causam estresse;⠀ - há redução no lançamento de fezes e urina nas estradas.⠀ ⠀ Desvantagens:⠀ ⠀ - o fechamento das laterais traz o problema de reduzir a ventilação nos compartimentos de carga, que se agrava quando o veículo está parado;⠀ - cria dificuldades para a inspeção dos animais durante a viagem.⠀ ⠀ Quer mais informações? Confira o blog de hoje lá no www.educapoint.com.br/blog 😁 ⠀ ⠀ ⠀ #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
Link para a página do curso *educapoint.com.br/curso/atualidades-manejo-bezerras*

Neste curso, o Dr. João Costa, Professor e pesquisador na Universidade de Kentucky, especialista em nutrição de bovinos leiteiros, apresenta informações atualizadas sobre pesquisas e práticas de manejos do mundo inteiro para esta categoria animal. 
Serão apresentados os efeitos da nutrição e ambiente externo sobre o desenvolvimento fetal, quais os principais cuidados devemos ter com a vaca gestante para que ela de as condições adequadas ao desenvolvimento do feto.

O instrutor ainda discute como fazer a correta colostragem: Quais são os fatores mais importantes para o sucesso no fornecimento do colostro e provimento da imunidade passiva no início da vida da bezerra.

Neste curso serão apresentadas também os cuidados com a dieta pós colostragem: melhores opções e como alcançar melhores resultados durante a fase de aleitamento. As vantagens e desvantagens dos sistemas de alojamento e como reduzir o estresse para garantir os melhores desempenhos durante a fase de cria. 
O que está esperando? Não perca tempo! Comece agora este curso e saiba quais as principais atualidades no manejo de bezerras leiteiras!

Informações extras sobre os módulos e aulas do curso, você encontra acessando o site 👉 educapoint.com.br/curso/atualidades-manejo-bezerras 😃

#bezerras  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
Link para a página do curso *educapoint.com.br/curso/atualidades-manejo-bezerras* Neste curso, o Dr. João Costa, Professor e pesquisador na Universidade de Kentucky, especialista em nutrição de bovinos leiteiros, apresenta informações atualizadas sobre pesquisas e práticas de manejos do mundo inteiro para esta categoria animal. Serão apresentados os efeitos da nutrição e ambiente externo sobre o desenvolvimento fetal, quais os principais cuidados devemos ter com a vaca gestante para que ela de as condições adequadas ao desenvolvimento do feto. O instrutor ainda discute como fazer a correta colostragem: Quais são os fatores mais importantes para o sucesso no fornecimento do colostro e provimento da imunidade passiva no início da vida da bezerra. Neste curso serão apresentadas também os cuidados com a dieta pós colostragem: melhores opções e como alcançar melhores resultados durante a fase de aleitamento. As vantagens e desvantagens dos sistemas de alojamento e como reduzir o estresse para garantir os melhores desempenhos durante a fase de cria. O que está esperando? Não perca tempo! Comece agora este curso e saiba quais as principais atualidades no manejo de bezerras leiteiras! Informações extras sobre os módulos e aulas do curso, você encontra acessando o site 👉 educapoint.com.br/curso/atualidades-manejo-bezerras 😃 #bezerras  #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
Nesta semana o Gerente da Área de Forrageiras da G12Agro Igor Quirrenbach de Carvalho esteve com o pessoal do Educapoint gravando cursos que estarão disponíveis na plataforma on-line.
Mais uma grande parceria na área de treinamentos técnicos.
G12AGRO e Educapoint/Agripoint.

#TreinamentosTécnicos ##Educapoint #CursosOnline
Nesta semana o Gerente da Área de Forrageiras da G12Agro Igor Quirrenbach de Carvalho esteve com o pessoal do Educapoint gravando cursos que estarão disponíveis na plataforma on-line. Mais uma grande parceria na área de treinamentos técnicos. G12AGRO e Educapoint/Agripoint. #TreinamentosTécnicos  ##Educapoint  #CursosOnline 
En Educa Point estamos especializados en enseñar idiomas de una manera eficaz y rápida. ¡ Prepárate para poder comunicarte en más de medio mundo con cualquiera de nuestros idiomas ! Matrícula gratuita y horario a elegir.  #EducaPoint #Gijón #EnseñamosIdiomas #MejoraTuFuturo #Viaja #Comunícate #MatrículaGratuita #ParkingGratuito #LosFresnos
*Acesse www.educapoint.com.br/sejauminstrutor e faça sua inscrição! 😉* 👇

O EducaPoint, hoje com mais de 120 cursos disponíveis e lançamentos semanais de novos conteúdos nas diversas áreas de conhecimento do agronegócio, quer ampliar sua rede de instrutores. E você poderá trabalhar conosco!

Se você é técnico, consultor, com formação em agropecuária ou experiência em gestão de fazendas e desenvolvimento pessoal, e quer participar deste projeto inovador, venha fazer parte de nosso time de instrutores EducaPoint! Aqui você terá a oportunidade de divulgar seu nome no mercado de trabalho, compartilhar seu conhecimento com produtores do Brasil inteiro, e ainda ganhar dinheiro com isso.

Acesse www.educapoint.com.br/sejauminstrutor e faça sua inscrição! 😉  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
*Acesse www.educapoint.com.br/sejauminstrutor e faça sua inscrição! 😉* 👇 O EducaPoint, hoje com mais de 120 cursos disponíveis e lançamentos semanais de novos conteúdos nas diversas áreas de conhecimento do agronegócio, quer ampliar sua rede de instrutores. E você poderá trabalhar conosco! Se você é técnico, consultor, com formação em agropecuária ou experiência em gestão de fazendas e desenvolvimento pessoal, e quer participar deste projeto inovador, venha fazer parte de nosso time de instrutores EducaPoint! Aqui você terá a oportunidade de divulgar seu nome no mercado de trabalho, compartilhar seu conhecimento com produtores do Brasil inteiro, e ainda ganhar dinheiro com isso. Acesse www.educapoint.com.br/sejauminstrutor e faça sua inscrição! 😉 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
Antes de conferir a resposta, certifique-se de que está seguindo nosso insta 👉 @educapoint 😁 Queremos trazer muita informação sobre pecuária para você! 🐮💜⠀⠀
⠀⠀
👉Quanto ao manejo, as coisas mais importantes são:⠀⠀
- Duração do período de pré-parto imediato => As vacas têm que permanecer na dieta de pré-parto por um período longo o suficiente;⠀⠀
- Manejo reprodutivo: as vacas não devem secar gordas;⠀⠀
- Minimizar estresse calórico;⠀⠀
- Separação de novilhas e vacas;⠀⠀
- Ajuste da lotação de currais;⠀⠀
- Reagrupamento de vacas.⠀⠀
⠀⠀
👉Já com relação às estratégias nutricionais, essas incluem:⠀⠀
- Ingestão de matéria seca e água, que são primordiais;⠀⠀
- Uso de suplementação, como sais aniônicos, para diminuir a hipocalcemia; monensina, colina e metionina, para reduzir cetose; ácidos graxos (ômega 6) para ter uma resposta pró-inflamatória; niacina, para ajudar na maior troca de calor com o ambiente; e tratamentos hormonais, como somatotropina, para melhorar a imunidade e diminuir a cetose.⠀⠀
⠀⠀
👉Dos pontos citados, os mais importantes são ingestão de matéria seca e água, separação de novilhas e vacas, um manejo reprodutivo agressivo para reduzir vacas gordas no pré-parto e minimizar o estresse calórico.⠀⠀
⠀⠀
Gostaria de assistir a um curso completo sobre manejo de vacas em transição? Os assintantes do EducaPoint têm direito de participar deste e de TODOS os outros cursos online no site! Acesse www.educapoint.com.br 😉  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
Antes de conferir a resposta, certifique-se de que está seguindo nosso insta 👉 @educapoint 😁 Queremos trazer muita informação sobre pecuária para você! 🐮💜⠀⠀ ⠀⠀ 👉Quanto ao manejo, as coisas mais importantes são:⠀⠀ - Duração do período de pré-parto imediato => As vacas têm que permanecer na dieta de pré-parto por um período longo o suficiente;⠀⠀ - Manejo reprodutivo: as vacas não devem secar gordas;⠀⠀ - Minimizar estresse calórico;⠀⠀ - Separação de novilhas e vacas;⠀⠀ - Ajuste da lotação de currais;⠀⠀ - Reagrupamento de vacas.⠀⠀ ⠀⠀ 👉Já com relação às estratégias nutricionais, essas incluem:⠀⠀ - Ingestão de matéria seca e água, que são primordiais;⠀⠀ - Uso de suplementação, como sais aniônicos, para diminuir a hipocalcemia; monensina, colina e metionina, para reduzir cetose; ácidos graxos (ômega 6) para ter uma resposta pró-inflamatória; niacina, para ajudar na maior troca de calor com o ambiente; e tratamentos hormonais, como somatotropina, para melhorar a imunidade e diminuir a cetose.⠀⠀ ⠀⠀ 👉Dos pontos citados, os mais importantes são ingestão de matéria seca e água, separação de novilhas e vacas, um manejo reprodutivo agressivo para reduzir vacas gordas no pré-parto e minimizar o estresse calórico.⠀⠀ ⠀⠀ Gostaria de assistir a um curso completo sobre manejo de vacas em transição? Os assintantes do EducaPoint têm direito de participar deste e de TODOS os outros cursos online no site! Acesse www.educapoint.com.br 😉 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
Sempre em busca de melhorar o bem-estar dos animais. Instalação de "chuveiros" para as vacas.

#milkpoint #educapoint #alternativastecnicas #instagcow #bemestar #agroderespeito #agronomiadocampo #agronomiabrasil
Existem muitos problemas que podem resultar em prejuízos em um rebanho leiteiro. Alguns, são muito comuns e relatados, como a mastite. Já outros, são bem menos observaods e discutidos. Dentre estes casos mais raros, está a auto-sucção, que é quando uma vaca chupa os próprios tetos e geralmente inclui a deglutição de leite.

O ato de sugar os próprios tetos é um problema comportamental entre as vacas leiteiras que resulta em perdas econômicas severas para os produtores, devido à redução da produção de leite e ao aumento da necessidade de cuidados veterinários. 😢💸 Tem sido relatado que a grande maioria dos casos de auto-sucção em gado são observados entre as novilhas. Alguns estudos mostram que as novilhas compreendem 69% dos casos encontrados.

O que fazer?
Várias abordagens estão disponíveis para tratar esta condição. Tratamentos conservadores incluem a aplicação de anéis no nariz com pontas, anéis fixados ao freio lingual e aplicação de talas no pescoço.

No entanto, alguns pesquisadores argumentam que tratamentos conservadores não resolvem a condição. Algumas lesões podem resultar de dispositivos aplicados para controlar a auto sucção. Um anel no nariz com pontas pode causar ferimentos graves ao animal afetado e a outros animais. As talas do pescoço também causam lesões no pescoço do animal afetado. Além disso, o animal com dispositivo de prevenção de auto-sucção é facilmente reconhecido e acaba perdendo valor de mercado.

Tratamento cirúrgico: 
Em termos de resultado, a intervenção cirúrgica oferece uma abordagem mais eficaz para a prevenção do comportamento de auto-sucção do que o uso de tratamentos conservadores, afirmam alguns estudos. Técnicas cirúrgicas incluem glossectomia parcial, transecção da mucosa lingual ventral e glossectomia de espessura total.

Quer saber mais sobre o tema? Confira a matéria completa lá no educapoint.com.br/blog 😉  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
Existem muitos problemas que podem resultar em prejuízos em um rebanho leiteiro. Alguns, são muito comuns e relatados, como a mastite. Já outros, são bem menos observaods e discutidos. Dentre estes casos mais raros, está a auto-sucção, que é quando uma vaca chupa os próprios tetos e geralmente inclui a deglutição de leite. O ato de sugar os próprios tetos é um problema comportamental entre as vacas leiteiras que resulta em perdas econômicas severas para os produtores, devido à redução da produção de leite e ao aumento da necessidade de cuidados veterinários. 😢💸 Tem sido relatado que a grande maioria dos casos de auto-sucção em gado são observados entre as novilhas. Alguns estudos mostram que as novilhas compreendem 69% dos casos encontrados. O que fazer? Várias abordagens estão disponíveis para tratar esta condição. Tratamentos conservadores incluem a aplicação de anéis no nariz com pontas, anéis fixados ao freio lingual e aplicação de talas no pescoço. No entanto, alguns pesquisadores argumentam que tratamentos conservadores não resolvem a condição. Algumas lesões podem resultar de dispositivos aplicados para controlar a auto sucção. Um anel no nariz com pontas pode causar ferimentos graves ao animal afetado e a outros animais. As talas do pescoço também causam lesões no pescoço do animal afetado. Além disso, o animal com dispositivo de prevenção de auto-sucção é facilmente reconhecido e acaba perdendo valor de mercado. Tratamento cirúrgico: Em termos de resultado, a intervenção cirúrgica oferece uma abordagem mais eficaz para a prevenção do comportamento de auto-sucção do que o uso de tratamentos conservadores, afirmam alguns estudos. Técnicas cirúrgicas incluem glossectomia parcial, transecção da mucosa lingual ventral e glossectomia de espessura total. Quer saber mais sobre o tema? Confira a matéria completa lá no educapoint.com.br/blog 😉 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
O GERFAM acaba de fechar mais uma parceria em prol do ensino e da agropecuária . Dessa vez o grupo se junta a Rede Educapoint, portal com mais de 120 cursos de capacitação que trabalha no aprimoramento do seu conhecimento.
Mas o melhor é que, com essa parceria, basta falar que foi indicado pelo GERFAM que você ganhará 50% de desconto na inscrição.
Para mais informações, acesse http://www.educapoint.com.br/programa-universidades/

#educapoint #parceiroGERFAM
O GERFAM acaba de fechar mais uma parceria em prol do ensino e da agropecuária . Dessa vez o grupo se junta a Rede Educapoint, portal com mais de 120 cursos de capacitação que trabalha no aprimoramento do seu conhecimento. Mas o melhor é que, com essa parceria, basta falar que foi indicado pelo GERFAM que você ganhará 50% de desconto na inscrição. Para mais informações, acesse http://www.educapoint.com.br/programa-universidades/ #educapoint  #parceiroGERFAM 
Um dos objetivos principais do feedback positivo é incentivar a repetição do comportamento desejável. Ao reforçar a atitude positiva de fazer mais do que o esperado, a pessoa se sente mais participante e motivada. Consequentemente, irradia essa motivação a todos os outros membros da equipe, transformando sua atitude em um hábito e buscando surpreender o seu líder.

O feedback positivo também gera um sentimento de que o líder está atento ao desenvolvimento pessoal e profissional do funcionário, além de sinalizar às pessoas que elas estão no caminho certo e que o líder valoriza quem tem atitude.

Exemplo de feedback positivo:

Vamos supor que um funcionário da fazenda, ao perceber o risco de chuvas e o prejuízo que isso poderia gerar às vacas que estavam para parir, levou os animais para um local seco e seguro. O feedback poderia ser assim: “Você ter levado as vacas para parir em local seco evitou muitos prejuízos. Fiquei muito feliz e orgulhoso com sua iniciativa e atenção. Contei ao dono da fazenda e ele pediu para agradecer a você. São pessoas assim, com iniciativa e atenciosas, que tornam nossa equipe extremamente diferenciada. Obrigado!”. O que você achou dessa sugestão de feedback positivo? Já teve problemas com a gestão de pessoas na sua fazenda? E quando quem recebe o feedback é você? 😁🐮🤠❤ #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
Um dos objetivos principais do feedback positivo é incentivar a repetição do comportamento desejável. Ao reforçar a atitude positiva de fazer mais do que o esperado, a pessoa se sente mais participante e motivada. Consequentemente, irradia essa motivação a todos os outros membros da equipe, transformando sua atitude em um hábito e buscando surpreender o seu líder. O feedback positivo também gera um sentimento de que o líder está atento ao desenvolvimento pessoal e profissional do funcionário, além de sinalizar às pessoas que elas estão no caminho certo e que o líder valoriza quem tem atitude. Exemplo de feedback positivo: Vamos supor que um funcionário da fazenda, ao perceber o risco de chuvas e o prejuízo que isso poderia gerar às vacas que estavam para parir, levou os animais para um local seco e seguro. O feedback poderia ser assim: “Você ter levado as vacas para parir em local seco evitou muitos prejuízos. Fiquei muito feliz e orgulhoso com sua iniciativa e atenção. Contei ao dono da fazenda e ele pediu para agradecer a você. São pessoas assim, com iniciativa e atenciosas, que tornam nossa equipe extremamente diferenciada. Obrigado!”. O que você achou dessa sugestão de feedback positivo? Já teve problemas com a gestão de pessoas na sua fazenda? E quando quem recebe o feedback é você? 😁🐮🤠❤ #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
Confira 6 dúvidas frequentes sobre pastejo rotacionado! Mas antes, certifique-se se estar seguindo o insta @educapoint 😁👇 1. É possível utilizar o pastejo rotacionado em todo o território nacional?

Esse sistema pode não ser viável em algumas regiões, como por exemplo no Pantanal (já que ecossistemas naturais não podem ser alterados) e fazendas muito grandes e pouco desbravadas.

2. É necessário suplementar os animais no inverno no sistema de pastejo rotacionado?

Por ser um sistema que aumenta a produção da forragem, muitos pensam que este aumento também ocorre no inverno e, por isso, não há a necessidade de suplementar os animais. No entanto, isso não é verdadeiro. Como a estacionalidade ocorrerá, é necessário suplementar os animais.

3. O pastejo rotacionado garante maior ganho de peso por animal individualmente?

Não! No pastejo extensivo, o animal seleciona mais o capim. Assim, eles consomem folhas novas, com alto teor de proteína e baixa fibra, ganhando mais peso. No sistema de pastejo rotacionado os animais não selecionam o capim, mas, ao se colocar mais animais na área, certamente ocorre um ganho de peso maior por área, viabilizando o sistema.

4. Existe a forrageira certa para se utilizar no pastejo rotacionado?

Muitas pessoas ainda esperam a “forrageira milagrosa”. No entanto, isso não existe. Ela deve ser adequada a cada caso.

5. É verdade que não é preciso adubar a pastagem no sistema rotacionado? 
Não é verdade. Para se alcançar altas taxas de lotação é necessário adubar o pasto de forma viável e adequada ao sistema da fazenda.

6. O pastejo rotacionado serve apenas para gado de elite?

Não, todos os animais do rebanho podem se beneficiar em pastejar em sistema rotacionado desde que tenha lugar para todos os animais.

Gostou das informações? Curta o post e marque um amigo que pode gostar também 😁🐮❤ #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
Confira 6 dúvidas frequentes sobre pastejo rotacionado! Mas antes, certifique-se se estar seguindo o insta @educapoint 😁👇 1. É possível utilizar o pastejo rotacionado em todo o território nacional? Esse sistema pode não ser viável em algumas regiões, como por exemplo no Pantanal (já que ecossistemas naturais não podem ser alterados) e fazendas muito grandes e pouco desbravadas. 2. É necessário suplementar os animais no inverno no sistema de pastejo rotacionado? Por ser um sistema que aumenta a produção da forragem, muitos pensam que este aumento também ocorre no inverno e, por isso, não há a necessidade de suplementar os animais. No entanto, isso não é verdadeiro. Como a estacionalidade ocorrerá, é necessário suplementar os animais. 3. O pastejo rotacionado garante maior ganho de peso por animal individualmente? Não! No pastejo extensivo, o animal seleciona mais o capim. Assim, eles consomem folhas novas, com alto teor de proteína e baixa fibra, ganhando mais peso. No sistema de pastejo rotacionado os animais não selecionam o capim, mas, ao se colocar mais animais na área, certamente ocorre um ganho de peso maior por área, viabilizando o sistema. 4. Existe a forrageira certa para se utilizar no pastejo rotacionado? Muitas pessoas ainda esperam a “forrageira milagrosa”. No entanto, isso não existe. Ela deve ser adequada a cada caso. 5. É verdade que não é preciso adubar a pastagem no sistema rotacionado? Não é verdade. Para se alcançar altas taxas de lotação é necessário adubar o pasto de forma viável e adequada ao sistema da fazenda. 6. O pastejo rotacionado serve apenas para gado de elite? Não, todos os animais do rebanho podem se beneficiar em pastejar em sistema rotacionado desde que tenha lugar para todos os animais. Gostou das informações? Curta o post e marque um amigo que pode gostar também 😁🐮❤ #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
#Repost @educapoint (@get_repost)
・・・
Confira abaixo os 4 principais índices zootécnicos utilizados em fazendas leiteiras! 👇

1) Evolução do número de vacas em lactação

A vaca em lactação é, obviamente, o animal dentro da fazenda que gera renda no processo produtivo. Assim, é importante monitorar se a fazenda está conseguindo, ao longo do processo produtivo, ter mais vacas em lactação.

2) Porcentagem de vacas em lactação em relação ao rebanho total

Esse indicador mostra a proporção de vacas em lactação que existe em um rebanho leiteiro, em relação ao número total de animais, devendo estar sempre acima de 50%. Deve-se ter em mente que todo animal que não produz dentro da fazenda gera custo. Assim, se a participação de animais que geram renda, que são as vacas em lactação, é muito baixa, enquanto a participação de animais que geram custos, que são os improdutivos, é muito alta, a fazenda terá dificuldade em gerar renda.

3) Vacas em lactação por hectare

Índice muito simples de ser obtido, bastando dividir o número de vacas em lactação pela área utilizada na produção de leite. Ex: 
20 vacas em lactação/20 hectares = 1 vaca em lactação/hectare

Esse índice-exemplo, de uma vaca em lactação por hectare (ou menor do que isso) é amplamente encontrado nas fazendas leiteiras brasileiras, ainda que seja um número muito baixo. Ele deixa claro que existem poucos animais gerando renda na fazenda.

4) Produção individual das vacas

É necessário aliar essas duas coisas: mais vacas em lactação e mais vacas produzindo mais leite, pois quanto mais o animal produzir, maior será o ganho de produção de leite por hectare.

Assim, ao se melhorar os índices zootécnicos, automaticamente ocorre uma melhora na renda gerada pela fazenda leiteira.

Quer mais informações sobre pecuária leiteira? Acesse www.educapoint.com.br/blog 😁🐮❤ #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
#Repost  @educapoint (@get_repost) ・・・ Confira abaixo os 4 principais índices zootécnicos utilizados em fazendas leiteiras! 👇 1) Evolução do número de vacas em lactação A vaca em lactação é, obviamente, o animal dentro da fazenda que gera renda no processo produtivo. Assim, é importante monitorar se a fazenda está conseguindo, ao longo do processo produtivo, ter mais vacas em lactação. 2) Porcentagem de vacas em lactação em relação ao rebanho total Esse indicador mostra a proporção de vacas em lactação que existe em um rebanho leiteiro, em relação ao número total de animais, devendo estar sempre acima de 50%. Deve-se ter em mente que todo animal que não produz dentro da fazenda gera custo. Assim, se a participação de animais que geram renda, que são as vacas em lactação, é muito baixa, enquanto a participação de animais que geram custos, que são os improdutivos, é muito alta, a fazenda terá dificuldade em gerar renda. 3) Vacas em lactação por hectare Índice muito simples de ser obtido, bastando dividir o número de vacas em lactação pela área utilizada na produção de leite. Ex: 20 vacas em lactação/20 hectares = 1 vaca em lactação/hectare Esse índice-exemplo, de uma vaca em lactação por hectare (ou menor do que isso) é amplamente encontrado nas fazendas leiteiras brasileiras, ainda que seja um número muito baixo. Ele deixa claro que existem poucos animais gerando renda na fazenda. 4) Produção individual das vacas É necessário aliar essas duas coisas: mais vacas em lactação e mais vacas produzindo mais leite, pois quanto mais o animal produzir, maior será o ganho de produção de leite por hectare. Assim, ao se melhorar os índices zootécnicos, automaticamente ocorre uma melhora na renda gerada pela fazenda leiteira. Quer mais informações sobre pecuária leiteira? Acesse www.educapoint.com.br/blog 😁🐮❤ #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
Confira abaixo os 4 principais índices zootécnicos utilizados em fazendas leiteiras! 👇

1) Evolução do número de vacas em lactação

A vaca em lactação é, obviamente, o animal dentro da fazenda que gera renda no processo produtivo. Assim, é importante monitorar se a fazenda está conseguindo, ao longo do processo produtivo, ter mais vacas em lactação.

2) Porcentagem de vacas em lactação em relação ao rebanho total

Esse indicador mostra a proporção de vacas em lactação que existe em um rebanho leiteiro, em relação ao número total de animais, devendo estar sempre acima de 50%. Deve-se ter em mente que todo animal que não produz dentro da fazenda gera custo. Assim, se a participação de animais que geram renda, que são as vacas em lactação, é muito baixa, enquanto a participação de animais que geram custos, que são os improdutivos, é muito alta, a fazenda terá dificuldade em gerar renda.

3) Vacas em lactação por hectare

Índice muito simples de ser obtido, bastando dividir o número de vacas em lactação pela área utilizada na produção de leite. Ex: 
20 vacas em lactação/20 hectares = 1 vaca em lactação/hectare

Esse índice-exemplo, de uma vaca em lactação por hectare (ou menor do que isso) é amplamente encontrado nas fazendas leiteiras brasileiras, ainda que seja um número muito baixo. Ele deixa claro que existem poucos animais gerando renda na fazenda.

4) Produção individual das vacas

É necessário aliar essas duas coisas: mais vacas em lactação e mais vacas produzindo mais leite, pois quanto mais o animal produzir, maior será o ganho de produção de leite por hectare.

Assim, ao se melhorar os índices zootécnicos, automaticamente ocorre uma melhora na renda gerada pela fazenda leiteira.

Quer mais informações sobre pecuária leiteira? Acesse www.educapoint.com.br/blog 😁🐮❤ #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
Confira abaixo os 4 principais índices zootécnicos utilizados em fazendas leiteiras! 👇 1) Evolução do número de vacas em lactação A vaca em lactação é, obviamente, o animal dentro da fazenda que gera renda no processo produtivo. Assim, é importante monitorar se a fazenda está conseguindo, ao longo do processo produtivo, ter mais vacas em lactação. 2) Porcentagem de vacas em lactação em relação ao rebanho total Esse indicador mostra a proporção de vacas em lactação que existe em um rebanho leiteiro, em relação ao número total de animais, devendo estar sempre acima de 50%. Deve-se ter em mente que todo animal que não produz dentro da fazenda gera custo. Assim, se a participação de animais que geram renda, que são as vacas em lactação, é muito baixa, enquanto a participação de animais que geram custos, que são os improdutivos, é muito alta, a fazenda terá dificuldade em gerar renda. 3) Vacas em lactação por hectare Índice muito simples de ser obtido, bastando dividir o número de vacas em lactação pela área utilizada na produção de leite. Ex: 20 vacas em lactação/20 hectares = 1 vaca em lactação/hectare Esse índice-exemplo, de uma vaca em lactação por hectare (ou menor do que isso) é amplamente encontrado nas fazendas leiteiras brasileiras, ainda que seja um número muito baixo. Ele deixa claro que existem poucos animais gerando renda na fazenda. 4) Produção individual das vacas É necessário aliar essas duas coisas: mais vacas em lactação e mais vacas produzindo mais leite, pois quanto mais o animal produzir, maior será o ganho de produção de leite por hectare. Assim, ao se melhorar os índices zootécnicos, automaticamente ocorre uma melhora na renda gerada pela fazenda leiteira. Quer mais informações sobre pecuária leiteira? Acesse www.educapoint.com.br/blog 😁🐮❤ #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
Todo ano o @milkpoint realiza uma pesquisa para saber qual o maior desafio da produção no ano. Desde 2011, os leitores indicam como principal desafio do setor: o custo de produção.

Mas, afinal, você sabe definir exatamente o que é custo de produção? Existem várias definições de diferentes autores sobre esse tema. Custo de produção é referido como: "o valor de bens e serviços consumidos na produção de outros bens ou serviços" "A soma dos valores de todos os recursos que contemplam insumos e serviços utilizados no processo produtivo" "Todos os pagamentos em dinheiro feitos por uma fazenda, bem como as despesas implícitas"

Assim, tudo o que se usa em um processo produtivo deve ser computado como custo de produção.

Se você for fazer uma lista agora sobre quais são seus custos de produção, provavelmente, ela conterá os seguintes itens: - combustível/óleo;
- medicamentos/vacinas;
- alimentação dos animais;
- materiais de limpeza/higiene da propriedade;
- assistência técnica;
- energia elétrica;
- impostos/juros;
- mão de obra;
- custo com pastagem.

No entanto, além desses itens, existem outros que não são lembrados facilmente, como: - depreciação;
- custo de oportunidade;
- juros;
- pró-labore;
- conservação e reparos.

Quer entender como classificar da melhor forma os custos da sua produção? Acesse o site educapoint.com.br/blog e confira nossa matéria sobre este tema! Está bem completa e interessante ;) #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
Todo ano o @milkpoint realiza uma pesquisa para saber qual o maior desafio da produção no ano. Desde 2011, os leitores indicam como principal desafio do setor: o custo de produção. Mas, afinal, você sabe definir exatamente o que é custo de produção? Existem várias definições de diferentes autores sobre esse tema. Custo de produção é referido como: "o valor de bens e serviços consumidos na produção de outros bens ou serviços" "A soma dos valores de todos os recursos que contemplam insumos e serviços utilizados no processo produtivo" "Todos os pagamentos em dinheiro feitos por uma fazenda, bem como as despesas implícitas" Assim, tudo o que se usa em um processo produtivo deve ser computado como custo de produção. Se você for fazer uma lista agora sobre quais são seus custos de produção, provavelmente, ela conterá os seguintes itens: - combustível/óleo; - medicamentos/vacinas; - alimentação dos animais; - materiais de limpeza/higiene da propriedade; - assistência técnica; - energia elétrica; - impostos/juros; - mão de obra; - custo com pastagem. No entanto, além desses itens, existem outros que não são lembrados facilmente, como: - depreciação; - custo de oportunidade; - juros; - pró-labore; - conservação e reparos. Quer entender como classificar da melhor forma os custos da sua produção? Acesse o site educapoint.com.br/blog e confira nossa matéria sobre este tema! Está bem completa e interessante ;) #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
Quer ganhar 3 meses de cursos grátis?!? Isso mesmo 3 meses de acesso ilimitado, 24 horas por dia, acesso a mais de 120 cursos e com certificado.
⠀
Pra comemorar nossa parceria que garante 50% de desconto nos cursos do Educapoint lançamos essa promoção. Pra concorrer é fácil:
1. curtir essa foto oficial;
2. Seguir os perfis: @naperifgoiano @crbov.ifgoiano @educapoint;
3. Marcar 3 amigos nos comentários, podendo marcar quantas vezes quiser, cada comentário é uma chance no sorteio;
⠀
Pronto! Vc já está concorrendo a ter 3 meses de acesso à maior plataforma de cursos voltados ao agro do Brasil.
⠀
O sorteio acontecerá no dia 18 de outubro aqui no nosso perfil.
⠀
Boa sorte!!!!!!
⠀
#naperifgoiano #naper #crbov #educapoint #educacao #capacitacao #agro #cursosgratuitos #pecuaria #agricultura
Quer ganhar 3 meses de cursos grátis?!? Isso mesmo 3 meses de acesso ilimitado, 24 horas por dia, acesso a mais de 120 cursos e com certificado. ⠀ Pra comemorar nossa parceria que garante 50% de desconto nos cursos do Educapoint lançamos essa promoção. Pra concorrer é fácil: 1. curtir essa foto oficial; 2. Seguir os perfis: @naperifgoiano @crbov.ifgoiano @educapoint; 3. Marcar 3 amigos nos comentários, podendo marcar quantas vezes quiser, cada comentário é uma chance no sorteio; ⠀ Pronto! Vc já está concorrendo a ter 3 meses de acesso à maior plataforma de cursos voltados ao agro do Brasil. ⠀ O sorteio acontecerá no dia 18 de outubro aqui no nosso perfil. ⠀ Boa sorte!!!!!! ⠀ #naperifgoiano  #naper  #crbov  #educapoint  #educacao  #capacitacao  #agro  #cursosgratuitos  #pecuaria  #agricultura 
Aproveitem essa oportunidade e façam cursos on line do Educapoint com 50% de desconto. NÃO PRECISA SER ALUNO DO IF GOIANO!!!! Vejam no stories, os vídeos informativos de como se inscrever com o desconto.
.
Parabéns @naperifgoiano pela parceria com o @educapoint
.
#ifgoiano #ifgoianourutai #CRBOV #naperifgoiano #cursosonline #educapoint
Aproveitem essa oportunidade e façam cursos on line do Educapoint com 50% de desconto. NÃO PRECISA SER ALUNO DO IF GOIANO!!!! Vejam no stories, os vídeos informativos de como se inscrever com o desconto. . Parabéns @naperifgoiano pela parceria com o @educapoint . #ifgoiano  #ifgoianourutai  #CRBOV  #naperifgoiano  #cursosonline  #educapoint 
Quando a paixão pela produção de leite vem de berço 🐮❤ e o sonho de produzir com qualidade se torna uma meta de vida, os obstáculos se tornam degraus para o sucesso 😄👏! É com esta motivação que a Fazenda Iguaçu, do Grupo Star Milk, movimenta seus negócios. 
Localizado em Céu Azul, região oeste do Paraná, o Grupo Star Milk nasceu da sucessão familiar e da união de famílias com os mesmos propósitos e objetivos. Com produção superior a 19 mil litros de leite por dia, a fazenda Iguaçu aposta na gestão de pessoas, e no uso de tecnologias de ponta para se destacar no mercado. 
Para que mais pessoas conheçam – e se inspirem – nesse caso de sucesso, o EducaPoint acaba de lançar o novo curso on-line Star Milk: Os segredos da Fazenda Iguaçu para produzir leite de qualidade! Quer assistir? Torne-se um assinante do EducaPoint acessando www.educapoint.com.br 😁 Assinantes podem assistir a TODOS OS NOSSOS CURSOS ONLINE! 
#agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
Quando a paixão pela produção de leite vem de berço 🐮❤ e o sonho de produzir com qualidade se torna uma meta de vida, os obstáculos se tornam degraus para o sucesso 😄👏! É com esta motivação que a Fazenda Iguaçu, do Grupo Star Milk, movimenta seus negócios. Localizado em Céu Azul, região oeste do Paraná, o Grupo Star Milk nasceu da sucessão familiar e da união de famílias com os mesmos propósitos e objetivos. Com produção superior a 19 mil litros de leite por dia, a fazenda Iguaçu aposta na gestão de pessoas, e no uso de tecnologias de ponta para se destacar no mercado. Para que mais pessoas conheçam – e se inspirem – nesse caso de sucesso, o EducaPoint acaba de lançar o novo curso on-line Star Milk: Os segredos da Fazenda Iguaçu para produzir leite de qualidade! Quer assistir? Torne-se um assinante do EducaPoint acessando www.educapoint.com.br 😁 Assinantes podem assistir a TODOS OS NOSSOS CURSOS ONLINE! #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
O snaplage vem sendo cada vez mais utilizada nos últimos anos. Mas, vale a pena usar snaplage em termos nutricionais e de custo? 🤔💸🌽⠀
⠀
Como mostra a tabela 1, o grão seco do milho é o componente com maior teor de matéria seca, que vai decrescendo conforme aumentam os componentes fibrosos da silagem. Em contrapartida, há um crescimento proporcional no teor de fibra, representado na tabela na segunda coluna. Um fato que deve ser destacado é o aumento da digestibilidade da porção FDN conforme aumentam os componentes fibrosos utilizados na silagem.⠀
⠀
Isso afeta a densidade energética desses ingredientes. Como se vê na tabela, a densidade energética do milho grão seco e do snaplage é praticamente a mesma. Assim, a silagem de snaplage tem um valor mutritivo muito próximo ao valor nutritivo da silagem de grão seco, não havendo uma diferença formal em termos de energia, mesmo tendo um teor de fibra significativamente maior. Isso traz uma série de vantagens para formulação de dietas de animais.⠀
⠀
Na tabela 2, podemos analisar ainda mais as opções. A última coluna mostra que a opção mais barata em termos de oferta de energia é o snaplage. Esse é um dos motivos pelos quais o mercado vem dando cada vez mais atenção a essa opção.⠀
⠀
Assim, as opções fermentadas que contêm o grão trazem vantagens do ponto de vista de acréscimo da digestibilidade de amido, mas, sobretudo, na redução do custo de energia.⠀
⠀
Quer saber mais sobre esse tema? Acesse www.educapoint.com.br e confira nossos cursos online sobre silagem! #silagem #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
O snaplage vem sendo cada vez mais utilizada nos últimos anos. Mas, vale a pena usar snaplage em termos nutricionais e de custo? 🤔💸🌽⠀ ⠀ Como mostra a tabela 1, o grão seco do milho é o componente com maior teor de matéria seca, que vai decrescendo conforme aumentam os componentes fibrosos da silagem. Em contrapartida, há um crescimento proporcional no teor de fibra, representado na tabela na segunda coluna. Um fato que deve ser destacado é o aumento da digestibilidade da porção FDN conforme aumentam os componentes fibrosos utilizados na silagem.⠀ ⠀ Isso afeta a densidade energética desses ingredientes. Como se vê na tabela, a densidade energética do milho grão seco e do snaplage é praticamente a mesma. Assim, a silagem de snaplage tem um valor mutritivo muito próximo ao valor nutritivo da silagem de grão seco, não havendo uma diferença formal em termos de energia, mesmo tendo um teor de fibra significativamente maior. Isso traz uma série de vantagens para formulação de dietas de animais.⠀ ⠀ Na tabela 2, podemos analisar ainda mais as opções. A última coluna mostra que a opção mais barata em termos de oferta de energia é o snaplage. Esse é um dos motivos pelos quais o mercado vem dando cada vez mais atenção a essa opção.⠀ ⠀ Assim, as opções fermentadas que contêm o grão trazem vantagens do ponto de vista de acréscimo da digestibilidade de amido, mas, sobretudo, na redução do custo de energia.⠀ ⠀ Quer saber mais sobre esse tema? Acesse www.educapoint.com.br e confira nossos cursos online sobre silagem! #silagem  #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia 
O manejo pré-abate é uma ferramenta muito importante para garantir a qualidade da carne. Por isso, o EducaPoint separou para você essas dicas! Antes de conferir, certifique-se de que você já segue nosso insta @educapoint 😁👇 Confira abaixo três dicas do Especialista em Ciência da Carne, Dr. Marcelo Coutinho sobre o manejo pré-abate: 🍖#1 Não misture lotes faltando 30 dias para o abate! Essa medida pode provocar uma nova organização de hierarquia entre os animais, o que irá submetê-los a um estresse. 🍖#2 Selecione animais com temperamento mais calmo, ou seja, animais menos reativos. O estresse compromete a qualidade da carne. 🍖#3 Tenha uma equipe treinada para o manejo racional: Isso é extremamente importante para evitar o estresse pré-abate! o que também terá impacto direto na qualidade da carne.

Se você trabalha com produção de carne bovina e precisa conhecer todos os fatores que podem influenciar na qualidade do produto final, aumentando seus resultados e a satisfação do consumidor e deixando cada vez mais claro que a carne brasileira é muito forte, certamente se beneficiará muito do conteúdo do curso online "Fatores pré-abate que afetam a qualidade da carne bovina" disponível para assinantes do EducaPoint. Para se tornar um assinante, acesse www.educapoint.com.br 😉  #agropecuaria #bovinos #cursoonline #educapoint #farming #instaagro #medvet #pecuaria #zootecnia
O manejo pré-abate é uma ferramenta muito importante para garantir a qualidade da carne. Por isso, o EducaPoint separou para você essas dicas! Antes de conferir, certifique-se de que você já segue nosso insta @educapoint 😁👇 Confira abaixo três dicas do Especialista em Ciência da Carne, Dr. Marcelo Coutinho sobre o manejo pré-abate: 🍖#1  Não misture lotes faltando 30 dias para o abate! Essa medida pode provocar uma nova organização de hierarquia entre os animais, o que irá submetê-los a um estresse. 🍖#2  Selecione animais com temperamento mais calmo, ou seja, animais menos reativos. O estresse compromete a qualidade da carne. 🍖#3  Tenha uma equipe treinada para o manejo racional: Isso é extremamente importante para evitar o estresse pré-abate! o que também terá impacto direto na qualidade da carne. Se você trabalha com produção de carne bovina e precisa conhecer todos os fatores que podem influenciar na qualidade do produto final, aumentando seus resultados e a satisfação do consumidor e deixando cada vez mais claro que a carne brasileira é muito forte, certamente se beneficiará muito do conteúdo do curso online "Fatores pré-abate que afetam a qualidade da carne bovina" disponível para assinantes do EducaPoint. Para se tornar um assinante, acesse www.educapoint.com.br 😉 #agropecuaria  #bovinos  #cursoonline  #educapoint  #farming  #instaagro  #medvet  #pecuaria  #zootecnia